Dunga diz que falhas da zaga são “fora do normal” e pede para “ir no corpo”

Pelas eliminatórias para a Copa de 2018, a Seleção Brasileira ficou no empate por 2 a 2 contra o Uruguai, na Arena Pernambuco.

O técnico Dunga admitiu que a defesa da seleção brasileira não esteve bem contra o Uruguai, no empate por 2 a 2, nesta sexta (25), na Arena Pernambuco.

David Luiz, principalmente, perdeu bolas importantes para Luis Suárez, autor do segundo gol uruguaio -o Brasil abriu 2 a 0 e depois cedeu o empate.

“Tivemos algumas situações que são fora do normal pela experiência dos nossos jogadores”, disse o treinador.

Para o técnico, nas eliminatórias para a Copa-2018, em alguns momentos, o time precisa deixar de jogar futebol e abusar da parte física.

“O Suárez, na maioria das vezes, deixa a bola e vai no corpo. Tínhamos que fazer igual para ganhar esses lances. Mas é muito difícil marcar esse jogador”, afirmou.

NEYMAR FORA

Dunga reclamou que Neymar, suspenso pelo segundo cartão amarelo do jogo contra o Paraguai, na terça (29), em Assunção, receba advertências, e seus rivais, não.

Será o terceiro jogo que o craque do Brasil perderá por suspensão nessa eliminatória, dos seis disputados. Ele ficou fora dos dois primeiros após punição recebida na Copa América-2015.

“Gostaria que os árbitros dessem os mesmo cartões para os adversários que eles dão para o Neymar. Mas o Neymar sabe que ele será sempre visado”, declarou Dunga.

O comandante não revelou quem serão os substitutos de Neymar e David Luiz, zagueiro que, segundo a CBF, também está suspenso pelo acúmulo de dois cartões.

dunga
Dunga, técnico da Seleção Brasileira de Futebol

Deixe um comentário