Operação da PF investiga desvios de verbas da educação na Prefeitura de Goiatins

Policiais cumprem oito mandados de busca e apreensão nas cidades de Goiatins, Itacajá e Palmas. Esta é a 3ª fase da operação Bagration que apura desvios de recursos feitos por ex-gestores.

Para investigar desvios de recursos públicos na Prefeitura de Goiatins, norte do estado, a Polícia Federal deflagrou a Operação Mínima Moralia nesta quarta-feira (8). São cumpridos oito mandados de busca e apreensão na cidade e nos municípios de Itacajá e Palmas.

Esta é a 3ª fase da Operação Bagration, iniciada em julho de 2016. Na época, o então prefeito da cidade Vinícius Donnover Gomes e a mulher dele, Sandra Suely da Silva foram presos.

A Polícia Federal informou que foram constatadas diversas irregularidades em licitações da área da educação, como a utilização de notas fiscais em duplicidade para justificar pagamentos ilícitos, preços superfaturados e contratação de empresas de fachada.

A PF disse que as irregularidades foram descobertas após a análise de documentos e mídias apreendidos durante as outras fases da operação.

As investigações foram feitas a partir da análise das movimentações financeiras dos investigados e de relatórios emitidos pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (COAF) do Ministério da Fazenda.

Segundo a PF, a partir dos documentos foram descobertas diversas transferências de valores das empresas e responsáveis contratados, para ex-gestores das Prefeitura de Goiatins, o que gera indícios de desvio de recursos públicos e corrupção passiva.

O nome da operação significa Mínima Moral, qualidade ue deve pertencer ao gestor público no trato honesto e virtuoso da coisa pública, conforme a PF.

1ª Fase

A 1ª fase da operação Bagration foi realizada no dia 27 de julho de 2016. A Polícia Federal cumpriu 13 mandados de prisão em Goiatins e outras cidades do norte do Tocantins. Os envolvidos são suspeitos de integrarem uma organização criminosa que atuava no desvio de recursos públicos. Segundo a PF, a suspeita é que os prejuízos causados aos cofres da União sejam de aproximadamente R$ 10 milhões.

Foram 13 mandados de prisão, sendo nove preventivas e quatro temporárias. Entre os que tiveram a prisão preventiva decretada estão o prefeito de Goiatins, Vinícius Donnover Gomes (PSC), e a mulher dele, Sandra Suely da Silva, responsável por controlar as verbas da Saúde no município.

Também foram presos secretários, servidores, vereadores, ex-gestores e pessoas ligadas ao prefeito da época.

Em 2016, Sérgio Ferradoza, advogado do prefeito Vinícius Donnover Gomes, argumentou que o suspeito vem atestando em depoimento de que os fatos não são verdadeiros e correspondem a atos da administração anterior. Outros foram praticados por outras pessoas sem a ciência ou autorização dele. No decorrer do processo tudo será esclarecido, segundo o advogado.

Vereador investigado por desvio na Prefeitura de Palmas é preso no aeroporto do RJ

Delegado informou que Major Negreiros foi detido pela Polícia Federal no Rio de Janeiro. Ele estava no Chile com a família e é suspeito de fazer parte de um suposto esquema criminoso.

O vereador Major Negreiros, investigado por fazer parte de um suposto esquema criminoso que desviou R$ 7 milhões da Prefeitura de Palmas, foi detido pela Polícia Federal no aeroporto do Rio de Janeiro. A informação é do delegado da Polícia Civil, Guilherme Rocha, responsável pelas investigações.

O parlamentar tinha um mandado de prisão em aberto. Ele estava viajando para o Chile com a família, quando foi deflagrada a 2ª fase da operação Jogo Limpo. Três parlamentares teriam participado do esquema.

Major Negreiros está sob custódia da PF do Rio de Janeiro e será encaminhado para Palmas. O site aguarda contato com a defesa do vereador.

Ao todo, 26 mandados de prisão temporária foram cumpridos na última sexta-feira (3), sendo que 24 pessoas foram liberadas, entre elas o vereador Rogério Freitas. Apenas o presidente da Câmara de Vereadores, José do Lago Folha, segue preso na Casa de Prisão Provisória de Palmas.

