Secretaria Municipal de Assistência Social de Palmeirópolis promoveu ações pelo Dia Nacional do Combate à Exploração e Abuso Sexual de Crianças e Adolescentes

As atividades aconteceram nas escolas municipais com realização de diversas atividades.

A Prefeitura de Palmeirópolis, por meio da Secretaria de Assistência Social (SEMAS), realizou ações da Campanha Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

A campanha visa sensibilizar profissionais das áreas da saúde e da educação e a sociedade em geral sobre os diversos aspectos envolvidos, para que estejam alertas aos sinais que podem identificar o abuso e a violência sexual.

Alunos da escola Elda Silva Barros em Palmeirópolis.

O Dia Nacional de Combate a Exploração e Abuso Sexual de Crianças e Adolescentes é celebrado anualmente em 18 de maio. E para marcar a data, a Prefeitura Municipal de Palmeirópolis por meio da Secretária de Assistência Social (SEMAS) realizaram ações alusivas durante toda a semana nas escolas do município e finalizou com uma pedalada envolvendo os moradores da cidade.  

De acordo com dados, é assustador o número de casos de violência sexual contra crianças e adolescentes no país. Por isso, foi criada esta data com o intuito de ajudar a combater este mal que destrói a vida de milhares de jovens todos os anos.

A escolha desta data é em memória, de uma menina de oito anos que foi sequestrada, violentada e cruelmente assassinada no Espírito Santo. Seu corpo apareceu seis dias depois carbonizados e os seus agressores, jovens de classe média alta, nunca foram punidos.

A data 18 de maio de 1973 ficou instituída como o “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes” a partir da aprovação da Lei Federal nº. 9.970/2000.

Os trabalhos desenvolvidos durante toda semana em Palmeirópolis, foram marcantes para reforçar a questão de como combater e denunciar as mais diversas formas de violência contra crianças e adolescentes.

No dia 14 de maio de 2018 durante no período vespertino, a equipe do CRAS com apoio do Conselho Tutelar promoveu um cineminha na Escola Municipal Vila Bom Tempo, com o filme intitulado “O Segredo”, a animação mostrou sobre o tema proposto.

Logo após o professor de música do SCFV Osmair Silva, cantou a música tesourinho com uma aluna retratando uma conversa de pai para filha.  Esta mesma programação ocorreu no dia 15 de maio no turno matutino e vespertino no CEMEI.

No dia 16, na Escola Municipal Elda Silva Barros, a equipe do CRAS com o apoio do Conselho Tutelar realizou um teatro de forma bem dinâmica abordando o tema proposto.

No dia 18, fechou a semana com chave de ouro com uma pedalada pelas principais avenidas da cidade e contou com a participação da comunidade, crianças, adolescentes, bem como vereadores, secretaria municipal de Assistência Social, Educação, Conselho Tutelar, assim como a viatura da Policia Militar e ambulância que deu o suporte necessário. 

A secretária de Assistência Social Ana Paula Vaz, fez a entrega da bicicleta através do sorteio no final da pedalada.

No dia 24 de maio será realizado uma palestra com uma autoridade da justiça para abordar sobre o tema na Escola Estadual Prof. Maria Guedes.

Com informações da Semas

Conselho Municipal de Direito do Idoso de Palmeirópolis reuniu-se para tratar de assuntos relevantes a obra do salão de eventos

Os Conselheiros também falaram das doações do Imposto de Renda de pessoa física e jurídica que geram benefícios a idosos de Palmeirópolis

A Secretaria Municipal de Assistência Social reuniu-se, na última semana do mês de março, com o Conselho Municipal de Direito do Idoso (CMDI) de Palmeirópolis para realizarem uma visita in loco na obra de construção do salão de eventos, localizado no centro dos idosos.

Durante a visita, os conselheiros puderam apreciar o salão que se encontra em processo de construção. O projeto conta com banheiros adaptados, vestiários, dentre outras instalações, para atender a população da 3ª idade do município de Palmeirópolis.

A secretária frisou que o projeto de construção nasceu da necessidade de atender a demanda de idosos participantes do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos – SCFV, que vem crescendo cada dia. 

