Celg tem receita recorde em 2015 e, ainda assim, Marconi quer vendê-la

Do Goiás Real

O balanço anual da Celg divulgado ontem e revelado hoje pela coluna Giro, de O Popular, mostra que a privatização da Celg é um mau negócio para Goiás e um bom negócio para quem comprar a empresa.

Segundo o balanço divulgado ontem, a Celg D teve receita líquida de R$ 4,5 bilhões no ano passado, aumento de 25% sobre 2014. A receita anual líquida é praticamente o dobro do valor que o governador Marconi Perillo (PSDB) pretende vendê-la.

A Celg D só fechou com prejuízo de R$ 1 bilhão em 2015 por conta da sua dívida de quase R$ 3 bilhões, quase toda ela contraída durante os outros três mandatos do governador.

Deixe um comentário