As investigações apontam que eles fazem parte de um suposto grupo criminoso que desviou R$ 7 milhões da Fundação Municipal de Esporte e Lazer (Fundesportes) e da Secretaria de Governo e Relações Institucionais da capital. A verba seria destinada a projetos sociais, mas o dinheiro teria sido usado em campanhas eleitorais de 2014.

O esquema

O esquema envolve quatro núcleos compostos por servidores, políticos, empresas fantasmas e entidades. Segundo a decisão judicial, 10 entidades investigadas admitiram o uso de notas frias fornecidas por sete empresas fantasmas.

As notas seriam para justificar despesas e serviços não realizados. Depois, o dinheiro seria desviado para servidores e agentes políticos ou para terceiros indicados por eles.

A polícia informou na última sexta-feira (3) que encontrou R$ 40 mil na conta do vereador Rogério Freitas oriundos de uma empresa fantasma utilizada no esquema e R$ 10 mil na conta pessoa do vereador Folha.

Outro lado

O presidente da Câmara de Palmas disse que teve ciência das denúncias através da imprensa. Falou que desconhece e que não autorizou que fossem feitos depósitos na conta dele e garante que é inocente. A defesa dele informou que fez o pedido de liberdade.

A Prefeitura de Palmas informou que está à disposição da Justiça e da investigação para contribuir com qualquer esclarecimento. O vereador Rogério Freitas disse em entrevista à TV Anhanguera que até o momento não foi acusado de nada e é inocente. O G1 ainda não conseguiu contato com a defesa dos demais citados na reportagem.

1ª fase da operação

A primeira fase da operação foi realizada em fevereiro deste ano contra uma organização criminosa suspeita de lavagem de dinheiro. O crime era praticado por meio de entidades sem fins lucrativos e empresas fantasmas, conforme as investigações. Ao todo, 10 federações e organizações não governamentais (ONG) podem estar envolvidas, além de quatro empresas.

Na época, os policiais cumpriram 24 mandados de prisão temporária e 33 mandados de busca e apreensão em Palmas e em mais quatro cidades do Tocantins: Paraíso do Tocantins, Nova Rosalândia, Paranã e Miracema.

Mais quatro investigados por desvio de R$ 7 milhões na Prefeitura de Palmas ganham liberdade

Ao todo, 12 investigados foram liberados durante o final de semana. Além disso, três pessoas continuam foragidas, entre elas, dois vereadores da capital.

 

Funcionário público da Prefeitura de Palmas é preso suspeito de roubo a banco

Segundo a polícia, ele integrava uma quadrilha e teria participado de uma tentativa de roubo em Aparecida de Goiânia, no início deste ano. Prisão foi feita pela Delegacia de Investigações Criminais de Palmas.

Um funcionário público da Prefeitura de Palmas foi preso na manhã desta quinta-feira (19) suspeito de integrar uma quadrilha especializada em roubo a bancos. Segundo a Delegacia de Investigações Criminais de Palmas (Deic), Evandro Lanuce Tavares dos Santos estaria envolvido em uma tentativa de roubo em Aparecida de Goiânia (GO). Na época, quatro criminosos foram mortos em confronto com a polícia.

A prisão foi feita em um posto de combustíveis em Palmas, em cumprimento a um mandado da Justiça de Goiás. Tavares é assistente administrativo e trabalhava no Centro de Controle de Zoonoses de Palmas. Conforme as investigações, o suspeito participava ativamente da quadrilha.

O grupo, ainda de acordo com a Deic, tinha ramificações por vários estados, mas atuava principalmente no Tocantins, Ceará e Goiás.

“A investigação começou após uma ação frustrada em Aparecida de Goiânia pela Deic de Goiás, juntamente com a Polícia Militar. Ele participa de uma organização criminosa responsável por assaltos em vários estados e muitos dos membros são do Tocantins. Depois dessa ação malsucedida, em que os quatro membros morreram em confronto, ele foi identificado e a prisão dele foi decretada pela Justiça de Goiás. Hoje nós conseguimos localizá-lo e fazer a prisão”, explicou o delegado Leandro Risi Santos, da Deic de Palmas.

O suspeito foi levado para a sede da Deic, em Palmas. Em entrevista à reportagem da TV Anhanguera, ele negou as acusações e disse que não tem relação com nenhuma quadrilha.

Segundo o delegado Leandro Risi, ele também é investigado por crimes cometidos no Tocantins.