E como acontece as aulas de hidroginásticas na piscina semi-olímpica, aquecida (que também é um projeto governamental elaborado pela Secretária de Assistência Social e financiado através de Incentivo Fiscal, pela empresa Engie Brasil Energia), surgiu a necessidade de proporcionar um local adaptado para a realização das aulas de aquecimento, eventos como a dança e demais atividades que são realizadas no salão.

A secretária lembrou ainda que todas as etapas do projeto incluindo a publicação do edital, passaram pela apreciação dos conselheiros, cumprido com rigor o princípio de imparcialidade.

Vice presidente Núbia Domaszak e a presidente do Conselho Adelaide Gomes Correia.

A presidente do Conselho Adelaide Gomes Correia, disse que como usuária assídua dos serviços ofertados no Centro de Convivência do Idoso, é muito bom ver as melhorias que estão sendo feitas no local, “é muito bom ver que um dinheiro que seria pago com impostos, está sendo empregado diretamente na população de Palmeirópolis, por uma empresa que conhece a região, estou feliz em ver a cidade melhorando.

Daniella Tavares Barros

A Secretária Executiva do (CMDI), Daniella Tavares Barros, explica que a Secretaria Municipal de Assistência Social é um órgão normativo, já o Conselho tem funções deliberativas, atuando em parceria e que são inúmeras as atribuições do conselho, com destaque para a fiscalização do uso dos recursos financeiros.

A secretária Ana Paula, ressaltou a importância da junção entre prefeitura e parceiros, “só foi possível realizar o projeto com a ajuda da Empresa Engie Tractebel Energia, que mais uma vez através da Lei de Incentivo Fiscal fez a doação ao Fundo Municipal de Direitos do Idoso para financiar o projeto. Basicamente as Leis de incentivos fiscais é uma espécie de renúncia do governo para incentivar a cultura, o esporte e os projetos sociais. Com isso, por meio de dedução de impostos, pessoas e empresas tem a opção de destinar uma parte do imposto (que já teria que pagar ao Governo) para projetos culturais, esportivos e sociais à sua escolha.” explicou a secretária.

Falou ainda da importância da fiscalização do conselho. Segundo ela, todas as informações sobre a construção da obra são discutidas com os conselheiros e só depois de aprovados é dado prosseguimento no fluxograma do processo. Nosso cotidiano de gestão é muito intenso, e o Conselho deve ser um parceiro para fiscalizar e legitimar as ações. Estamos construindo uma relação humanizada, democrática e eficiente. Esta reunião foi para avaliar a primeira medição da obra através da visita “in loco” e solicitar autorização de pagamento ao CMDI, para então iniciar a segunda etapa da obra” destacou Ana Paula.

Mari Correia/Daniela Tavares

Carlesse participa de sessão na Câmara Municipal de Paraíso do Tocantins

Em discurso, Carlesse defendeu união para apoiar os municípios.
O presidente da Assembleia Legislativa do Tocantins, deputado Mauro Carlesse (PHS), participou nesta terça-feira, dia 6, da primeira sessão ordinária da Câmara Municipal de Paraíso.
Na ocasião, recebeu vários ofícios dos vereadores que solicitam melhorias para o município, como merenda escolar nas escolas estaduais e apoio para solucionar o problema de alagamentos no Setor Milena, região norte da cidade.

Presidente da Casa, o professor Deley Oliveira (PSC) requereu ao presidente da Assembleia apoio para que o valor da merenda escolar na rede estadual seja equiparado ao federal. Segundo ele, o Estado investe R$ 0,10 centavos por aluno.

No documento, requer que esse valor seja de R$ 0,34 centavos. “É impossível se alimentar com o mínimo de dignidade uma pessoa, investindo dez centavos por aluno ao dia”, reclamou.

Em discurso, Carlesse defendeu união para apoiar os municípios e colocou o Parlamento à disposição dos paraisenses.

O parlamentar lembrou que emendas de sua autoria direcionaram dois ônibus a cada município e oito perfuratrizes para atender às cidades com problemas de abastecimento de água na época da estiagem, além de oito mamógrafos.

