Zezé Di Camargo visita obra do Hospital do Câncer de Goiás

Nomeado embaixador do projeto, cantor desafiou Jorge e Mateus, Bruno e Marrone, Leonardo e outros artistas a fazerem doações. Unidade de saúde deve começar a funcionar este ano.

O cantor Zezé Di Camargo, da dupla com Luciano, visitou, na segunda-feira (6), o canteiro de obras do Hospital do Câncer de Goiás, localizado em Inhumas, na Região Metropolitana de Goiânia. O artista, nomeado embaixador do projeto, convocou colegas sertanejos, como Jorge, Mateus, Bruno, Marrone e Leonardo a fazerem doações. A unidade de saúde deve começar a funcionar até o fim de 2018.

“Ninguém é tão rico que não precise de ninguém, ninguém é tão pobre que não possa ajudar alguém. Acho que a minha figura vai chamar atenção das pessoas que, de repente, têm condições de ajudar. Aqui é a “Meca” da música sertaneja. Zezé Di Camargo e Luciano são daqui, Leandro e Leonardo, Christian e Ralf, Jorge e Mateus, Bruno e Marrone, tem tanto nome forte para a gente usar, então, eu não sou embaixador, a música sertaneja vai ser embaixadora”.

“Está lançado o desafio, viu? A sertanejada toda, os que vem morar aqui, fazer a carreira aqui, deixem a contribuiçãozinha aqui também”, disse Zezé.

A primeira etapa do Hospital do Câncer de Goiás foi concluída na segunda-feira. A unidade está sendo construído às margens da GO-070, a 5km do Centro de Inhumas e deve ser concluída até 2022. No entanto, segundo o idealizador do projeto, o médico Wagner Miranda, os atendimentos devem começar a ser feitos este ano, gradativamente.

Segundo ele, a princípio serão realizadas consultas e procedimentos mais simples. A previsão é que, quando concluído, sejam feitos mais de 1 mil atendimentos por dia, tudo pelo Sistema Único de Saúde.

“É por isso que ele está estratificado em oito etapas e não precisa tudo isso estar pronto para começar a atender”, explicou.

Hospital do Câncer de Goiás está sendo construído em Inhumas (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)Hospital do Câncer de Goiás está sendo construído em Inhumas (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Hospital do Câncer de Goiás está sendo construído em Inhumas (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Projeto

As obras começaram a ser executadas em abril deste ano, mas o projeto é pensado desde 2014. O custo estimado é de R$ 350 milhões. Para buscar fundos para que a unidade saísse do papel, os idealizadores fundaram uma associação e, desde então, buscam obter recursos advindos de parcerias e com o próprio poder público.

A unidade deve realizar, a partir de 2022, mais de mil atendimentos por dia, totalizando 3 mil cirurgias por mês e oferecendo à sociedade 720 leitos de internação, sendo 50 de vagas em Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

G1 Tocantins.

Conselho Municipal de Direito do Idoso de Palmeirópolis reuniu-se para tratar de assuntos relevantes a obra do salão de eventos

Os Conselheiros também falaram das doações do Imposto de Renda de pessoa física e jurídica que geram benefícios a idosos de Palmeirópolis

A Secretaria Municipal de Assistência Social reuniu-se, na última semana do mês de março, com o Conselho Municipal de Direito do Idoso (CMDI) de Palmeirópolis para realizarem uma visita in loco na obra de construção do salão de eventos, localizado no centro dos idosos.

Durante a visita, os conselheiros puderam apreciar o salão que se encontra em processo de construção. O projeto conta com banheiros adaptados, vestiários, dentre outras instalações, para atender a população da 3ª idade do município de Palmeirópolis.

A secretária frisou que o projeto de construção nasceu da necessidade de atender a demanda de idosos participantes do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos – SCFV, que vem crescendo cada dia. 

