segunda-feira, dezembro 6, 2021

Últimas Notícias

Após a China, agora Estados Unidos querem impedir carne bovina do Brasil

Pecuaristas norte-americanos alegam que brasileiros demoram muito para informar problemas sanitários.

Após os chineses, agora são os norte-americanos que querem impedir a entrada de carne bovina brasileira em seu território. Motivos para barrar a carne do Brasil eles têm, e fortes. Em setembro, os Estados Unidos importaram 49% a mais carne bovina do Brasil do que em igual período do ano passado.

A participação da proteína brasileira nas importações totais norte-americanas subiu para 9,7% até setembro, bem acima dos 5,6% de igual período do ano passado.

Enquanto Argentina, Uruguai, Austrália e México diminuíram a participação nas importações norte-americanas, o Brasil aumentou.

O motivo alegado pela NCBA, a poderosa federação dos produtores norte-americanos, para impedir a entrada de carne brasileira, no entanto, é a falta de compromisso do Brasil em comunicar rapidamente problemas sanitários à OIE (Organização Mundial de Saúde Animal).

Eles citam os dois casos atípicos de vaca louca que ocorreram em Minas Gerais e em Mato Grosso.

Algumas associações querem impedir a importação do produto “in natura”. Outras querem um bloqueio de todas as carnes.

Mais Goiás.

Últimas Notícias

spot_imgspot_img

Não deixe de ler

RECEBA NOSSAS NEWSLETTERS

Quer ficar informado em primeira mão? Se cadastre na nossa Newsletter e receba o Mapa da Notícia no seu e-mail.