“Estamos colocando a Casa próxima aos municípios e implantando o municipalismo para que possamos ter uma única voz, que significará a voz do povo, do Governo, dos vereadores e da população. Só assim vamos diminuir os intermediários”, disse Carlesse.

Empresários

Carlesse também concedeu entrevistas a duas rádios locais, visitou o Setor Milena, almoçou com vereadores e foi recebido pelo prefeito Moisés Avelino (PMDB). Reuniu-se com produtores rurais e com empresários na sede do sindicato rural e na Associação Comercial e Industrial de Paraíso (Acip).

Rubens Gonçalves
Foto: Silvio Santos

Área de anexos

Prefeitura de Palmeirópolis anuncia reforma do Hospital Municipal

Mais uma grande notícia para os cidadãos de Palmeirópolis.

O prefeito Fábio Vaz anunciou na tarde desta sexta-feira (2), que o Hospital Municipal Francisco Macedo (HMFM), será totalmente reformado e equipado.

Segundo o prefeito, a obra já começou e a previsão é que seja concluída em seis (6) meses. Esta é a primeira vez que o hospital receberá uma reforma nesta proporção.

No segundo ano de trabalho, o prefeito e sua equipe fizeram levantamentos e trabalharam no projeto de um prédio moderno e dentro das normas legais.

A obra prevê a troca de piso, troca da fiação e das janelas, de toda cobertura, forro, pintura e troca de revestimentos, dentro das normas de especificação de unidades de saúde, troca do telhado, além da revisão do sistema de esgotamento, as luminárias também serão trocadas, tudo nos padrões sanitário da vigilância sanitárias.

Segundo o prefeito, a obra é uma reivindicação importante da comunidade. “A ideia é implantar melhorias nos diversos setores do hospital, visando assegurar o atendimento adequado a todas as pessoas que buscam solução para os seus problemas de saúde. O espaço do hospital será reformado, todo climatizado, leito computadorizado, televisores, com ambiente onde o paciente possa ser bem atendido e se trate com dignidade”, afirma.

Também serão reformadas lavanderia, cozinha, administração, espaço de repouso para médico e técnicos, banheiros, recepção sala de esterilização e almoxarifado.

O prefeito explicou que começou as obras no posto da Vila Bom Tempo, depois construiu mais duas UBS, transformando em um mega espaço para atendimento à saúde, todos com médico e dentista, faltava reformar o hospital. 

O secretário de saúde do município Nélio Oliveira, também está dando total apoio a reforma, acreditando que os trabalhos vão melhorar muito para equipe e as pessoas que necessitam usar o hospital e 

Toda esta obra do hospital e os equipamentos hospitalares, cerca de (um milhão e trezentos mil), para aparelho de ultrassonografia, raio x, dentre outros, tem o apoio da Câmara Municipal em parceria com seus representantes como: Senador Ataídes, Vicentinho Alves, Donizete e Katia Abreu, deputado federal Vicentinho Junior, Irajá, Gaguim e deputada estadual Josy Nunes.


Da redação

Prefeitura de Palmeirópolis realizou a II Conferência Municipal de Educação

A conferência foi organizada pela Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Educação.

A Prefeitura de Palmeirópolis, por meio da Secretaria de Educação, Cultura, Juventude, Esporte e Lazer, realizou na manhã de segunda-feira (18/12), a II Conferência Municipal de Educação, coordenada pelo Fórum Municipal de Educação.O Secretário Municipal de Educação e Presidente da UNDIME-TO, Bartolomeu Moura Junior, ao cumprimentar o público presente, ressaltou que ele enquanto secretário apenas conduz a pasta, mas quem realmente faz toda a diferença e as ações acontecerem é sua equipe.  O secretário lembrou que o Plano Municipal de Educação foi aprovado em 2015, vigência até 2025, com metas e estratégias a serem cumpridas.

 “A II Conferência Municipal tem como objetivo: monitorar, acompanhar e avaliar o (PME) Plano Municipal de Educação, estamos aqui hoje, 2 (dois) anos após a aprovação do plano para verificarmos o cumprimento de metas e estratégias estabelecidas lá em 2015”.

