Fio de alta tensão cai em pasto e mata 15 vacas em fazenda de Goiás

Animais estavam avaliados em cerca de R$ 70 mil. Com acidente, produtor relata que produção de leite, queijos e doces caiu, causando prejuízo.

Um fio de alta tensão caiu em um pasto e matou 15 vacas em uma fazenda no Novo Gama, Entorno do Distrito Federal. Os animais estavam todos juntos próximo ao poste na madrugada de segunda-feira (8). Gado estava avaliado em cerca de R$ 70 mil.

O pecuarista Paulo Roberto Lima criava os animais há 12 anos e tirava o sustento da produção de leite. “Eu cheguei ontem por volta de umas 4h, quando a gente vem para tirar o leite, e quando cheguei vi as vacas. Pensei que elas estavam só deitadas. Depois vi o fio de alta tensão, umas queimando e outras se debatendo”, contou.

Após o acidente, restaram apenas seis animais na propriedade. Com isso, a produção que era de 350 litros por dia caiu apenas para 100 litros. Com isso, o prejuízo diário com a queda na produção deve passar de R$ 400.

Paulo contou que já registrou uma ocorrência para tentar reaver o prejuízo. “Agora eu vou correr atrás dos meus direitos. Do jeito que está eu não posso ficar”, contou.

Em nota à TV Anhanguera, a Celg informou que vai apurar o caso.

G1 Goiás

Tempestade de raios mata 80 cabeças de gado em fazenda no Tocantins

Gado deve ser enterrado em valas na própria fazenda, em Talismã, sul do estado. Outros 24 animais morreram após serem atingidos por descargas em fazendas na região sul e sudeste do estado.

Chuvas com raios seguem causando a morte de gado em fazendas do Tocantins. Desta vez, conforme a Defesa Civil, 80 animais morreram após uma descarga atmosférica atingir a fazenda Santo Antônio, na zona rural de Talismã, na noite deste domingo (7) durante uma tempestade.

Em cerca de 10 dias, outros 24 animais foram eletrocutados em propriedades rurais da região sul do estado.

A fazenda onde os 80 animais morreram fica a cerca de 20 km de Talismã. Segundo a Defesa Civil, a propriedade rural atingida está em uma das regiões mais altas do município. Um vídeo feito por um funcionário da fazenda mostra os animais espalhados pelo pasto. 

Como a carne do gado é imprópria para consumo, uma vala deve ser aberta por uma retroescavadeira para que os animais sejam enterrados. A Defesa Civil da cidade informou ainda que foram registrados apenas sete milímetros de precipitação, porém, houve grande quantidade de raios.

Outros 24 animais morreram em fazendas do sul e sudeste do estado desde o início do ano. Um levantamento feito pela TV Anhanguera, apontou que quatro animais morreram em Gurupi, sete em Talismã e 13 em Pindorama.

G1 Tocantins

Raio mata mãe e deixa filha e duas sobrinhas feridas no interior do Tocantins

Acidente aconteceu enquanto família estava embaixo de árvore em chácara na zona rural de Pau D’arco. Filha disse que ficou com a perna paralisada e não conseguiu socorrer a mãe.

Um raio matou a dona de casa Maria Edileusa Campos Ferreira, de 52 anos e deixou a filha dela de 16 anos e duas sobrinhas feridas no interior do Tocantins.

O acidente aconteceu enquanto a família se abrigava debaixo de uma árvore na tarde desta terça-feira (2). A filha contou que eles perceberam o tempo fechando e se preparavam para deixar o local quando o raio caiu na árvore.

As sobrinhas, Alessandra dos Santos Silva e Renata dos Santos Silva, precisaram ficar em observação no hospital. Os ferimentos da filha, Elaine Beatriz Campos da Silva, foram mais leves e ela já foi liberada. 

Elaine disse que ficou com a perna paralisada no momento em que o raio caiu e que por isso não conseguiu ver se a mãe estava bem. Ela gritou por socorro e outros parentes vieram ajudar.

