Temer: reforma protegerá pobres e cortará regalias do servidor público

Em discurso durante o prêmio Brasileiros do Ano, presidente também disse haver informações equivocadas sobre a mudança no sistema previdenciário, mas evitou detalhar o assunto.

Opresidente Michel Temer defendeu a necessidade da aprovação da reforma da Previdência, durante o Prêmio Brasileiros do Ano 2017, da Revista Istoé

Temer disse que, em seu governo, a inflação e os juros caíram e algumas reformas foram aprovadas, mas destacou a importância da reforma da Previdência, no momento em que não teria os votos necessários para sua aprovação.

“A reforma da Previdência, na verdade, visa precisamente a combater os privilégios. Porque, na verdade, o que a reforma da Previdência faz é proteger os pobres que, na verdade, pagam pelos que ganham muito no serviço público. A ideia da igualdade é a força motriz da reforma da Previdência”, defendeu o presidente.

Segundo o portal G1, Temer também disse em seu discurso haver informações equivocadas sobre a mudança no sistema previdenciário, usando como exemplo a exigência dos 65 anos para se aposentar. “Valeria a pena, talvez, dizer que, na verdade, hoje se aposenta o homem com 55 anos e a mulher, com 53. E que ao longo de 20 anos é que se vai atingir a idade limite de 60 anos”, afirmou.

Logo em seguida, no entanto, Temer deixou de detalhar o assunto e disse que “não vale a pena tratar desses temas”, para voltar a falar da premiação.

Noticias ao Minuto

Deputados do Tocantins isentam poder público de custas cartoriais

Na mesma sessão os deputados também aprovaram vários requerimentos.

Aprovado na tarde desta terça-feira, 21, o projeto do Executivo que isenta os municípios, o Estado do Tocantins e a União de custas judiciais no território estadual.

De acordo com o Governo, o projeto partiu de sugestão da Procuradoria do Estado que entendeu ser necessário por fim a decisões divergentes do Tribunal de Justiça. Na mesma sessão os deputados também aprovaram vários requerimentos.

Entre eles, um de autoria do deputado Alan Barbiero (PSB) que sugere a inclusão de janela com intérprete de libras nas transmissões da TV Assembleia.

Outro, do deputado José Augusto Publiesi (sem partido) que convoca o secretário da saúde, Mascos Musafir, a prestar esclarecimentos aos parlamentares sobre fatos apurados pela Operação Marcapasso da Polícia Federal.

Já a petista Amália Santana requer ao governo a recuperação asfáltica das rodovias TO-335, entre Couto Magalhães e Colinas, e TO-230, no trecho que liga a BR-153 à Arapoema e Pau D’arco.

A perfuração de poços artesianos em São Miguel e Chapada da Areia são algumas das solicitações do parlamentar Cleiton Cardoso (PSL).

Os estudos de viabilidade para a construção de anel viário em Colinas e para interligar a TO-280 e a BR-153 são o teor de requerimentos do deputado Eli Borges (PROS), entre outros pedidos aprovados.

Glauber Barros
Foto: Koró Rocha

MP do Tocantins obtém melhor índice no ranking do Planejamento Estratégico Nacional do Ministério Público

No MPTO, o Planejamento Estratégico foi criado em 2010.

O Ministério Público do Estado do Tocantins (MP/TO) alcançou qualificação máxima no ranking nacional que avaliou o cumprimento do Planejamento Estratégico Nacional do Ministério Público.

O Radar Estratégico é um instrumento de pesquisa desenvolvido pelo Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), que monitora os avanços institucionais da área de planejamento e gestão estratégica das unidades e ramos do Ministério Público em todo o Brasil.

O MP/TO está em um seleto grupo de estados que atendeu entre 95% e 100% dos quesitos analisados pelo CNMP, recebendo o nível “Excelente”. Para a realização da pesquisa, foram definidos cinco itens de avaliação (excelente, ótimo, bom, regular e insuficiente) que seguem um percentual variável de até 100% para as análises de dados relacionados às metas, ações e resultados alcançados pelas unidades e ramos do Ministério Público.

“Este reconhecimento nacional do trabalho desenvolvido pela equipe do Ministério Público do Tocantins reforça que estamos no caminho certo. Contamos com uma comissão permanente de gestão da estratégia que tem como finalidade desenvolver, orientar, acompanhar e avaliar as atividades de planejamento estratégico, promoção institucional, articulação de políticas públicas e sociais, inteligência e segurança. O resultado, na prática, é um Ministério Público mais ágil, menos burocrático e mais efetivo no atendimento às necessidades da sociedade”, comentou o Procurador-Geral de Justiça do Estado do Tocantins, Clenan Renaut de Melo Pereira.