O secretário ressaltou que no plano há 14 metas e 148 estratégias, algumas com vigência para 2025 que já estão sendo cumpridas, entre elas: a universalização da educação infantil na pré-escola para crianças de 4 a 5 anos de idade; ampliação da oferta da educação infantil em creche de forma a atender no mínimo 50% das crianças com até 3 anos de idade; alfabetizar todas as crianças no máximo até o final do 3º ano; ofertar educação de tempo integral em no mínimo 50% das escolas municipais.

“O Prefeito Fábio Vaz sempre presente, dá todo suporte para que as metas e estratégias sejam realizadas”, informou o secretário.

O evento foi muito produtivo e aconteceu no Palácio Legislativo, José de Ribamar da Rocha Coelho e contou com a presença de professores, diretores, secretários, vice-prefeita Josemir Bastos, vereadores, representatividade do Conselho do FUNDEB, Conselho municipal de educação, Conselho de alimentação escolar, Conselho tutelar e membros da sociedade civil.

Mari Correia

 

Câmara Municipal de Montividiu do Norte Goiás, entregou certificado de Honra ao Mérito à quatro pessoas

O Poder Legislativo e a sociedade sentem-se orgulhosos em homenagear estas pessoas que muito fez pelo município durante toda sua trajetória.

A sessão solene aconteceu na manhã desta sexta-feira (08), no plenário da Câmara Municipal Thalmires Carneiro Cardoso no Centro da cidade.

Com o recinto lotado, a Câmara Municipal de Montividiu entregou quatro (4) diplomas de Honra ao Mérito, para personalidades que vêm contribuindo para o desenvolvimento socioeconômico do município.

Geraldo Leite Pimentel, prefeita Cirinha da Farmácia, deputado Júlio da Retífica e Luiz Raimundo de Souza.

 

Nesse sentido, foram homenageados: Geraldo Leite Pimentel (Geraldo Furtado), Luiz Raimundo de Souza, a prefeita Jacira Martins Fernandes Paiva (Cirinha da farmácia) e o deputado Júlio Sergio de Melo (Júlio da Retífica).

O presidente da Câmara Neurivan Barbosa do Vale (Dêga), disse que o projeto partiu em comum acordo com os colegas ao decidir homenagear os convidados.

Como é seu último mês como presidente, quer deixar a Casa organizada e com todas as contas pagas. Agradeceu todos seus colegas vereadores e os convidados confiante de dever cumprido.

O presidente da Câmara Neurivan Barbosa (Dêga), ao lado da prefeita Cirinha.

Na ocasião, o presidente do Legislativo Dêga, afirmou que foi um ano de muita luta, trabalho, conquistas, debates, reuniões e audiências, em que buscou o melhor para a comunidade de Montivididu. “Encerramos o nosso mandato com um balanço altamente positivo. Os números falam por sí só, foi um ano muito produtivo, baseado no volume de projetos indicados e votados e no número de proposituras dos vereadores, uma pena que a verba foi pouca para ter feito um trabalho melhor”, concluiu.

Prefeita homenageda Cirinha da Farmácia, vice-prefeito Vanderlei da Nogueira e vereador Dêga

Um dos homenageados com o diploma de Honra ao Mérito, foi o deputado Júlio da Retifica, por ser o representante da região norte na Assembléia Legislativa, e sempre lembrar de Montividiu. Recebeu o apelido de “Leão do Norte”, pelos moradores, por cuidar desta região. “É com muita satisfação que recebo na Câmara Municipal de Montividiu do Norte uma homenagem de Honra ao Mérito, uma das mais alta condecoração oferecida pelo Legislativo Municipal, como forma de reconhecer pessoas e entidades que contribuem com o avanço da sociedade e a melhoria das condições de vida da população deste município”, pontuou.

Prefeita Cirinha e o deputado Júlio da Retífica Bandeirantes.

A entrega do título foi feita pelo vereador José Antônio dos Santos(PSDB), durante sessão presidida pelo presidente da câmara, Neurivan Barbosa do Vale ( PPS) e no plenário, estavam amigos e autoridades como a prefeita Cirinha da farmácia (PTB), vereadores, e demais lideranças da região.

