UTI pediátrica interditada passa por inspeção e tem novo prazo para funcionar

Fechada há mais de um mês, UTI já deveria estar operando, mas irregularidades ainda não foram sanadas. Até dia 20 de julho, pelo menos cinco dos 10 leitos devem entrar em funcionamento.

 

Jornalista está em coma na UTI após acidente entre carro e ônibus no Tocantins

Pai disse que Alexandre Alves teve o pulmão perfurado e quebrou parte do crânio. Carro em que ele e a mulher estavam bateu em um ônibus do transporte público de Palmas.

O acidente aconteceu no cruzamento entre a avenida Teotônio Segurado e a LO-13, por volta de 19h30. O ônibus atingiu com maior força a parte do carro onde estava o motorista. O veículo foi arrastado por cerca de 20 metros.

O jornalista ficou preso nas ferragens e precisou ser resgatado pelo Corpo de Bombeiros. Segundo o Samu, ele recebeu os primeiros socorros no local, foi levado para o Hospital Geral de Palmas e depois transferido para o hospital particular. Uma campanha nas redes sociais está pedindo doação de sangue, de qualquer tipo. A doação deve ser feita no Hemocentro da capital.

Neste domingo foi aniversário de Ribamar. “Eu estava em Pium, então não comemoramos juntos. Mais tarde, me ligaram e falaram sobre o acidente. Eu sabia que era grave porque não quiseram me passar muita informação. Você imagina a situação de um pai num momento como esse. Ele tem um bom condicionamento físico, isso vai ajudar na recuperação”.

A mulher da vítima, Cristiane Dalastra, está internada no mesmo hospital em observação. Os Bombeiros informaram que um passageiro do ônibus foi levado ao hospital com suspeita de fratura no ombro.

Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.  

Alexandre e Cristiane ficaram feridos em acidente (Foto: Reprodução/Facebook)

Amália Santana continua sob observação em UTI de hospital particular de Araguaína

A deputada tem 55 anos e o seu estado de saúde atual é considerado estável.

A deputada estadual Amália Santana (PT) continua internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital de rede privada de Araguaína.

A parlamentar sofreu um aneurisma cerebral hemorrágico na noite da última quinta-feira, 15.

Ele teve um mal estar e foi levada às pressas ao hospital, onde passou por cirurgia após o imediato diagnóstico.

A deputada tem 55 anos e o seu estado de saúde atual é considerado estável.

Confira nota na íntegra

A deputada estadual Amália Santana continua internada na UTI do Hospital Dom Orione em Araguaína.

Durante a noite ela teve uma sensível melhora. Sua situação é estável, mas ela continuará sendo monitorada até expirar o prazo de 72 horas, considerado pelo médico como período de maior risco.

A família agradece o apoio dos amigos, conhecidos e a todos aqueles que estão torcendo pela recuperação da deputada Amália Santana.

T1noticias

Deputada Amália Santana sofre aneurisma, passa por cirurgia e se recupera na UTI

No final da manhã desta sexta, o ex-prefeito de Colinas e irmão da deputada, José Santana, informou que a cirurgia foi concluída e que a parlamentar está reagindo bem.

A deputada estadual Amália Maria Santana da Silva (PT), 55 anos, sofreu um aneurisma cerebral hemorrágico do lado direito nesta quinta-feira, 15, em Colinas do Tocantins.

Conforme a assessoria da parlamentar, a deputada foi submetida na manhã desta sexta-feira, 16, a um procedimento cirúrgico no Hospital Dom Orione, em Araguaína, e encaminhada em seguida para a UTI, onde será monitorada pelas próximas 72 horas.

No final da manhã desta sexta, o ex-prefeito de Colinas e irmão da deputada, José Santana, informou que a cirurgia foi concluída com sucesso e que a parlamentar está reagindo bem. “O quadro crítico está terminando. Ela sai de situação gravíssima para estável. Será levada a UTI para recuperação. Muito agradecido pelo apoio e as orações. Deus atendeu nossos pedidos. Agradecemos a Ele”, disse.

A parlamentar passou mal por volta das 23 horas de ontem quando estava em sua casa na cidade de Colinas. Ela foi socorrida por familiares e levada para o Hospital Municipal de Colinas, onde já chegou sem falar e recebeu os primeiros cuidados.

Devido à gravidade da situação e por orientação médica, a deputada foi encaminhada para Araguaína em ambulância especial, dando entrada no Hospital Dom Orione por volta das 3 horas.

Após exames,  a equipe da unidade hospitalar constatou o aneurisma cerebral do lado direito, estabilizou o quadro e realizou a indicação cirúrgica. “A família agradece as correntes de oração formadas entre os amigos e correligionários”, informou a assessoria.

Em 2010 Amália foi eleita deputada estadual, sendo reeleita em 2014.

Nota de solidariedade

O governador Marcelo Miranda e a primeira-dama e deputada estadual Dulce Miranda emitiram nota em solidariedade à deputada e sua família nesta sexta.