Ainda de acordo com Elaine, momentos antes de o raio cair havia mais gente sob a árvore, inclusive quatro crianças. O corpo de Maria Edileusa foi levado para o Instituto Médico Legal de Araguaína, no norte do Tocantins. Ainda não há informações sobre o velório.

A família mora em Bandeirante do Tocantins e foi passar as festas de fim de ano com o pai de Maria Edileusa, no interior do estado.

Outro caso

Outro acidente envolvendo raios matou sete vacas em Talismã, na região sul do Tocantins. O caso aconteceu durante uma chuva na tarde desta segunda-feira (1°).A Defesa Civil orientou a população a tomar alguns cuidados durante a chuva, como evitar ficar em áreas abertas, debaixo de árvores ou de fios de rede elétrica. 

G1 Tocantins

Ex-marido assassina mulher e homem dentro de carro e depois se mata no Tocantins

Crime aconteceu em Miracema do Tocantins. Polícia Civil informou que Gilmara Barbosa tinha uma medida protetiva contra o ex-marido.

Ao fazer manobra de ré, caminhoneiro prensa os dois filhos contra outro caminhão e mata um em Goiás

Menina de 9 anos não resistiu aos ferimentos, já o irmão, de 10, foi levado a hospital. Segundo a Polícia Civil, pai está desolado.

Um motorista de 48 anos foi manobrar o caminhão e acabou prensando os dois filhos, que estavam na carroceria, contra outro veículo, no pátio de uma transportadora, em Goiânia, nesta sexta-feira (24). A menina de 9 anos morreu no local. Já o menino, de 10, foi socorrido.

Uma equipe da Delegacia Estadual de Investigações de Crimes de Trânsito (Dict) se deslocou para o local do acidente. Para os policiais, o pai contou que pediu que as crianças descessem do veículo antes de iniciar a manobra de ré. Ele achou que elas tivessem descido, mas continuaram sentadas na carroceria.

O motorista desceu desesperado do caminhão. Os policias contaram que o pai está desolado. Quando a mãe chegou à transportadora, ela passou mal, mas ficou com o marido no local.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) prestou os primeiros socorros e encaminhou o menino ao Hospital de Urgências Governador Otávio Lage (Hugol). Segundo boletim médico divulgado às 14h, o estado do garoto é grave. Ele está consciente e respirando espontaneamente

Investigação

A Dict informou que abrirá um inquérito sobre o acidente. Por isso, os policiais coletaram provas, as imagens da câmera de segurança e vão ouvir testemunhas.

Titular da Dict, a delegada Nilda Andrade explicou que o pai pode ser indiciado. “Ele responde normalmente. No final do processo, poderá ser concedido a ele o perdão judicial”, explicou.

G1/Goiás

Raio atinge fazenda e mata mais de dez vacas durante temporal no Sul do Tocantins

Os 12 animais mortos foram enterrados em um local próximo da propriedade rural, em Talismã, sul do estado. Uma casa também foi atingida pelo raio.

Um raio atingiu uma fazenda em Talismã, no sul do Tocantins, durante um forte temporal e deixou 12 animais mortos. Segundo a Defesa Civil da cidade, no momento da chuva também houve vento forte e queda de energia elétrica. Ninguém ficou ferido.

O temporal foi registrado na noite da última terça-feira (21), mas os animais mortos só foram enterrados na manhã dessa quarta-feira (22). Além do rebanho de gado, uma casa também foi atingida por um raio. Uma moradora chegou a cair, mas foi socorrida e passa bem.

A Defesa Civil disse ainda que na mesma época de 2016 houve diversos casos semelhantes e é necessário tomar alguns cuidados, como “evitar ficar em áreas abertas, debaixo de árvores ou de fios de rede elétrica”, informou.

Segundo a Secretaria de Agricultura da cidade, o gado morto foi enterrado em um local próximo a propriedade.

G1/Tocantins

Jovem entra em escola e mata adolescente em Goiás

Segundo a Polícia Civil, autor tem 19 anos e vítima, 16; investigadora disse que ele cometeu crime por sentir ‘ódio’ da menor.

