Homem é morto após ser condenado por homicídio

Suspeita é que algum da família da vítima tenha o matado por vingança

Fonte:Jornal do Tocantins

Alessandro Carvalho da Silva, de 40 anos, foi morto na noite de ontem com três tiros em Gurupi, Sul do Estado. O homicídio foi registrado por volta das 18 horas, após Silva sair da audiência em que foi condenado pela morte de Guilherme Cerqueira Neves em 2013, que na época tinha 19 anos.

Segundo a Polícia Militar (PM), testemunhas relataram que Silva saia do forum e parou seu veículo, um Ford Eco Sport, placa não informada, na esquina com a Rua 3 com a Avenida Amazonas, quando um outro veículo, um VW Gol, placa não informada, parou logo atrás.

Conforme a PM, um dos ocupantes do segundo veículo desceu do carro e disparou três vezes contra Silva. Os tiros acertaram as costas e a cabeça dele. Silva morreu no local. O autor dos disparos evadiu do local.

Ainda segundo a polícia, a motivação do crime seria vingança e a suspeita recai sobre uma dos familiares do homem que ele teria matado em 2013. De acordo com a PM, testemunhas informaram que Silva vinha sofrendo ameaça da família de Neves.

Entenda

Silva não foi preso logo após a sentença, pois, conforme explicou o Tribunal de Justiça (TJ), ele recebeu o direito de responder ao processo em liberdade, a princípio, enquanto aguardada a resposta do recurso que tinha proposto contra a sentença.

Caso 

Em maio de 2013, Silva teria esfaqueado Neves, próximo a um colégio no setor Pedroso em Gurupi devido a uma dívida de R$ 60,00.

Deixe um comentário