No MPTO, o Planejamento Estratégico foi criado em 2010 e é gerido pela Comissão Permanente de Gestão Estratégica do MP/TO, composta pela chefia de gabinete da PGJ, pela assessoria especial do PGJ, chefia de gabinete da Corregedoria-Geral, pela coordenação do Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional, coordenação do Núcleo de Inteligência e Segurança Institucional, pela diretoria-geral do MPTO, e ainda pelos chefes da Assessoria de Comunicação, da Controladoria Interna, do Departamento de Planejamento e Gestão, do Departamento de Gestão de Pessoas e Folha de Pagamento, do Departamento de Finanças e Contabilidade, do Departamento Administrativo e do Departamento de Modernização e Tecnologia da Informação. 

Assessoria de Comunicação do MPE-TO

MPE recomenda a realização de novo concurso público para o Quadro Geral de Paranã

O Promotor de Justiça Milton Quintana entregou recomendação ao prefeito de Paranã, Fabrício Viana Camelo, orientando que seja anulado o concurso público municipal realizado em 2012, em razão de ilegalidades detectadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) no processo licitatório de contratação da empresa que auxiliou na elaboração do edital. Também recomendou ao prefeito a realização de novo concurso público para o Quadro Geral da Prefeitura, precedido de uma nova licitação.

Sobre o concurso anterior, que se encontra suspenso, o prefeito de Paranã foi orientado pelo membro do Ministério Público Estadual (MPE) a devolver o valor referente às inscrições dos candidatos.

Acerca do novo concurso, o Promotor de Justiça instruiu o gestor municipal a substituir todos os servidores contratados que não se encontram enquadrados no critério de necessidade temporária de excepcional interesse público, conforme delimita o artigo 37 da Constituição Federal.

Atualmente, o município possui mais servidores contratados do que concursados, situação que contraria a lei. São 283 servidores temporários e 58 comissionados contra apenas 235 efetivos. Além destes, ainda há profissionais autônomos, vinculados ao município por meio de contratos particulares de prestação de serviço.

Prazos
A recomendação expedida pela Promotoria de Justiça de Paranã estipula prazos para a realização do novo concurso público municipal.

É especificado que a gestão deve contratar entidade privada para a organização do concurso no prazo de 120 dias e publicar o edital do concurso em até 150 dias. Sobre a homologação do resultado final, deve ocorrer em, no máximo, 120 dias após a publicação do edital.

A recomendação foi entregue ao prefeito pelo Promotor de Justiça no último dia 1º, em reunião que contou também com a presença do secretário municipal de Governo, Carlos Alberto Viana Camelo, e do assessor jurídico do município, Lucas Antônio Martins de Freitas Lopes.

O Ministério Público vem atuando desde o início do ano perante o município de Paranã, alertando para a necessidade legal de um novo concurso público para o Quadro Geral. Diversos ofícios já foram encaminhados ao prefeito desde fevereiro e um inquérito civil público encontra-se em andamento na Promotoria de Justiça, com vistas a levantar informações sobre o assunto.

Assessoria de Comunicação do MPE-TO/Flávio Herculano

Homem morre após ser atropelado por ônibus do transporte público

Vítima atravessava a pista com carrinho de mão, quando foi atingido por veículo. Motorista permaneceu no local e disse que tentou frear e desviar.

Um homem, de identidade não informada, morreu após ser atropelado por um ônibus do transporte público em Araguaína. O acidente aconteceu na manhã desta terça-feira (12), na BR-153, perímetro urbano da cidade. A vítima ficou presa em uma das rodas do veículo.

O motorista disse que seguia pela rodovia, quando o homem surgiu no meio da pista. Informou ainda que tentou desviar, mas o homem correu para o mesmo sentido e foi atingido. O veículo foi parar no acostamento.

A vítima estava com um carrinho de mão. Ele trabalha na limpeza de lotes e de ruas na cidade. Cerca de 10 pessoas estavam dentro do ônibus no momento. Os passageiros não se feriram.

O motorista do ônibus ficou no local para prestar assistência e aguardar a perícia.

Ministério Público pede prisão de policiais civis e ex-chefe de presídio no Tocantins

Eles são suspeitos de formar quadrilha e usar dados da Justiça para fraudar financiamentos. Policiais estão afastados das funções e a corregedoria da polícia abriu uma investigação.

O Ministério Público Estadual pediu a prisão de dois policiais civis afastados e do ex-chefe da Casa de Prisão Provisória de Porto Nacional, na região central do Tocantins. Os três são suspeitos de formação de quadrilha e de ter usado dados do sistema da Justiça para fraudar financiamentos de veículos. Os crimes teriam acontecido entre janeiro e maio deste ano.