E como acontece as aulas de hidroginásticas na piscina semi-olímpica, aquecida (que também é um projeto governamental elaborado pela Secretária de Assistência Social e financiado através de Incentivo Fiscal, pela empresa Engie Brasil Energia), surgiu a necessidade de proporcionar um local adaptado para a realização das aulas de aquecimento, eventos como a dança e demais atividades que são realizadas no salão.

A secretária lembrou ainda que todas as etapas do projeto incluindo a publicação do edital, passaram pela apreciação dos conselheiros, cumprido com rigor o princípio de imparcialidade.

Vice presidente Núbia Domaszak e a presidente do Conselho Adelaide Gomes Correia.

A presidente do Conselho Adelaide Gomes Correia, disse que como usuária assídua dos serviços ofertados no Centro de Convivência do Idoso, é muito bom ver as melhorias que estão sendo feitas no local, “é muito bom ver que um dinheiro que seria pago com impostos, está sendo empregado diretamente na população de Palmeirópolis, por uma empresa que conhece a região, estou feliz em ver a cidade melhorando.

Daniella Tavares Barros

A Secretária Executiva do (CMDI), Daniella Tavares Barros, explica que a Secretaria Municipal de Assistência Social é um órgão normativo, já o Conselho tem funções deliberativas, atuando em parceria e que são inúmeras as atribuições do conselho, com destaque para a fiscalização do uso dos recursos financeiros.

A secretária Ana Paula, ressaltou a importância da junção entre prefeitura e parceiros, “só foi possível realizar o projeto com a ajuda da Empresa Engie Tractebel Energia, que mais uma vez através da Lei de Incentivo Fiscal fez a doação ao Fundo Municipal de Direitos do Idoso para financiar o projeto. Basicamente as Leis de incentivos fiscais é uma espécie de renúncia do governo para incentivar a cultura, o esporte e os projetos sociais. Com isso, por meio de dedução de impostos, pessoas e empresas tem a opção de destinar uma parte do imposto (que já teria que pagar ao Governo) para projetos culturais, esportivos e sociais à sua escolha.” explicou a secretária.

Falou ainda da importância da fiscalização do conselho. Segundo ela, todas as informações sobre a construção da obra são discutidas com os conselheiros e só depois de aprovados é dado prosseguimento no fluxograma do processo. Nosso cotidiano de gestão é muito intenso, e o Conselho deve ser um parceiro para fiscalizar e legitimar as ações. Estamos construindo uma relação humanizada, democrática e eficiente. Esta reunião foi para avaliar a primeira medição da obra através da visita “in loco” e solicitar autorização de pagamento ao CMDI, para então iniciar a segunda etapa da obra” destacou Ana Paula.

Mari Correia/Daniela Tavares

Deputado Federal Vicentinho Júnior participa da inauguração da obra do Luz para Todos em Arraias

O investimento de R$ 11,2 milhões na região atenderá 211 famílias ao longo de um traçado de 356 km de rede.
Após a vinda do ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, em março de 2017, para a assinatura do termo de compromisso para universalizar a energia elétrica no Tocantins, com o objetivo de atender mais de 6,4 mil famílias na zona rural, o Deputado Federal Vicentinho Júnior (PR/TO) participou da inauguração nesta segunda-feira, dia 2 de abril,  da primeira fase da obra do Luz para Todos que atenderá o Kalunga do Mimoso, uma comunidade quilombola localizada a 120 km do município de Arraias, região Sudeste do Tocantins. 
 
”Essa é a nossa política, política de resultado para o Tocantins. Assim como trouxemos o ministro dos Transportes, Maurício Quintella, no dia 16 de março, para inaugurar as obras da BR-242, que estavam paralisadas há mais de 10 anos, agora, após a nossa gestão há 1 ano e três meses, em que solicitamos a antecipação de recursos financeiros do Programa Luz Para Todos , no valor de R$ 104 milhões, em 2017 até Jun/2018, também voltaremos com o ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho, para entregar a eletrificação para a Região Sudeste”, comemoram o Deputado Federal Vicentinho Júnior e Senador Vicentinho Alves.
 
