Adolescente de 13 anos é assassinado a tiros na porta de casa em Paraíso

Berkley Boaz Bandeira estava chegando em casa em um mototáxi quando dois homens em outra motocicleta atiraram contra ele. O jovem morreu na hora, atiradores conseguiram fugir antes da polícia chegar.

O adolescente Berkley Boaz Bandeira, de 13 anos, foi assassinado a tiros na porta de casa em Paraíso do Tocantins, na madrugada deste sábado (30). Segundo a Polícia Civil, testemunhas informaram que a vítima estava chegando em casa em um mototáxi quando tudo aconteceu. Ele teria entrado para buscar o dinheiro da corrida. Quando saiu, foi baleado por um homem que estava na garupa de outra motocicleta.

O mototáxista não ficou ferido, ele teria percebido uma movimentação estranha e se afastado. Berkley Bandeira morreu ainda no local. O corpo dele foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) da cidade.

O caso foi no setor Santa Clara, na região sul da cidade. A Polícia Militar fez buscas na região, mas nenhum suspeito foi detido. Ainda não há informações sobre o que pode ter motivado o crime.

G1 Tocantins.

Homem é executado na porta de casa com sete tiros

Segundo a Polícia Militar, vítima tinha passagens por homicídios e tráfico de drogas. Crime aconteceu em Augustinópolis, norte do Tocantins.

Claudenor Dias Santos, 29 anos, foi morto a tiros em Augustinópolis, norte do Tocantins. O crime aconteceu na noite desta quarta-feira (27) no bairro Boa Vista. Conforme a Polícia Militar, a vítima tinha passagens por crimes e foi atingida com sete disparos.

Testemunhas contaram aos policias que Santos estava ao lado da casa dele, quando dois homens chegaram em uma motocicleta e começaram atirar. Ele morreu no local após ser atingido com três tiros na cabeça e quatro no tórax.

Ainda conforme a PM, a vítima havia sido presa por homicídios e tráfico de drogas. Na casa de Santos foi encontrada uma porção de crack e munições de arma de fogo.

Os suspeitos fugiram e não foram encontrados pela polícia.

G1 Tocantins.

Homem é morto com tiro nas costas enquanto cumprimentava amigos na porta de casa

Amigos e testemunhas afirmam nas redes sociais que vítima foi morta por engano. Crime aconteceu durante a noite no Jardim Aureny II, na região sul de Palmas.

Marco Antônio Nunes Gomes, de 30 anos, foi morto com um tiro nas costas no Jardim Aureny II, na região sul de Palmas. O crime aconteceu na noite desta sexta-feira (20), enquanto a vítima cumprimentava conhecidos na porta de uma casa. Segundo a Polícia Militar, a vítima ainda foi levada para a UPA Sul, mas não resistiu ao ferimento e morreu horas de pois.

Testemunhas contaram à polícia que a Gomes estava conversando com outros homens, quando dois criminosos passaram em uma motocicleta e fizeram vários disparos em direção ao grupo. Gomes foi o único atingido.

Nas redes sociais, amigos do homem e testemunhas afirmam que ele foi morto por engano ao parar para cumprimentar alguns amigos. Porém, o caso ainda será investigado pela Polícia Civil. O velório de Gomes está sendo em uma casa no Jardim Aureny III. Até o momento, nenhum suspeito do crime foi preso.

G1 Tocantins

Técnica em radiologia é morta com cinco tiros na porta de casa no sul do Tocantins

Vítima chegou a ser socorrida pelo Samu e foi levada ao hospital, mas não resistiu. Crime aconteceu no residencial João Lisboa da Cruz.

A técnica em radiologia, Cirlene Pereira, de 29 anos, foi morta com pelo menos cinco tiros na porta de casa, no residencial João Lisboa da Cruz em Gurupi, sul do Tocantins. O crime aconteceu na noite deste domingo (4), por volta das 22h40.

Estudante de 14 anos morre atingida por raio na porta de casa no Tocantins

Cleidiane Lima Rodrigues estava na área de casa, em Araguatins, esperando a chuva passar quando o raio atingiu a fiação elétrica do local. A adolescente estava descalça e morreu na hora.

Um raio matou a estudante Cleidiane Lima Rodrigues, de 14 anos, no começo da noite desta quarta-feira (10). A adolescente estava na área de casa, no povoado Falcão, em Araguatins, quando o acidente aconteceu.

A informação de amigos da família é de que a descarga elétrica atingiu a fiação do imóvel antes de chegar em Cleidiane, que morreu na hora. Um tio dela e outro adolescente tiveram ferimentos leves.

A professora de Cleidiane, Elianes Eduardo de Souza, disse que a jovem estava prestes a começar o 7ª ano do ensino fundamental. Ela morava com os avós na casa onde o raio caiu.

De acordo com a professora, uma forte chuva atingiu a cidade no final da tarde e veio com muitos raios e relâmpagos.

O corpo de Cleidiane foi levado para o Instituto Médico Legal de Tocantinópolis e ainda não há informações sobre o enterro.

Outro caso

No dia 2 de janeiro a dona de casa Maria Edileusa Campos Ferreira, de 52 anos, também morreu ao ser atingida por um raio. O caso foi debaixo de uma árvore na zona rural de Pau D’arco, no norte do Tocantins. O acidente também deixou a filha dela de 16 anos e duas sobrinhas feridas.

A filha contou que eles perceberam o tempo fechando e se preparavam para deixar o local quando o raio caiu na árvore.

As sobrinhas, Alessandra dos Santos Silva e Renata dos Santos Silva, precisaram ficar em observação no hospital. Os ferimentos da filha, Elaine Beatriz Campos da Silva, foram mais leves.

G1 Tocantins

Lavrador é morto na porta de casa por homem que pediu ajuda na madrugada

Crime aconteceu durante a madrugada em fazenda na zona rural de Monte Santo. Suspeito do crime foi identificado e está sendo procurado pela polícia.

O lavrador Cleiton Nonato de Aguiar, de 43 anos, foi morto na madrugada deste sábado (28) em uma fazenda na zona rural de Monte Santo do Tocantins, a 89 quilômetros de Palmas. O crime aconteceu na casa da vítima, por volta das 3h, depois que o suspeito chegou no local pedindo ajuda. O homem foi morto com quatro disparos na frente da família.

De acordo com a Polícia Militar, Aguiar saiu da casa e foi questionado sobre fofocas que estaria fazendo sobre o suspeito. Após um momento de conversa, Jairon José Milhomem Medrado, de 43 anos, teria atirado quatro vezes contra o lavrador.

A vítima morreu no local. A Polícia Militar foi informada sobre o crime por volta das 5h devido problemas na rede de celular na região. O suspeito do crime está sendo procurado pelos militares.

O corpo foi levado para o IML de Paraíso do Tocantins.

G1/Tocantins