A Prefeitura de Palmas foi procurada pelo G1, mas ainda não se posicionou.

G1 Tocantins.

Prefeitura de Palmeirópolis inicia campanha de conscientização contra queimadas e incêndios florestais

Entra ano, sai ano e durante o inverno, as paisagens sofrem com as queimadas.

As consequências são muitas e todas elas catastróficas, prejudicando o meio ambiente, o ar que respiramos a saúde das pessoas e dos animais.

A Prefeitura de Palmeirópolis através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Saneamento, com base no valor cuidar do nosso município, lança anualmente uma campanha de conscientização sobre o combate a queimadas. Com o tema, “Palmeirópolis Sem Fogo”.

A campanha de Prevenção e Combate às Queimadas causadas pelo uso indevido do fogo, busca a educação e a conscientização da população para a necessidade de preservar o Meio Ambiente sobre as consequências do emprego do fogo.

Quais as principais consequências das queimadas?

  • Emissões de gases tóxicos que prejudicam o meio ambiente e a saúde humana
  • Problemas de saúde como infecções do sistema respiratório e desordens cardiovasculares
  • Efeitos psicológicos e custos econômicos
  • Redução da produtividade

Como evitar queimadas?

  • Não queime o lixo e faça o descarte no lugar certo
  • Não jogue cigarro próximo à vegetação
  • Não faça fogueira em áreas verdes
  • Procure outros métodos para limpeza de terreno e renovação de pastagem

Esta campanha teve início no mês de junho, na 3º Semana do Meio Ambiente, onde foram desenvolvidas nas escolas municipais e estaduais palestras, apresentações, gincanas voltadas para essa temática.

Fez parte desta campanha distribuições de folders e cartilhas nas feiras, mercados, instituições públicas e privadas para disseminar sobre a importância da prevenção e combate às queimadas e incêndios florestais.  

Acompanhe a campanha nos veículos de comunicação e compartilhe o conteúdo nas redes sociais, combata queimadas e proteja a vida.

Em caso de incêndios, ligue 3386 1813.

Seja consciente, pense em todos. Queremos Palmeirópolis fora dessa situação!

Com informações de Jéssica Cangussú/Secretária de Meio Ambiente

Prédio da Prefeitura de Palmas é evacuado após suspeita de fogo em elevador

Servidores foram orientados a pegar os pertences e foram liberados. Corpo de Bombeiros disse que houve um superaquecimento no cabo do elevador, mas não foi registrado incêndio.

O prédio da Prefeitura de Palmas, localizado na avenida JK, precisou ser evacuado na manhã desta quarta-feira (20) por causa de uma suspeita de fogo no elevador. Todos os servidores públicos tiveram que sair do local.

O Corpo de Bombeiros informou que houve um superaquecimento no cabo do elevador. No momento, os servidores sentiram forte cheiro de queimado. Alguns ficaram desesperados e, por causa da suspeita de incêndio, todos saíram do prédio.

Os Bombeiros estão no local e disseram que não chegou a ter incêndio. Os servidores foram orientados a pegar os seus pertences e foram liberados.

 G1 Tocantins.

Prefeitura de Palmeirópolis promove Semana do Meio Ambiente com programação voltada à estudantes

O Dia Mundial do Meio Ambiente é comemorado dia 5 de junho.

A Prefeitura Municipal de Palmeirópolis, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Saneamento, em parceria com a Engie Energia Brasil, promoveu várias ações em celebração à Semana do Meio Ambiente, comemorada no dia 5 de junho.

Com o tema “Conservar o Meio Ambiente é Celebrar a Vida”, cuja finalidade deste evento é movimentar a cidade acerca do tema e recomendar a comunidade sobre a necessidade da conservação e preservação ambiental.

O principal objetivo da Semana do Meio Ambiente é conscientizar a comunidade sobre a importância de preservar os recursos naturais, que até então eram considerados, por muitos, inesgotáveis.

Esta iniciativa visa refletir sobre a importância desta data, não só como ferramenta de compreensão e reflexão sobre os problemas ambientais, mas, acima de tudo, vê como conscientização de uma forma crítica comunitária em que a qualidade de vida e a harmonia entre os seres humanos e o meio ambiente, sejam sempre uma meta a ser alcançada.