Continuou o deputado: “Quero agradecer a todos que colaboraram com nosso mandato, sem o companheirismo e dedicação de todos em especial a prefeita Cirinha que sempre vai em busca de recursos para o município, parte de nossas conquistas não seriam possíveis. É preciso batalhar a cada dia para garantir à população mais segurança, educação e serviços de saúde com qualidade, pois, o papel do político é atuar em defesa de todos”, disse Júlio da Retífica em seu discurso.

Deputado Júlio recebendo os parabéns da prefeita Cirinha.

A prefeita Cirinha da Farmácia, como é conhecida, é filha de Montividiu do Norte, pois sempre morou no local com seus pais e constituiu sua família.

Ao lado do seu esposo, tem uma história de uma cidadã que sempre colocou à disposição de servir ao próximo.

Ela foi homenageada, por ser a primeira mulher a ter o cargo como prefeita no município. “Me sinto muito feliz e honrada por estar recebendo este Diploma de Honra ao mérito, confesso que não esperava. Graças a Deus estamos indo bem na nossa administração, mesmo com muitas dívidas e dificuldades, conseguimos fazer um poço artesiano no Assentamento Santa Júlia, com dinheiro próprio, lá não tinha água e precisávamos atender aquela comunidade. Enfim, fizemos várias outras obras, e vamos fechar o ano com a folha de pagamento em dia”, finalizou.

 

Os outros homenageados também expressaram a alegria de serem lembrados pela Câmara de Montividiu e agradeceram seus familiares.

Além dos homenageados e suas famílias, estiveram presentes no evento os vereadores da Casa, o vice-prefeito Vanderlei da Nogueira, o vereador de Palmeiropolis Fábio Gonçalves, a comunidade e autoridades civis e eclesiásticas.

Os pais e a filha da  prefeita Cirinha, Jacilene Martins, dona Antônoia Martins Fenandes e seu Jaci Fernandes.

O presidente encerrou o evento e em seguida ofereceu um delicioso café da manhã.

VEJA MAIS FOTOS

Da redação

Professores da rede municipal decidem suspender greve após 22 dias

Maioria dos profissionais votou pela suspensão do movimento, todos devem voltar às escolas na quinta-feira (28). Greve foi marcada por impasse entre os professores e a prefeitura.

Os professores de rede municipal de Palmas decidiram suspender a greve da educação por tempo indeterminado. A decisão foi tomada em uma assembleia na noite desta terça-feira (26). A paralisação durou 22 dias e foi marcada pela falta de diálogo entre a prefeitura e os grevistas. Os educadores devem voltar aos postos de trabalho na próxima quinta-feira (28).

A Câmara de Vereadores da capital deve ser desocupada após os professores passarem 14 dias acampados no local. Uma greve de fome de alguns servidores também deve ser encerrada. A medida só foi tomada após a prefeitura chamar professores contratados para cobrir os grevistas e ameaçar cortar da folha de pagamentos os dias faltados. A Justiça havia decidido que a paralisação era abusiva.

Os grevistas dizem que o movimento está apenas suspenso e que se não houve uma negociação a greve pode ser retomada.

Entenda

A greve da educação começou no dia 5 de setembro e afetou o funcionamento de algumas escolas na cidade. Os números do Sindicato e da Prefeitura sobre à adesão ao movimento a as escolas paralisadas eram bem diferentes.

Durante a greve, o sindicato da categoria insistia que 50 das 72 unidades da rede municipal estavam sem aulas e 22 funcionando de forma parcial. A Secretaria Municipal de Educação, porém, contestou esse número e disse que apenas duas escolas ficaram totalmente paradas.

Os professores reivindicavam o cumprimento da data-base, retroativos, progressões, titularidades e Plano de Cargo, Carreira e Remuneração em dia.

G1/Tocantins

Professores da rede municipal de Palmas entram em greve

Profissionais reivindicam o cumprimento da data-base, retroativos, progressões e titularidades. Segundo sindicato, greve é por tempo indeterminado.

Os professores da rede municipal de Palmas entraram em greve nesta terça-feira (5). Segundo o Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Tocantins (Sintet), a greve é por tempo indeterminado. Os profissionais reivindicam o cumprimento da data-base, retroativos, progressões, titularidades e Plano de Cargo, Carreira e Remuneração em dia.

