Salah Abdeslam cogitou ataque suicida em Paris

Declaração foi dada pelo procurador de Paris, após prisão do acusado de ser o principal responsável pelo ataque de 13 de novembro

postado em 19/03/2016 17:45 / atualizado em 19/03/2016 17:56

Salah Abdeslam, detido na sexta-feira (18/3) em Bruxelas, afirmou aos investigadores belgas que “queria se explodir” no dia 13 de novembro, em Paris, mas depois “desistiu”. A declaração foi dada neste sábado (19/3) pelo procurador de Paris, François Mollins, em coletiva de imprensa.

“Estas primeiras declarações, que devem ser tomadas com cautela, deixam pendentes uma série de perguntas”, completou François Mollins. Salah Abdeslam, suspeito-chave nos atentados que deixaram 130 mortos na capital francesa, “terá que dar explicações” a respeito, declarou o procurador.

© Copyright 2001-2014 S/A Correio Braziliense. Todos direitos reservados.

Deixe um comentário