No total, 691 pessoas e 465 veículos foram abordados.

A Polícia Militar dissipou 25 aglomerações de pessoas a fim de evitar disseminação da covid-19, aplicou 9 autos de infração de trânsito e removeu 1 veículo no primeiro dia da operação Tiradentes no Tocantins.

Foram empregados 218 policiais militares em reforço ao policiamento ordinário já existente, além de 92 viaturas. No total, 691 pessoas e 465 veículos foram abordados.

“É nosso dever realizar as ações ostensivas e preventivas para assegurar a segurança do cidadão tocantinense em todo o território estadual. Estamos empenhados nessa missão e temos obtido grande incentivo do governador [Mauro Carlesse] para tal”, destacou o comandante-geral da PM, coronel Silva Neto.

Em alusão a Alferes Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes, patrono das Polícias Militares, a operação foi deflagrada na terça-feira (20), um dia antes do feriado nacional de 21 de abril.

A finalidade da operação foi prevenir ou coibir as atividades criminosas que possam ser praticadas pelos infratores do ilícito penal nos mais diversos municípios tocantinenses.

A operação também teve por finalidade intensificar as ações operacionais de combate à propagação do novo coronavírus nos municípios tocantinenses e, em consequência, evitar o colapso do sistema de saúde público e privado.

Durante a ação, houve intensificação de abordagens policiais militares a pessoas e veículos e o aumento da sensação de segurança pública e busca pela manutenção da ordem e paz social.

AF Notícias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here