A informação inicial é que os professores de algumas escolas aderiram. São elas: a Escola Municipal Daniel Batista, localizada na quadra 508 Norte; a Escola Padre Josimo, na quadra 301 Norte; a Escola de Tempo Integral Cora Coralina, na quadra 603 Norte e a Escola Anne Frank, na quadra 110 Norte.

A diretora da Escola Padre Josimo disse que 80% dos professores aderiram à greve, mas que mesmo assim os alunos terão aula nesta terça-feira. A diretora não explicou como isso deve acontecer.

O sindicato informou que uma proposta da gestão municipal foi enviada para a categoria, mas ela não atendia às reivindicações dos profissionais da educação.

“Estamos lutando por nossos direitos há mais de dois anos, e a partir do momento em que o prefeito não apresenta nenhuma proposta concreta para atender às reivindicações, não temos outra saída a não ser a greve”, disse o presidente do Sintet, Fernando Pereira.

G1/TO

Grupo explode caixa eletrônico dentro da Câmara Municipal

Foto mostra estragos no prédio logo após o crime. Crime aconteceu menos de um mês depois da explosão de uma casa para facilitar a fuga no presídio.

Criminosos explodiram um caixa eletrônico que fica dentro da Câmara Municipal de Guapó, na Região Metropolitana de Goiânia. O grupo disparou vários tiros contra muros do comércio da região e fugiu com o cofre do equipamento. Um vídeo mostra a destruição na recepção do prédio logo após a explosão.

Um morador que não quis se identificar afirmou em entrevista à TV Anhanguera que o barulho foi maior do que o da explosão do muro do presídio, que assustou a população há menos de um mês.

“Foi mais forte que a explosão do presídio, porque eu cheguei a achar que, não sei não, não entendo muito de bomba, mas o ‘trem’, foi tenso. Saíram atirando, subiram a rua atirando. Aí na hora que eu vi a picape subindo, eu me escondi atrás do muro e deixei eles passarem”, contou.

A explosão aconteceu nesta madrugada, no mesmo prédio onde funciona a prefeitura, no Centro de Guapó. A recepção da instituição ficou destruída, cheia de vidros quebrados e pedaços da porta. Alguns dos moradores afirmam que viram, das janelas de suas casas, os suspeitos se aproximarem em dois carros, um prata e outro branco.

A área foi isolada pela Polícia Militar, para que a Polícia Federal possa fazer uma perícia. Com a explosão, o fornecimento de energia do prédio foi interrompido.

O G1 entrou em contato, por email, com a Caixa Econômica Federal e com a Câmara Municipal de Guapó, e aguarda o posicionamento das instituições sobre o ocorrido. 

Explosão de Presídio

Um grupo armado explodiu, no último dia 30, os fundos do Presídio de Guapó. Os explosivos foram colocados em uma casa vizinha à cadeia. A moradora do local, a dona de casa Taynna Karita Silva Barros, de 20 anos, foi feita refém e, em seguida, os criminosos detonaram os explosivos para facilitar a fuga dos presos.

A jovem ficou ferida e foi levada para o Hospital de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol), onde ficou internada por três dias.

Horas após a explosão, três homens foram presos suspeitos de cometer o crime: Lucas Coelho Costa, de 19 anos, João Wellington Lira do Nascimento, de 19, e Higor Lemes da Silva, de 20. A Polícia Civil constatou que quatro presos encomendaram o crime. Eles pagariam R$ 15 mil aos três responsáveis pela explosão, além de dar mais R$ 20 mil para a compra dos explosivos.

De acordo com a investigação, a Polícia Civil apurou que os presos e os suspeitos pela explosão do presídio criaram um grupo em um aplicativo de celular para planejar a fuga. Toda a negociação durou cerca de três semanas.

A assessoria de imprensa da Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária (SSPAP) informou por meio de nota que “está tomando providências para evitar a reincidência” do uso de celulares no presídio. Ainda conforme o texto, o órgão “vai reforçar a segurança nos presídios com a posse dos novos agentes de segurança penitenciária que se formam nesta sexta-feira (09)”.

G1/Go