A polícia suspeita que a quadrilha tenha tentado usar até os carros que foram apreendidos pela Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos para as fraudes. Os policiais envolvidos no caso estão afastados das funções e a corregedoria da Polícia Civil abriu uma investigação.

O caso

Um dos suspeitos de ser integrante da quadrilha foi detido e prestou depoimento no dia 12 de junho. O grupo movimentou cerca de R$ 2 milhões nos últimos anos. Segundo a Polícia Civil, o homem atuava como escrivão na 4ª DP de Porto Nacional, e se aproveitava do acesso que tinha a documentos de vítimas de crimes para cometer as fraudes.

“Esse policial tem envolvimento direto com uma quadrilha que a gente prendeu recentemente por estelionato e uso de documento falso. Ele usava da facilidade do cargo de escrivão de polícia para pegar senha do sistema do judiciário, catalogar o dado de vítimas e falsificar os documentos para fazer financiamento junto a bancos”, explicou o delgado Correia, da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos Automotores.

Conforme as investigações, que duraram cerca de quatro meses, o escrivão falsificava carteiras de habilitação e documento de transferência de veículos. Depois, o grupo financiava os veículos das vítimas ou tentava empréstimos em bancos de outros estados.

G1/TO

A dupla Carlos e Jader abriu temporada de praia em Paranã Tocantins e levou o público a loucura

A dupla sertaneja Carlos e Jader se apresentaram na abertura da temporada de praia em Paranã.

A dupla Carlos e Jader abriu a Temporada de Praia na noite deste domingo 09, e levou o público a loucura ao cantar os seus grandes sucessos, como: “Cala a Boca e me beija” e “Sou Foda”.jader e carlos

Esta é a primeira vez que os cantores vem a Paranã,  e segundo o cantor Jader a expectativa em conhecer a cidade foi grande.

“Sempre que vamos a primeira vez em um lugar ficamos ansiosos para conhecer as pessoas. E recebemos as melhores referências possíveis de Paranã. Será um show bem para cima e cheios de repertórios nossos e também de outros artistas conhecidos nacionalmente”, disse.

E de fato a apresentação surpreendeu. A dupla de Paranã, Júlio Cesar e Gustavo, fez uma participação especial no palco. “Cantar com Carlos e Jader é uma grande experiência. Cada apresentação é um aprendizado para a nossa carreira”, afirmou Gustavo.

Os amigos cantam a seis anos e já se apresentaram em Palmas, Palmeirópolis e São Salvador do Tocantins.

Abertura

Durante a abertura oficial da temporada o prefeito Fabrício Viana destacou a alegria de oferecer a população e aos turistas uma praia de qualidade.

“Está é a primeira vez que a temporada tem uma licença ambiental, e isto é a prova da nossa organização e comprometimento com os parceiros desta festa e a população. Toda esta estrutura foi feita pensando no conforto de vocês, agradeço pela presença de cada um. Uma boa temporada de praia a todos”, afirmou.Fabricio viana

Estiveram no palco durante a abertura, o prefeito de São Valério Olímpio Dos Santos, autoridades municipais e a primeira dama, Silmara Ribeiro.

A temporada segue até o dia 30.

Confira os próximos shows previstos.

Dia 15.07- sábado- Saiddy Bomba.

Dia 16.07- domingo- Thiago Jhonathan.

Dia 22.07- Sábado- Zé Ricardo e Thiago.

Dia 23.07- domingo- Theo Santana.

Dia 29.07- sábado- Hugo e Guilherme.

Dia 30.07- domingo- Cleiton Cortes.

Monik Helen/Ascom prefeitura de Paranã

 

Mário Cezar e Filipe levaram o público ao delírio no show de aniversário de Palmeirópolis

Mario Cezar e Filipe a nova sensação do momento. Um Tocantinense e um Goiano que juntos estão ganhando espaço no cenário musical.  

Com um repertório atualizado, fenômeno do momento, os artistas levantaram a galera; num show para ninguém “botar” defeito, delírio da multidão que marcou presença, lotando o Parque de Vaquejada Raimundo Parrião no terceiro dia de festa do aniversário de 37 anos de Palmeirópolis. Festa organizada pela prefeitura Municipal, Câmara de vereadores e Sindicato Rural.

Clima gostoso nesta noite de sábado (9), diversas famílias de Palmeirópolis, de municípios vizinhos e de outras cidades de Goiás e Tocantins, aproveitaram o show, dançando e se divertindo.

