Temporal com raios deixa cidade alagada e eletrodomésticos queimados no Tocantins

Defesa Civil disse que choveu 122 milímetros em uma hora, volume que era esperado para todo o mês. Segundo a Polícia Militar, não há registro de feridos.

Uma chuva forte na tarde desta quarta-feira (7) provocou estragos em Talismã, na região sul do estado.

Segundo a Defesa Civil do município, em uma hora choveu 122 milímetros, volume de chuva esperado para um mês.Várias famílias tiveram casas alagadas

Por causa da chuva forte e com raios, houve falta de energia elétrica. Além das ruas, várias casas foram alagamentos e dezenas de moradores tiveram prejuízos com eletrodomésticos queimados. Até o transmissor de rádio do município ficou queimado.

A Polícia Militar (PM) disse que realizou uma vistoria após a chuva e não foi chamada para nenhuma emergência. Ainda não há informações de feridos ou mortes de animais da zona rural.

G1 Tocantins

Raio atinge fazenda e mata mais de dez vacas durante temporal no Sul do Tocantins

Os 12 animais mortos foram enterrados em um local próximo da propriedade rural, em Talismã, sul do estado. Uma casa também foi atingida pelo raio.

Um raio atingiu uma fazenda em Talismã, no sul do Tocantins, durante um forte temporal e deixou 12 animais mortos. Segundo a Defesa Civil da cidade, no momento da chuva também houve vento forte e queda de energia elétrica. Ninguém ficou ferido.

O temporal foi registrado na noite da última terça-feira (21), mas os animais mortos só foram enterrados na manhã dessa quarta-feira (22). Além do rebanho de gado, uma casa também foi atingida por um raio. Uma moradora chegou a cair, mas foi socorrida e passa bem.

A Defesa Civil disse ainda que na mesma época de 2016 houve diversos casos semelhantes e é necessário tomar alguns cuidados, como “evitar ficar em áreas abertas, debaixo de árvores ou de fios de rede elétrica”, informou.

Segundo a Secretaria de Agricultura da cidade, o gado morto foi enterrado em um local próximo a propriedade.

G1/Tocantins

Sul do Tocantins tem novo alerta de tempestades para 44 cidades, dentre elas São Salvador

Alerta amarelo é o segundo em uma semana para municípios da região. Cidades sofrem alagamentos e vendavais desde o começo de 2017 no TO.

A região sul do Tocantins está em alerta amarelo para tempestades a partir da tarde desta quarta-feira (29). O aviso vale para 44 cidades e a lista completa pode ser conferida no site do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), que emitiu o alerta. É a segunda vez desde o começo da semana que a região é afetada pelo risco de chuvas fortes, na segunda-feira (27), 48 cidades estavam na área de risco.

O Inmet afirma que o alerta amarelo significa perigo potencial e que existe risco de queda de árvores, alagamentos e cortes de energia na região. Quem mora nas cidades da lista deve evitar se abrigar debaixo de árvores, desligar os aparelhos elétricos e estacionar carros longe de placas de propaganda. São esperados ventos de até 60 km/h e chuvas de até 50 milímetros, o normal para uma semana neste período.

Além do Tocantins, há alertas para partes de Goiás, Bahia, Minas Gerais, Mato Grosso e para todo o estado de Rondônia e todo o território do Distrito Federal.

Chuvas intensas
Desde o começo do período de chuva, cidades do estado sofrem com problemas relacionados ao excesso de água. No sábado (25), o muro de uma escola municipal desabou em Palmas. Em fevereiro, policiais precisaram escapar pelas janelas de uma viatura que ficou presa em um alagamento em Formoso do Araguaia, na região sul do estado. Na mesma região, um vendaval deixou um rastro de destruição em São Salvador do Tocantins e também em Palmeirópolis com queda de galho de árvores e postes, telhados arrancados e alagamentos.

G1/To

Mais de 40 cidades do TO entram em alerta para tempestades, confira lista

Alerta amarelo do Inmet significa risco de quedas de árvores e alagamentos.
Cidades ficam no norte do TO, alerta começa na madrugada da sexta (17).

Mais de 40 cidades do Tocantins estão em alerta amarelo para tempestades a partir da madrugada desta sexta-feira (17). O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), que emitiu o alerta, informou que existe risco de queda de árvores, alagamentos e cortes de energia na região. A lista completa, com as 46 cidades afetadas, pode ser conferida no site do instituto.

O alerta começa a valer na madrugada de sexta-feira (17) e vai até o meio-dia. O Inmet instrui quem mora na região a não se abrigar debaixo de árvores, já que também há risco de queda de raios. Além disso, os padrões de energia devem ser desligados e carros devem ser estacionados longe de placas de propaganda. São esperados ventos de até 60 km/h e chuvas de até 50 milímetros, o normal para uma semana neste período.

Além do Tocantins, há alertas paras regiões do Maranhão, Pará, Amapá, Mato Grosso, Bahia e para todas as regiões de Rondônia, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Chuvas intensas
Nos últimos dias várias cidades de diferentes regiões do estado têm registrado chuvas fortes. Em São Salvador do Tocantins um vendaval deixou um rastro de destruição no domingo (12). Em Gurupi, uma caminhonete chegou a afundar em um buraco que ficou encoberto pela água na terça-feira (14). No mesmo dia, em Araguatins, um cavalo caiu em uma fossa durante uma tempestade e precisou ser resgatado pelos bombeiros.

Tocantins tem mais de 40 cidades em alerta (Foto: Reprodução/Inmet)
Tocantins tem mais de 40 cidades em alerta (Foto: Reprodução/Inmet)

Fonte:G1/To

Raio provoca a morte de animais no sul do Tocantins

Moradores tiveram que sair de casas por causa do temporal, em Talismã.
Em algumas fazendas, árvores foram arrancadas pela força do vento.

A queda de um raio neste sábado (22) provocou a morte de animais, na zona rural de Talismã, sul do Tocantins. A tempestade registrada na região foi tão forte que alguns moradores tiveram que sair das casas.

Segundo a Defesa Civil, cirenes foram acionadas para que as pessoas deixassem as residências. Além disso, parte da região ficou sem energia. O temporal, acompanhado de ventos fortes, também arrancou árvores em várias fazendas.

A Defesa Civil está dando suporte aos moradores e fazendo um levantamento dos prejuízos.

Alerta
Nesta sexta-feira (21), a Defesa Civil emitiu um alerta para a região de Talismã por causa das fortes chuvas. Os riscos, segundo o órgão, eram de quebra de vidros, queda de galhos de árvores, alagamentos, descargas elétricas e até granizo.

O alerta também foi direcionado às regiões do Jalapão, sudoeste, sul, oeste e o centro do Tocantins, onde os ventos poderiam atingir de 61 a 99 km/h.

Vento forte arranca árvores em fazendas, na zona rural de Talismã (Foto: Divulgação)
Vento forte arranca árvores em fazendas, na zona rural de Talismã (Foto: Divulgação/Defesa Civil)

Fonte:g1/to