Para o ano que vem, há a pré-candidatura do senador Eduardo Gomes ao Palácio Araguaia.

Com a segunda onda da Covid-19 em declínio, o presidente regional do MDB, o ex-governador Marcelo Miranda, se prepara pegar a estrada e se reunir com líderes do partido por todo o Estado. Na pauta, a organização do MDB para as eleições de 2022.

Registro histórico negativo

Apesar de ter elegido uma bancada grande bancada de deputados estaduais com cinco integrantes — Valdemar Júnior, Nilton Franco, Elenil da Penha, Jair Farias e Jorge Frederico — e de ter dado outro mandato para sua deputada federal Dulce Miranda, o MDB teve um registro histórico negativo nas últimas eleições de 2018. Afinal, pela primeira vez no Tocantins, o partido não conseguiu lançar candidato a governador, num ano de duas eleições — a suplementar e a ordinária.

Pré-candidato a governador

Para o ano que vem, há a pré-candidatura do senador Eduardo Gomes ao Palácio Araguaia. Marcelo é cogitado em rodas políticas, de aliados e adversários, como possível candidato a deputado estadual e a senador.

À disposição

Sobre essa questão, o ex-governador desconversa, mas avisa que está à disposição do MDB.

CT.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here