Todos os residentes de Gurupi que testaram positivo estão em isolamento domiciliar e apresentam sintomas leves da doença.

O Comitê Gestor de prevenção ao coronavírus em Gurupi informou que até as 11 horas desta quarta-feira, 13 de maio de 2020, foram confirmados quatro novos casos positivos para COVID-19 somando 39 casos. Conforme a Vigilância Epidemiológica do Município de Gurupi, os casos confirmados são uma mulher, de 19 anos, que teve contato com caso positivo; uma de 35 anos, que também manteve contato com caso positivo e uma senhora de 79 anos, que teve contato com o caminhoneiro que faleceu. O quarto caso positivo trata-se de um homem de 39 anos, que a origem da transmissão está sendo analisada.

Nas últimas 24 horas foram realizados no Centro de Triagem 12 testes SWAB enviado para o LACEN Palmas, sendo cinco homens, entre 1 e 61 anos; sete mulheres entre 3 e 51 anos. Eles estão em isolamento domiciliar. Foram realizados também 13 Testes Rápidos com resultados negativos.

Na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) foram realizados 16 testes SWAB enviado para o LACEN, e todos estão em isolamento domiciliar. Destes, sete são homens entre 34 e 59 anos, e nove mulheres entre 21 e 59 anos. Cinco pessoas realizaram Testes Rápidos com resultados negativos.

Gurupi contabiliza até o momento 362 casos descartados, 39 confirmados, seis pessoas recuperadas e 52 casos suspeitos.

Alta Hospitalar

Dois pacientes que testaram positivo para COVID-19 e estavam hospitalizados receberam alta hospitalar e permanecem em isolamento domiciliar e acompanhados pela equipe da Vigilância Epidemiológica.

Pacientes Internados

A paciente de 66 anos que foi transferida para o Hospital Geral de Palmas (HGP), permanece internada.

Recomendações

O primeiro óbito por COVID-19 e o estágio de transmissão comunitária no município nos atentam para a necessidade de redobrar os cuidados em relação ao distanciamento social e higiene populacional, todos precisam estar atentos e colaborar para o controle da disseminação do vírus na comunidade respeitando os decretos e ações que estão sendo adotados.

O Comitê reforça para a comunidade a recomendação do uso de máscara de proteção, item que passou a ser obrigatório na cidade.

O médico e integrante do Comitê Gestor, Maurício Nauar Chaves, falou da importância desse equipamento de proteção. “A máscara deve ser usada por todos para evitar a propagação da doença. Lembrar sempre que a parte externa da máscara é contaminada, ela é o filtro, e como filtro, a sujeira fica do lado de fora, sendo assim, não se deve tocar nessa parte da máscara, se o fizer, estará perdendo a função de proteção. Também devemos ao retirá-la, mesmo tocando somente na parte de dentro, lavar as mãos logo depois, e quando ela ficar úmida ou quando vence a validade do fabricante, deverá ser trocada por outra”, explicou

Secretária da saúde.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here