Casos de violência sexual na infância subiram mais de 60% em dois anos

Em 2016,número de registros ultrapassou 1,2 mil só no Tocantins.
Serviços especializados tentam ajudar crianças abusadas a superar trauma.

O número de casos registrados de crianças abusadas sexualmente na infância subiu mais de 60% em dois anos no Tocantins. De acordo com a Secretaria de Saúde, em 2016 foram 1.267 casos no estado, contra 772 em 2014. Os crimes foram contra meninos e meninas menores de 14 anos de todo o estado.

De acordo com a psicóloga do serviço de atenção especializado para esse tipo de caso, Raquel Sampaio, o aumento pode estar relacionado tanto com o crescimento no número de casos, quanto no número de denúncias. “Nós temos percebido que tem chegado mais. Por vária fontes diferentes. Pelos conselheiros tutelares, pelos vizinhos que hoje estão denunciando, as escolas têm sido também muito parceiras”, diz ela.

Alguns casos têm chamado atenção e repercutindo bastante. Em setembro de 2016 uma criança de 11 anos foi estuprada após sair da escola.

O crime foi confessado por Moisés de Almeida Silva, que deu uma entrevista onde pediu perdão a família e a sociedade. Nesta terça-feira (14) a Polícia Civil prendeu um falso conselheiro espiritual, que teria estuprado ao menos quatro crianças durante um ritual de magia negra.

A especialista afirma que quanto antes o tratamento psicológico começar, melhores são os resultados na superação do trauma. “O que é possível ser feito é minimizar as sequelas desse trauma. O nosso objetivo é resgatar a autonomia, o aprendizado, a capacidade de socializar e sobretudo de confiar no outro”, explica Sampaio.(Fonte:G1/TO)

Crianças foram estupradas por idoso durante ritual de magia negra, diz PC

 

Deixe um comentário