“Triste a notícia de que a deputada estadual Amália Santana sofreu um aneurisma cerebral hemorrágico, nesta quinta-feira, 15. Uma companheira próxima, com qual eu e minha esposa Dulce Miranda nos solidarizamos. À família, todo o nosso apoio e orações para que a saúde dela se restabeleça o mais rápido possível. Aproveito para desejar força aos familiares, que a exemplo de todos os amigos, estão angustiados com esse momento. Tenhamos fé e confiança na recuperação de Amália, para que ela retome sua missão de defender os interesses dos tocantinenses”, disse o governador.

T1noticias

Vaqueiro que teve queimaduras durante combate a incêndio morre em UTI

Ele estava internado no Hospital Regional de Araguaína em estado grave. O homem teve 65% do corpo queimado.

O vaqueiro Carlos Alberto da Silva, um dos homens que ajudou a combater a queimada que devastou oito fazendas e matou mais de mil animais em Carmolândia, morreu nesta quarta-feira (27). Ele estava internado em estado grave no Hospital Regional de Araguaína.

Segundo a Secretaria do Estado da Saúde (Sesau), o Serviço de Regulação Estadual chegou a conseguir vaga para transferência do paciente na última segunda-feira (25), mas por causa da piora significativa no quadro clínico, ele não pôde ser transferido.

O homem sofreu queimaduras em 65% do corpo. O proprietário da fazenda onde ele trabalha informou que Carlos tentava apagar um foco de incêndio quando foi atingido pelas chamas.

O mês de setembro já é o pior em sete anos em número de queimadas, foram mais de 10 mil focos de fogo. Áreas ambientais também estão ameaçadas e mais de 70% do Parque Nacional do Araguaia foi destruído. Os brigadistas desistiram de combater o fogo na região, que já consumiu uma área quase três vezes o tamanho da cidade de São Paulo.

No dia 19, o Ibama anunciou que está assumindo custos do combate ao fogo no Tocantins e que vai investir R$ 4 milhões no trabalho dentro do estado. A medida só foi tomada depois que a queimada já tinha destruído metade do parque e quase no fim do período de seca, que deve terminar em outubro.

G1/TO

Pentacampeão Marcos deixa a UTI e tem quadro de saúde estável

Marcos descobriu o problema cardíaco há quase um mês.

O ex-goleiro Marcos avançou no processo de recuperação da cirurgia cardíaca realizada na última quinta-feira (20). O ídolo palmeirense deixou a UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e segue o tratamento em um quarto no HCor (Hospital do Coração). O quatro do pentacampeão é estável.

Segundo informação confirmada pelo próprio hospital, Marcos tem evoluído bem na recuperação. O ex-goleiro encontra-se internado desde o dia da cirurgia, mas agora segue o tratamento no quarto, sem a necessidade dos cuidados especiais de uma UTI.

Marcos descobriu o problema cardíaco há quase um mês, depois de passar por exames de rotina. O pentacampeão teve diagnosticada uma alteração na válvula mitral, que gerava um inchaço no coração.

Para corrigir o problema, os médicos recomendaram o procedimento cirúrgico. Na primeira previsão passada pelos médicos, o estafe do ex-atleta previa dez dias para Marcos deixar o hospital. Com informações da Folhapress. 

Noticias ao Minuto

Presidente do Senado é internado na UTI após desmaio

Inicialmente a suspeita era de que Eunício tivesse sofrido um acidente vascular cerebral, mas os exames não confirmaram esse diagnóstico.

O presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), sofreu um desmaio na madrugada desta quinta-feira (27) e foi internado na UTI de um hospital em Brasília. A informação foi divulgada por uma nota da Assessoria de Imprensa da Presidência do Senado.

De acordo com a nota, inicialmente a suspeita era de que Eunício tivesse sofrido um acidente vascular cerebral, mas os exames não confirmaram esse diagnóstico.

O site destaca que, segundo boletim médico divulgado pelo hospital onde Eunício foi internado, o senador apresentava, no início do dia, estado estável e exames de imagem do crânio com resultados normais.

Noticias ao Minuto

Comida para pacientes em coma está em falta no HGP, diz Defensoria

Segundo o órgão, 15 pessoas estão precisando da alimentação.
Secretaria da Saúde disse que o que houve foi um atraso no fornecimento.

Está faltando alimentação especial para pacientes da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Geral de Palmas (HGP), segundo a Defensoria Pública do Tocantins. O problema foi constatado após vistoria realizada nesta quinta-feira (17). A unidade tem 24 horas para resolver a situação. 

De acordo com a Defensoria, está em falta a alimentação enteral e parenteral. Uma comida líquida especial que vai para o estômago através de um tubo, já que em estado de coma, o paciente não tem a capacidade de se alimentar adequadamente pela via oral.

O defensor público Arthur Pádua afirmou que 15 pacientes da UTI do HGP estão na mesma situação. De acordo com os nutricionistas, a alimentação que está sendo servida na substituição não é adequada.

