Motorista é detido com 57 toneladas de madeira ilegal e CNH falsa no TO

Motorista disse que carga vinha do PA e seria distribuída em Palmas.
Ele foi detido por crime ambiental e falsidade ideológica.

A Polícia Rodoviária Estadual (PRE) apreendeu nesta sexta-feira (4), em Palmas, um caminhão com 57 toneladas de madeira de angelim vermelho proveniente de desmatamento. De acordo com a polícia, o motorista apresentou uma nota fiscal informando que a carga era de farelo de osso.

Além disso, ao analisar a carteira de motorista, a polícia constatou que a mesma era falsificada. Conforme a polícia, o motorista disse que carga vinha do Pará e seria distribuída no comércio de madeira da capital.

O motorista foi preso e levado para o Primeiro Distrito Criminal de Palmas, por crime ambiental contra a ordem tributária, falsidade ideológica e crime de trânsito por excesso de carga.(fonte:g1/to)

Deixe um comentário