A inauguração foi realizada em Arraias, no Salão Paroquial da Igreja Matriz N.S.A dos Remédios, com a presença do ministro Fernando Coelho Filho, do prefeito de Arraias, Antonio Wagner Barbosa Gentil, do presidente da Energisa Tocantins, Márcio Mário Zidan e demais autoridades e lideranças políticas.
Ascom deputado Vicentinho Junior

Região Sudeste do Tocantins recebe obra do Luz para Todos

O investimento de R$ 11,2 milhões na região atenderá 211 famílias ao longo de um traçado de 356 km de rede.
 
Após a vinda do ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, em março de 2017, para a assinatura do termo de compromisso para universalizar a energia elétrica no Tocantins, com o objetivo de atender mais de 6,4 mil famílias na zona rural.
O Senador Vicentinho Alves  (PR/TO) e o Deputado Federal Vicentinho Júnior (PR/TO) tem a honra de convidar a todos (as) para a inauguração na próxima segunda-feira, dia 2 de abril, às 9 horas, da primeira fase da obra do Luz para Todos que atenderá o Kalunga do Mimoso, uma comunidade quilombola localizada a 120 km do município de Arraias, região Sudeste do Tocantins.
O investimento de R$ 11,2 milhões na região atenderá 211 famílias ao longo de um traçado de 356 km de rede.
”Essa é a nossa política, política de resultado para o Tocantins. Assim como trouxemos o ministro dos Transportes, Maurício Quintella, no dia 16 de março, para inaugurar as obras da BR-242, que estavam paralisadas há mais de 10 anos, agora, após a nossa gestão há 1 ano e três meses, em que solicitamos a antecipação de recursos financeiros do Programa Luz Para Todos , no valor de R$ 104 milhões, em 2017 até Jun/2018.
Também voltaremos com o Ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho, para entregar a eletrificação para a Região Sudeste”, comemoram o Senador Vicentinho Alves e o Deputado Federal Vicentinho Júnior.
A inauguração será realizada em Arraias, no Salão Paroquial da Igreja Matriz N.S.A dos Remédios, praça da Matriz, n. 23 – Centro.
Com a presença do Ministro Fernando Coelho Filho, do prefeito de Arraias, Antonio Wagner Barbosa Gentil, do presidente da Energisa Tocantins, Márcio Mário Zidan e demais autoridades e lideranças políticas. 
Ascom Vicentinho Alves

Jovem morre após barranco desabar sobre máquina em canteiro de obra

Acidente foi em área de extração de areia e cascalho para construções. Eduardo Machado, de 23 anos, chegou a ser levado ao hospital, mas não resistiu.

O operador de escavadeira Eduardo Machado, de 23 anos, morreu após um barranco desabar no canteiro de obra em que ele trabalhava.

A Polícia Militar disse que o acidente foi na tarde desta quinta-feira (15), em Pindorama do Tocantins, região sul do estado.

O jovem chegou a ser socorrido por colegas de trabalho e lavado ao Hospital Regional de Porto Nacional, mas não resistiu.

O teto da retroescavadeira de Eduardo conduzia foi atingido por pedras pesadas e acabou esmagando o jovem dentro da máquina.

A polícia não soube informar se ele usava os equipamentos de segurança porque quando chegou ao local o rapaz já tinha sido levado para o hospital por outros funcionários.

O canteiro de obra onde o desabamento aconteceu fica a poucos quilômetros de Pindorama, na zona rural. A área é para extração de areia, cascalhos e pedras utilizados em construções na região. O rapaz enchia uma das caçambas quando tudo aconteceu.

O corpo de Eduardo Machado foi levado para o Instituto Médico Legal de Porto Nacional.

G1 Tocantins

Graças ao trabalho do parlamentar Gaguim, obra de construção da Ponte sobre o Rio Araguaia em Xambioá vai começar

Assunto: Atuação Parlamentar Deputado Carlos Henrique Gaguim.