Cairo de Souza, filho de um dos pacientes que está sendo prejudicado, disse que ao chegar na UTI, viu que o pai estava sem se alimentar. “Está faltando a dieta dele”.

O rapaz pediu uma receita para tentar adquirir a substância por conta própria, que ele diz custar cerca de R$ 300, suficiente para apenas um dia. “É um descaso. Agente paga tantos impostos para chegar aqui quando precisa. É muito injusto o que eles fazem com a gente”, disse, Cairo.

Para o defensor, esse é um problema a mais para quem já corre risco de morte. “Daqui a pouco vamos ter a situação onde os pacientes ao invés de morrer em razão da patologia que sofrem, vão morrer com fome no hospital”, disse.

Além da alimentação inadequada, a defensoria afirma que o hospital apresenta outras irregularidades, como a falta de medicamentos para tratamentos, fraudas para pacientes, válvulas essenciais para a realização de cirurgias, antibióticos que previnem infecção hospitalar, além dos funcionários da limpeza estarem trabalhando sem luvas e sem sacos de lixo para recolher os resíduos.

No mês de agosto deste ano, faltou alimentação para os pacientes em 19 hospitais públicos do Tocantins. Na ocasião, a Secretaria Estadual da Saúde assumiu o fornecimento das refeições que eram feitas por uma empresa terceirizada. A população também se mobilizou para arrecadar alimentos e realizarem doações e até marmitas eram vendidas na entrada do hospital.

A Secretaria de Saúde do Tocantins informou que a alimentação está garantida à todos os pacientes internados na UTI do HGP e o que houve foi um atraso no fornecimento, mas o problema já foi solucionado. A secretaria ainda disse que as fraudas e válvulas não estão em falta e que os outros itens serão entregues na unidade.(fonte:g1/to)

Justiça determina que Estado encontre UTI para bebê com epilepsia

Menino de 10 meses está internado em hospital de Gurupi.
Prazo é de 24 horas; Estado não tem vaga em UTI pediátrica.

A justiça emitiu uma decisão obrigando o Estado a fazer a transferência aérea e acomodação em UTI pediátrica de um menino de 10 meses internado em situação grave no Hospital Regional de Gurupi. Conforme o Ministério Público Estadual (MPE), ele tem uma forma grave de epilepsia e o hospital não tem os equipamentos necessários para o tratamento.

A decisão saiu neste domingo (30) e deu 24 horas para o Estado providenciar a transferência, sob pena de multa diária de R$ 50 mil. De acordo com o MPE, o promotor de Justiça Caleb Melo foi informado que em razão do uso de medicamentos fortes, a criança precisa usar respirador mecânico, pois ocorrem paradas cardíacas.

“No mesmo hospital, encontra-se outra criança, que também está sob uso de respirador e com determinação judicial de transferência para UTI, que não foi cumprida. Embora esta criança esteja com um quadro menos grave que Arthur, o quadro demonstra o descaso do Estado do Tocantins com as determinações judiciais”, informou o MPE.

Ainda conforme o MPE, o promotor requisitou a adoção de providências junto a Central de Regulação da Secretaria de Saúde do Estado, mas nenhuma providência foi adotada. Além disso, foi verificado que no Hospital Público de Palmas, não há vaga para UTI Pediátrica e que nas duas outras UTI´s pediátricas da capital, às quais o Estado possui convênio, não há mais vagas pelo sistema SUS. Isso porque o Estado está inadimplente com as clínicas há mais de sete meses, conforme o órgão.

A Secretaria de Estado da Saúde disse, em nota, que o menino recebendo suporte e sendo acompanhado por neopediatria enquanto o serviço de regulação busca leito de UTI Pediátrica para receber o paciente. “Paralelo a isso, a Secretaria também abriu processo de compra de leito.”

“A Secretaria tem empreendido todos os esforços para garantir a implantação de mais dez leitos de UTI Pediátrica no Estado, inclusive já abriu licitação para aquisição de equipamentos necessários à implantação do serviço na cidade de Araguaína.”(fonte:g1/to)

Eduardo Siqueira sai da UTI, mas continua sob cuidados médicos

A assessoria do deputado Eduardo Siqueira Campos informou no final da tarde desta quinta-feira, que Eduardo passou por uma ressonância magnética que diagnosticou inflamações nos nervos do lado esquerdo de seu rosto, o que ocasionou a paralisação dos movimentos deste lado de sua face. Eduardo deixou a UTI e de acordo com os médicos, a recuperação total dos movimentos pode levar de quatro a oito semanas, sendo que ele já está impossibilitado de trabalhar nos próximos 30 dias.

 A partir de agora, o deputado Eduardo Siqueira Campos já inicia o tratamento através de medicamentos e de fisioterapia.

Eduardo Siqueira Campos deu entrada na UTI na manhã desta quarta-feira, 12, em Palmas, após ter o lado esquerdo de seu rosto paralisado em virtude de fortes dores de cabeça. O primeiro exame realizado, uma tomografia, não constatou qualquer problema, que só foi detectado nesta quinta-feira, 13, após a ressonância magnética.(fonte:portal stylo)