Quinto preso é o principal suspeito de assassinar jornalista, diz delegada

Roni Von Pereira da Silva, 20 anos, foi preso em Goiânia-GO.
Suspeito deve ser transferido para Palmas ainda nesta semana, diz polícia.

O quinto suspeito de envolvimento na morte do jornalista Mateus Júnior, de 47 anos, foi preso nesta terça-feira (22) em Goiânia-GO. Roni Von  Preira da Silva, 20 anos, estava foragido desde quando o crime foi descoberto. Conforme a delegada, Liliane Albuquerque, com base nas declarações de todos os envolvidos, tudo indica que Pereira é o autor da morte de Júnior. 

“Foi exatamente esse Roni Von que tirou a vida de Matheus Júnior, esse que estava foragido até hoje”, afirmou Liliane.

Conforme a Polícia Civil, o suspeito deve chegar em Palmas na próxima quinta-feira (24) ou sexta-feira (25) e será levado para a Casa de Prisão Provisória de Palmas (CPPP).

De acordo com o delegado Vinicius Mendes, o inquérito já foi concluído. “Ele será ouvido sobre os fatos da morte do jornalista, e aí vamos repassar as informações para o poder judiciário, para que ele possa responder sobre esse crime”, concluiu.

Jornalista está desaparecido há três dias (Foto: Arquivo Pessoal)
Jornalista foi morto em setembro (Foto: Arquivo Pessoal)

Prisão
A Justiça de Palmas já havia expedido um mandado de prisão contra o suspeito. Ele foi localizado em uma casa no Setor Crimeia Oeste em uma operação da Polícia Civil do Tocantins que contou como apoio da corporação goiana. Com o suspeito, foram detidos cinco pessoas, sendo a namorada e um menor.

Mas nenhum deles têm envolvimento com a morte de Júnior. Eles foram levados por porte ilegal de arma de fogo, sendo duas pistolas. Um dos presos era foragido da Justiça do Tocantins.

Quatro suspeitos já estão presos (três homens e uma mulher). Segundo o depoimento de um deles, o plano era roubar o Júnior e não o matar.

Entenda
O jornalista desapareceu em setembro. Ele foi visto pela última vez em um bar na quadra 303 Norte. A polícia foi até a casa do homem na 306 Sul e encontrou o local aberto e revirado.

No local foram encontrados copos quebrados pelo chão, gavetas remexidas, além da piscina ligada e cheia de latas de cerveja. Uma televisão foi levada e o carro da vítima não estava na garagem – os documentos de Júnior e do veículo ficaram para trás.(fonte:g1/to)

Deixe um comentário