O Deputado Federal, Carlos Henrique Gaguim (Podemos-TO), comemora o início da Obra de construção da Ponte de Xambioá sobre Rio Araguaia, na BR-153, que acontecerá, às 9h, nesta quinta-feira, 14, próximo ao Porto da Balsa, na AV. Araguaia, em Xambioá, e contará com a presença do Presidente Michel Temer; do Ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintela; do Deputado Federal, o Ex-Governador Gaguim, além dos demais membros da Bancada tocantinense.

O deputado Federal, Carlos Gaguim explicou que: “Foi por meio de uma emenda de texto de minha autoria na Lei de Diretrizes Orçamentária – LDO que foi incluído o art. 68 da lei 13.242/15 que obriga uma obra impositiva para cada bancada estadual. Inclusive eu era o Coordenador da Bancada de Tocantins, naquela época, e, então foi que conseguimos a inclusão desta obra como OBRA IMPOSITIVA de nossa Bancada Federal”. 

Graças ao trabalho do parlamentar Gaguim, membro da Comissão Mista de Orçamento – CMO, as Bancadas Federais de todo o Brasil conseguiram incluir uma EMENDA IMPOSITIVA para a realização de obras estruturantes em seus respectivos estados. Antes dessa proposta que alterou o art. 68 na lei 13.242/15 as bancadas federais não tinham suas propostas contempladas no orçamento, já que eram, apenas, indicações orçamentárias, ou seja, NUNCA eram obrigatórias.

Entenda todo o processo

“Em 2009, quando assumi o Governo do Estado defendi junto à bancada, à época, o andamento desse projeto que estava parado, já que mesmo tendo verba indicada por meio de emenda da bancada nº 71280002, incluída na ação orçamentaria nº 26.782.1457.7L92, não andava, sempre havia uma impossibilidade técnica a ser sanada. Em 2010, como governador do estado do Tocantins, a minha luta foi a de garantir essa importante obra no Programa de Aceleração do Crescimento – PAC II – Segunda Etapa, sendo mantida como emenda de indicação de bancada no Orçamento Geral da União – OGU nos anos de 2010 e 2011″, explicou.

Em 07 de julho de 2015, Gaguim, então deputado federal, foi o parlamentar que apresentou emenda de texto nº 30680008, na Lei de Diretrizes Orçamentárias – LDO 2016, para tornar obrigatória uma proposta de emenda de cada Bancada Estadual – considerada como ação prioritária no anexo de metas e prioridade, cujo texto de sua autoria foi incluído no art. 68 da lei 13.242/15;

Em 10 de julho de 2015, Carlos Henrique Gaguim foi o deputado que apresentou junto a Comissão Mista de Orçamento – CMO, emenda de inclusão de meta nº 30680001, para a construção da Ponte sobre o Rio Araguaia em Xambioá;

Em 24 de julho de 2015, a Bancada de Tocantins, sob a Coordenação do Deputado Carlos Gaguim, optou, por priorizar a construção da Ponte de Xambioá na LDO, como obra estruturante impositiva da bancada;

Em 31 de dezembro de 2015, na seção I das programações prioritárias sujeitas ao regime que trata o art. 68 da LOA, enfim, a ponte de Xambioá é incluída no anexo VII de prioridades e metas na lei 13.242/15;

Gaguim explicou: “quando fui Governador busquei, de todas as formas, viabilizar a construção da Ponte de Xambioá, fui várias vezes para Brasília desenrolar a burocracia que prendia a liberação desses recursos. Agora, como Deputado Federal, INCLUÍMOS a construção desta ponte na LDO de 2016. Com a minha experiência de Governador, conhecedor da dificuldade de atendimento das emendas de bancada, apresentei a proposta de emenda de texto, na LDO 2016, que mudou a lei orçamentária para garantir uma obra estruturante para cada estado. Ainda tive a oportunidade de ser relator de PEC 02/2015, que vai garantir as emendas de bancada também impositivas dentro do orçamento”. Finalizou.

Câmara dos deputados/Assessoria deputado Gaguim