A programação do evento contou com diversas ações, que teve início no dia 04 de junho com uma visita técnica a uma nascente recém recuperada na propriedade rural do empresário Uadas Xavier, com os alunos do Colégio Estadual Professora Oneides Rosa de Moura.

No dia cinco de junho terça-feira, aconteceu uma visita técnica a Usina Hidrelétrica São Salvador, juntamente com os alunos da Escola Municipal Elda Silva Barros.

Na quarta-feira seis (6), ocorreu a Gincana Ambiental com premiações na Escola Municipal Bom Tempo, uma tarde de muita diversão e aprendizado com foco em atitudes diárias ambientalmente corretas. 

No dia sete (7) foi a vez do CMEI com piquenique ecológico no Parque Natural Municipal de Palmeirópolis.

E no último dia, (8) de junho, aconteceu uma Blitz Educativa na praça central da cidade em prol da Campanha: “Palmeirópolis Sem Fogo”, com a turmas dos 5º anos da Escola Municipal Elda Silva Barros. Houve apresentações no pátio da escola de todas as turmas, como danças, recitação de poemas, músicas, com o tema voltado ao Combate e Prevenção de Queimadas e Incêndios Florestais.

Concluindo a programação, palestra sobre “Preservação da Fauna para Equilíbrio Ambiental” ministrado pelo 3º Sargento do Destacamento de Polícia Militar Ambiental de São Salvador, Judaique Aires França, onde o público alvo foi a comunidade escolar da zona rural.

Com informações da Sema Palmeirópolis/Jéssica Cangussú

 

 

Prefeitura de Palmeirópolis realiza Festa das Mães com sorteio de vários brindes

As mães foram recebidas com um abraço carinhoso da primeira dama na entrada do evento.

A Prefeitura Municipal de Palmeirópolis, através da secretaria de Assistência Social e Educação, realizou na tarde deste último sábado (12) a festa das mães, no patio do Pólo Esportivo da cidade.

Pelo sexto (6) ano consecutivo, o evento para comemorar o Dia das Mães é realizado em Palmeirópolis. As homenagens foram acompanhadas de sorteio de brindes, apresentações e muita descontração.

Segundo a primeira-dama e secretária municipal de Assistência Social, Ana Paula Vaz, as homenagens retribuem o carinho especial que as mães diariamente oferecem aos filhos. “É um prazer dividir experiências com essas mães e a cada ano o evento fica melhor. A equipe fez um brilhante trabalho e as expectativas foram superadas, mais uma vez fomos agraciadas pelos nossos patrocinadores que doaram os presentes, corremos atrás e cada ano aumenta o número de brindes”, disse emocionada.

Ana Paula comentou ainda, que todo ano ganham os móveis de montar uma casa, como fogão, geladeira, cama, armário, sofá, tv, dentre outros. As Mães presentes na festa participaram do sorteio de vários outros brindes, entre eles ventiladores, liquidificadores, sanduicheiras, batedeiras, ferro elétricos, bolsas, tanquinhos, cestas de cosméticos, cama, guarda-roupas, dentre outros.

A comemoração reuniu interação e entretenimento, marcado por uma mistura de sentimentos, como emoção, alegria, reconhecimento, além da recreação para a criançada. A contou com apresentação de, balé e danças. 

O Prefeito Fábio Vaz deu boas vindas as Mães presentes e agradeceu a esposa Ana Paula, pela garra e a todos que colaboraram para que a festa fosse realizada, destacando o empenho de toda equipe de governo.

O prefeito de Palmeirópolis Fábio Vaz e a primeira dama Ana Paula Vaz, recepcionando uma das mães.

Além do prefeito Fábio Vaz e a primeira dama do município Ana Paula, a vice Josemir Bastos, várias outras autoridades marcaram presença, destacamos entre elas os vereadores Nilson Rodrigues, vice-presidente da Câmara, Divino da Patrol, Hildene Tóquio e Jamilton Guedes, secretário de educação Bartolomeu Moura, diretoras de escolas municipais, vários secretários municipais e equipe da prefeitura.

Da redação

Com trabalho em equipe prefeitura de Palmeirópolis recolheu cerca de 24 toneladas de pneus velhos para reciclagem

Prefeitura fez convênio para retirada e reciclagem de pneus com a empresa há cerca de um ano.

