Concurso da PM mal feito de Marconi e Eliton é suspenso pela justiça

Como dois mais dois são quatro. O certame feito “nas coxas” pelo governador Marconi Perillo (PSDB) e o vice-governador José Eliton (PSDB) foi suspenso nesta terça-feira, 31, pela juíza Zilmene Manzolli, da 1ª Vara da Fazenda Pública de Goiânia.

A magistrada acatou pedido do Ministério Público de Goiás (MP-GO) e exige, primeiro, o chamamento de 700 aprovados no concurso anterior e apontava irregularidades no salário de 3ª classe no valor de R$ 1.500. 

Além disso, o concurso deverá ser anulado devido a grande quantidade de denúncias por falta de fiscalização durante o certame. A promotora de Justiça Leila Maria de Oliveira instaurou inquérito civil público para apurar irregularidades relatadas em Goiânia e 16 cidades no interior. 

O governo não quer mais fazer concursos, a ideia é sucatear para terceirizar e entregar para Organizações Sociais (OS). O governador já reiterou que é contra a estabilidade no serviço público.(fonte:Goiás Real)

Deixe um comentário