A estudante Raphaela Novince, de 16 anos, foi morta a tiros, na manhã desta segunda-feira (6), dentro de uma escola em Alexânia, no Entorno do Distrito Federal. Segundo a delegada Rafaela Wiezel, o suspeito é Misael Pereira Olair, de 19 anos, que foi preso logo após o crime. A investigadora disse que ele afirmou que “sentia ódio” da vítima e que, por isso, resolveu comprar uma arma, e matá-la.

Conforme disse a delegada, Misael é um ex-aluno do Colégio Estadual 13 de Maio, em Alexânia, local onde o fato ocorreu. A investigadora acredita que o crime tenha sido passional.

“Ele alega que é conhecido ‘de longa data’ da vítima, e que sentia muito ódio da menina. A partir do depoimento dele entendemos que ele tentou namorar com ela, mas foi rejeitado. Por conta disto resolveu comprar uma arma, adentrar na escola onde ela estava e ceifar a vida dela”, disse.

O caso ocorreu no início desta manhã no Colégio Estadual 13 de Maio, em Alexânia. De acordo com a delegada, Misael entrou na escola, invadiu a primeira sala de aula do corredor, mas não encontrou Raphaela. Em seguida ele entrou na segunda sala, foi direto ao local onde a adolescente estava e disparou vários tiros contra ela, que morreu no local.

G1 entrou em contato às 9h40, por telefone e email, com a assessoria de comunicação da Secretaria Estadual de Educação, Cultura e Esporte (Seduce) e aguarda um posicionamento do órgão sobre o caso.

“Ele nos disse que foram 11 disparos, todos eles no rosto da menina. Tudo isso reforça o indício de crime passional, ele tinha estudado na escola no ano passado e tinha guardado este sentimento de “ódio”. Nós já ouvimos o depoimento dele, agora vamos seguir os procedimentos”, afirmou a delegada.

A investigadora disse que o suspeito tentou fugir logo após o crime, mas foi preso minutos depois pela Polícia Militar. Segundo a Polícia Civil, o jovem vai ser autuado em flagrante por homicídio qualificado e deve ser encaminhado ao presídio, onde ficará à disposição do Poder Judiciário.

G1/Goiás

Carro capota, pega fogo e mata ocupante carbonizado

Outra pessoa que estava no veículo foi socorrida e levada para Cais; Vítimas ainda não foram identificadas.

Uma pessoa ainda não identificada morreu, nesta sexta-feira (1°), após o carro em que ela estava capotar e pegar fogo, em Aparecida De Goiânia, na Região Metropolitana de Goiânia. Segundo apurou a TV Anhanguera, um segundo ocupante do veículo ficou ferido, foi socorrido e levado para o Cais Chácara do Governador, mas ainda não se sabe o estado de saúde dele.

G1 entrou em contato com a unidade de saúde, mas as ligações não foram atendidas até a publicação desta reportagem.

O acidente aconteceu por volta das 4h desta sexta-feira, na Avenida Primária 8, no Distrito Agroindustrial de Aparecida de Goiânia, próximo ao Complexo Prisional. Marcas de freada e pedaços do carro ficaram espalhados pela pista, que foi parcialmente interditada pela Polícia Militar.

Equipes da PM e do Corpo de Bombeiros aguardam a chegada da Polícia Técnico-Científica para realização da perícia e para que o Instituto Médico Legal faça a remoção do corpo e inicie o processo de identificação da vítima.

A pista é uma das principais vias do distrito, é bem sinalizada e está com o asfalto em boas condições.

O caso será investigado pela Polícia Civil.

G1/GO

Acidente mata quatro pessoas e deixa outras duas feridas na GO-162

Segundo Corpo de Bombeiros, dois carros bateram de frente. Feridos foram levados ao Hospital Regional de São Luiz dos Montes Belos.