A Prefeitura de Palmeirópolis, através da Secretaria de Meio Ambiente Sema, Urbanismo, Saúde e Administração em parceria com a Reciclanip, uma associação dos fabricantes de pneus do Brasil, realizaram na sexta-feira (5), o serviço de coleta de pneus inservíveis.

Além de cooperar com a limpeza, o recolhimento e destinação adequada deste material, diminui o risco de disseminação do mosquito da dengue, uma questão de saúde pública e que necessita de uma atenção especial.

O objetivo do Convênio da prefeitura com a empresa Reciclanip, é desenvolver ações conjuntas e integradas visando proteger o meio ambiente através da destinação ambientalmente adequada.

Os pneus foram levados à Brasília, onde serão triturados e posteriormente encaminhados para o destino final que é na fabricação de combustível alternativo para as indústrias de cimento, fabricação de solados de sapatos, borrachas de vedação, tubos pluviais, pisos para quadras poliesportivas, pisos industriais, além de tapetes para automóveis.

Recentemente surgiram estudos para entender a utilização dos pneus inservíveis como componentes na fabricação de manta asfáltica e asfalto-borracha, processo que tem sido acompanhado e aprovado pela indústria de pneumáticos.

A Reciclanip é considerada uma das maiores iniciativas da indústria brasileira na área de responsabilidade pós-consumo. O trabalho de coleta e destinação de pneus inservíveis realizado pela entidade é comparável aos maiores programas de reciclagem desenvolvidos no país, em especial, o de latas de alumínio e embalagens de defensivos agrícolas.

O projeto teve início em 1999, com o Programa Nacional de Coleta e Destinação de Pneus Inservíveis implantado pela Anip (Associação Nacional da Indústria de Pneumáticos), entidade que representa os fabricantes de pneus novos no Brasil.

Ao longo dos anos, o Programa foi ampliando sua atuação em todas as regiões do País, o que levou os fabricantes a criar uma entidade voltada exclusivamente para a coleta e destinação de pneus no Brasil. Assim, em 2007, surgiu a Reciclanip para consolidar o programa nacional de coleta e destinação de pneus inservíveis. As atividades atendem a resolução 416/09 do CONAMA, que regulamenta a coleta e destinação dos pneus inservíveis.

A principal vantagem do recolhimento destes pneus, além da prevenção da degradação ambiental, é evitar a criação e proliferação de mosquitos transmissores de doenças, como a dengue (Aedes Aegypti) e outras.

A Vigilância Epidemiológica de Palmeirópolis tem desempenhado uma função fundamental na prevenção e controle de doenças em saúde pública. Os agentes de endemias realizaram testes rápidos em vários pacientes, onde foram registrados apenas 5 casos positivos, sendo 3 dengues e 2 zika.

Isso demonstra que a vigilância epidemiológica de Palmeirópolis, vem desenvolvendo um serviço primordial aos meios de prevenção contra essas doenças, como orientação, tratamento dos focos e eliminação dos mesmos.

Diante desses casos, nota uma evolução grande no serviço, pois em anos anteriores, Palmeirópolis esteve quase em situação de endemia. De alguns anos para cá a redução foi grande como demonstra os dados retirados do Sinan.

A prefeitura assinou esse convênio com a Reciclanip e não paga absolutamente nada para a retirada destes pneus do município, apenas a mão de obra de recolher até o galpão.

Da redação/Com informações da SEMA

 

Prefeitura de Monte do Carmo abre concurso com salários de até R$ 6 mil

São 98 vagas em várias áreas da administração pública, inscrições terminam no dia 4 de abril. Há cargos para todos os níveis de educação.

A prefeitura de Monte do Carmo, na região central do Tocantins abriu um concurso público com salários de até R$ 6 mil.

São 98 vagas em várias áreas da administração, 38 para convocação imediata e o restante para cadastro reserva.

As inscrições vão até no dia 4 de abril e devem ser feitas no site da empresaque organiza as provas.

A taxa para varia de R$ 50 a R$ 100 de acordo com o nível do cargo. As provas estão marcadas para o dia 6 de maio, às 8h. Os melhores salários são para os cargos na área de saúde.

Os locais de prova serão divulgados pela internet. O edital ressalva que pode haver alterações nos horários de aplicação das provas, por isso é importante ficar atento ao site.

O resultado final está previsto para o dia 25 de maio. Não há previsão para quando os aprovados vão assumir os cargos.

G1 Tocantins