Em quase 4 anos de carreira, a dupla esbanja simpatia e conta da emoção de estar cantando em casa pela primeira vez. Simpáticos, Mario Cezar e Filipe receberam nossa equipe de reportagem na residência dos avós do Filipe: José Lopes de Barros (Barrinha) e professora Madalena Moura, para uma entrevista exclusiva. Parte da família do Filipe, se reuniram para um almoço afim de prestigiar a dupla, já que Filipe é filho da terrinha.unnamed (28)

Eles explicaram que são amigos de longas datas e parceiros de dupla ha quase 4 anos. Mario Cesar já cantava antes de conhecer o parceiro, já Filipe disse que participava de um grupo de pagode e se conhecerem na escola, onde passavam a maior parte do tempo cantando, depois de algum período decidiram juntar suas vozes e formar uma dupla sertaneja, que está fazendo o maior sucesso no Tocantins.

A dupla tem como referência as músicas raízes, mas também se inspiram nos artistas da atualidade para cantar e fazer sucesso. Disseram que são ecléticos nas canções, procuram agradar o público no repertório.

“TÔ NA MÍDIA” foi lançada em 26 de fevereiro 2016, sucesso total, repertório da música de trabalho que lançaram a dupla no mercado de trabalho, sucesso até hoje.

“Três músicas gravadas e um DVD chamado “simplesmente”, que foi feito a nossa cara, com músicas raízes, para mostrar o que nós passamos, começamos com um clip, em breve trabalho novo, um sonho de cantar aqui, um sonho dos meus pais, dos meus avós. Será o show mais emocionante da minha vida”, relata Filipe emocionado.

Mario Cezar disse da recepção na terra do Filipe, “ apesar de não sermos conhecidos nacionalmente, notamos como o povo nos trata bem, grande emoção e responsabilidade está na terra do Filipe e poder dividir esta alegria com ele”. Finaliza o parceiro.

A família Moura prestigiaram de perto o show da dupla.

Chegando ao local do show, os artistas foram recebidos pelo prefeito Fabio Vaz, primeira Dama Ana Paula e demais autoridades municipais.rozirozi 3rozi 2rozi 1

unnamed (29)

unnamed (19)parque vaquejada 1unnamed (18)Mario e Filipe

unnamed (21)unnamed (22)unnamed (23)unnamed (24)unnamed (25)

unnamed (26)

maria

breno

benais

Benaia

Geovanaunnamed (27)

Ex-vereador, José Lopes de Barros (Barrinha), avô do cantor Filipe.
Ex-vereador, José Lopes de Barros (Barrinha), avô do cantor Filipe.
Avós do Filipe, José Lopes de Barros e Madalena Moura.
Avós do Filipe, José Lopes de Barros e Madalena Moura.

Logo mais a noite rodeio e grande show com Racyne e Rafael.

Da redação

Para Lula, citar seu nome é ‘senha’ para fechar acordo de delação

“Se pudesse ressuscitar o Conde de Monte Cristo, ele viria aqui falar: foi o Lula o culpado”, disse o ex-presidente em depoimento nesta quarta (10).

Em depoimento dado ao juiz federal Sergio Moro nesta quarta-feira (10), o ex-presidente Lula disse que seu nome é citado por candidatos a delator como condição para fechar acordo com o Ministério Público Federal.

“Aí, doutor, eu me desculpo com todo o respeito que eu tenho pelo seu trabalho. Esse último mês foi o mês Lula, em que a senha era Lula. Vamos chamar todo mundo. Se pudesse ressuscitar o Conde de Monte Cristo, ele viria aqui falar: foi o Lula o culpado”, afirmou o ex-presidente.

De acordo com a Folha de S. Paulo, Lula fez referência direta os casos de Léo Pinheiro e Renato Duque, que citaram seu nome durante depoimento a Moro.

“Eu vi o depoimento do Leo. Eu conheço o Leo antes e conheço o Leo naquele depoimento. Depois um cidadão condenado a 23 anos de cadeia ser chamado para a coisa mais importante que ele tem pra falar é que o Lula sabia”, disse.

“Depois de condenarem e execrarem a imagem de um pai de família que por mais errado que tenha merece respeito, como o Duque a 40 anos de cadeia e depois prometer para ele liberdade se a senha for falar: “o Lula sabia”, declarou.

O juiz rebateu a afirmação perguntando quem havia prometido liberdade a Renato Duque. Moro também declarou que o ex-presidente estava baseando suas afirmações em dados publicados pela imprensa.

“Mas eu estou vendo. Como é que não prometeu. Eu estou vendo. Isso acontece, eu estou vendo”, afirmou Lula.

Noticias ao Minuto