Quatro pessoas morreram e outras duas ficaram feridas após os dois carros em que elas estavam baterem de frente, no domingo (25), em Turvânia, na região central de Goiás. De acordo com o Corpo de Bombeiros, os feridos foram levados para o Hospital Regional de São Luiz dos Montes Belos, mas não há informação sobre o estado de saúde deles.

De acordo com o tenente Leandro Alfredo Garcia, do Corpo de Bombeiros, não é possível determinar quem invadiu a pista. “Isso será definido por investigação da polícia. Com a força da colisão, foi preciso usar equipamentos para cortar a lataria de um dos carros para retirar os corpos das vítimas”, disse.

O acidente aconteceu por volta das 11h20 de domingo no trecho da GO-162 entre Turvânia e Palminópolis. Um Ford Escort com placa de Trindade, com dois ocupantes, e um VW Jetta com identificação de Goiânia, com quatro pessoas, seguiam pela rodovia bateram um contra o outro.

Com o impacto, os dois ocupantes do Escort, além do motorista e um dos passageiros do Jetta morreram na hora. Os outros dois sobreviventes foram socorridos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Saúde (Samu).

O G1 tentou contato com o Hospital Regional de São Luiz dos Montes Belos, mas as ligações não foram atendidas até a publicação desta reportagem.

Os corpos das vítimas fatais foram recolhidos e encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) de Goiânia.

Bombeiros tiveram que fazer desencarceramento para retirar vítimas do veículo, em Goiás (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)
Bombeiros tiveram que fazer desencarceramento para retirar vítimas do veículo, em Goiás (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

G1/GO

Músico integrante do reality show “Troca de Família” mata mãe e irmã

Jacob segue em condições críticas; a polícia não divulgou informações sobre motivo do crime.

Um integrante de uma família em Ohio (EUA), suspeito de matar a mãe e o irmão, deu um tiro na própria cabeça e está internado em estado crítico desde sexta-feira (16), num hospital de Cleveland, disseram autoridades locais à rede CBS.

Eles ficaram conhecidos por participarem do reality show “Troca de Família” (“Wife Swap”), na TV norte-americana.

O xerife do condado de Stark, George T. Maier, explicou que os oficiais que atenderam a uma chamada telefônica da região, na última quinta-feira (15), viram uma porta aberta na casa da família, em Beach City, e ouviram um disparo de arma de fogo ao se aproximarem. Em seguida, eles encontraram o músico Jacob Stockdale, de 25 anos, com um ferimento a bala na cabeça, e os corpos da sua mãe, Kathryn Stockdale, 54 anos, e do irmão, James Stockdale, 21, já sem vida.

As autoridades acreditam que Jacob Stockdale atirou contra a própria mãe e o irmão com uma espingarda. Jacob e James, junto ao pai Timothy Stockdale, eram membros da banda Family Stockdale, que tocava bluegrass e tinha fama na região.

“Esta é uma tragédia para a família. É uma tragédia para a comunidade”, disse o xerife. Além disso, a família ganhou notoriedade em 2008 ao participar do reality show da ABC, em que duas famílias de diferentes origens trocam esposas por duas semanas. O programa retratou os Stockdales como “devotadamente religiosos”, uma família que evitava o uso de palavrões, televisão e videogames.

O pai, Timothy Stockdale, não estava em casa no momento do tiroteio, enquanto outros dois filhos dele vivem em uma cidade diferente. “Kathy foi minha amada mulher por 32 anos e uma mãe maravilhosa para nossos quatro filhos. Ela não amava nada além de ser mãe e avó”, disse Timothy Stockdale em um comunicado. A nota diz ainda que a família “agradece às orações e ao apoio que recebemos dos nossos amigos e da comunidade”.

Calvin Stockdale disse que seu irmão Jacob “ainda está em condições críticas e estamos rezando por sua recuperação física à medida que nossa família faz planos de funeral e tenta se recuperar”. A polícia não divulgou nenhuma informação sobre um possível motivo do crime. “É difícil supor o que o levou a fazer isso “, disse o xerife Maier. “Mas já há algumas especulações”.

Noticias ao Minuto