Menor suspeito de matar vereador por engano é apreendido em Novo Jardim

Suspeito é menor de idade e por isso não pode ser preso.
Ele teria atirado contra um rival quando acertou o vereador por engano.

Um suspeito de matar por engano o vereador Valdemar de Sousa, de 31 anos, no município de Novo Jardim, foi apreendido. O atirador seria um menor de idade ainda não divulgada. Ele está prestando depoimento sobre o caso na delegacia da cidade. A apreensão aconteceu no sábado (11), mas as informações só foram divulgadas nessa segunda-feira (13), pela Secretaria de Segurança Pública.

O caso aconteceu na madrugada de sábado, durante a festa de aniversário da cidade, que fica no sudeste do Tocantins. O atirador matou vereador e feriu outro homem por engano. De acordo com a Polícia Civil, o menor chegou atirando em direção a um grupo de homens que participavam da festa na tentativa de matar um rapaz com quem teria uma inimizade

O alvo do ataque não foi ferido, ele não teve a identidade divulgada. Os tiros mataram Valdemar de Sousa, de 31 anos e feriram Valdeon Pinto Carvalho, de idade não divulgada. Valdeon foi encaminhado ao Hospital Regional de Dianópolis, não há informações sobre o estado de saúde dele.

De acordo com a polícia, não houve troca de tiros. O assassino fugiu após ficar sem munição. O corpo de Valdemar de Sousa foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de Porto Nacional e já foi liberado, ele levou dois tiros no tórax.(Fonte:G1/To)

 

Deixe um comentário