Jovem passa mal ao nadar e morre afogado na praia da Graciosa em Palmas

Bombeiros disseram que vítima, de 15 anos, estava com amigos da igreja, quando se afogou. Ele foi levado para o Hospital Geral de Palmas, mas não resistiu.

Um jovem morreu afogado no momento em que nadava na praia da Graciosa, em Palmas, neste domingo (15). Ele estava no local com amigos de uma igreja. Segundo os Bombeiros, a vítima foi identificada como Dhefferson Crystian Vieira Alves, de 15 anos.

Os Bombeiros informaram que Alves foi nadar depois de comer e passou mal. Ele afundou e não foi mais visto. Pessoas que estavam no local tentaram localizá-lo, mas não conseguiram.

Os militares foram chamados e encontraram o jovem perto do local onde ele estava nadando. Juntamente com os profissionais do Samu, eles fizeram os primeiros socorros e tentaram reanimar a vítima por cerca de 40 minutos.

Dhefferson Crystian Alves chegou a ser levado para o Hospital Geral de Palmas, mas não resistiu. Ele era natural de Araguaína.

G1 Tocantins

Foto/Divulgação/ilustrativa

Homem invade casa após quebrar janela, passa mal e morre debaixo de cama

Polícia acredita que homem tenha sofrido overdose ou um mal súbito. Caso foi registrado em uma casa na região central de Gurupi, sul do estado.

Uma moradora da região central de Gurupi, no sul do estado, tomou um susto após ter a casa invadida por um homem na tarde desta terça-feira (20).

Conforme a Polícia Militar, depois de quebrar uma janela de vidro da casa, o invasor se escondeu debaixo de uma cama e começou a passar mal. Alex Miranda Ribeiro, de 35 anos, acabou morrendo no local.

A polícia informou que ao chegar na casa encontrou o homem ensanguentado e com a respiração ofegante. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi chamado, mas somente constatou a morte. Nenhum tipo de arma foi encontrada com Ribeiro.

Para a PM, a principal suspeita é de que ele tenha sofrido algum tipo de overdose ou mal súbito e não é possível afirmar que tenha entrado no local para praticar algum crime. O corpo foi levado para o Instituto Médico Legal e o caso repassado para a Polícia Civil.

Moradores se aglomeraram na porta de casa onde homem morreu (Foto: Divulgação)

G1 Tocantins

Homem passa mal ao volante e morre após bater em poste no Tocantins

A suspeita é que o representante comercial Antônio Alves teve um infarto. Ele chegou a ser socorrido por parentes e levado para o hospital, mas não resistiu.

Antônio Alves da Cruz morreu enquanto dirigia uma caminhonete perto de centro de Aragominas, no norte do Tocantins.

Moradores da cidade disseram que ele passou mal nesta segunda-feira (19), perdeu o controle da direção e bateu em um poste. A suspeita é que ele teve um infarto.

A vítima morava numa chácara no assentamento Rio Preto e tinha ido à cidade visitar parentes. Nesta manhã, ele saiu da garagem, deu a volta em uma quadra para buscar a esposa e voltar ao assentamento, onde morava, mas passou mal em frente à mercearia do sogro.

Vizinhos disseram que ele saiu do veículo e caiu. Parentes perceberam quando o homem passou mal, o socorreram e levaram para o hospital, mas ele não resistiu.

O IML de Araguaína informou que o corpo já foi liberado. O velório deve ser realizado na Igreja Assembleia de Deus, em Aragominas.

O site busca informações oficiais sobre a causa da morte de Cruz. Ele trabalhava como representante comercial de uma marca de feijão.

G1 Tocantins

Turista baiana que passou mal em cachoeira de Tocantins é sepultada na Bahia

Joslene Benetti, de 32 anos, foi sepultada na manhã desta segunda-feira (11), na cidade de Luís Eduardo Magalhães.

A baiana Joslene Benetti, de 32 anos, que morreu após ter passado mal em uma cachoeira no Parque Estadual do Jalapão, no estado do Tocantis, foi sepultada na manhã desta segunda-feira (11).

A cerimônia, que foi marcada por forte comoção, ocorreu no município de Luís Eduardo Magalhães, no oeste da Bahia. O corpo de Joslene foi velado na Casa Mortuária e o enterro realizado no cemitério municipal da cidade, por volta das 11h.

Joslene era funcionária pública de Luís Eduardo Magalhães e atuava como coordenadora do Ponto Cidadão, unidade que faz intermediação entre os cidadãos e os serviços públicos. Por conta do falecimento, a prefeitura decretou luto de três dias na cidade.

Em nota, a prefeitura disse que “a servidora deixa como legado uma belíssima trajetória marcada pelo respeito ao próximo, amor e dedicação à família e amigos, relevantes serviços prestados ao município e uma imensa lacuna não apenas no meio público, mas no seio da sociedade”.

Caso

Joslene Benetti, de 32 anos, morreu em uma cachoeira no Parque Estadual do Jalapão enquanto visitava o local com três filhos e alguns amigos, no domingo (10). Ela começou a passar mal enquanto o grupo em que ela estava passava pela cachoeira da Formiga, uma das mais visitadas do parque. Ela era maquiadora e morava em Luís Eduardo Magalhães, na Bahia.

Funcionários da cachoeira informaram que o caso foi por volta das 8h. Um médico que estava no mesmo grupo da mulher chegou a prestar socorro e levá-la para um posto de saúde em Mateiros, no leste do estado, mas ela não resistiu. A principal suspeita é que ela tenha sofrido um infarto, já que a vítima teria informado aos funcionários que tinha problemas de coração.

Cachoeira da Formiga, no Tocantins (Foto: Divulgação/Andrea Marques)

G1/TO

Turista que visitava Jalapão com os filhos morre após passar mal em cachoeira

Mulher de 32 anos era da Bahia e estava no parque com os três filhos e amigos. Ela chegou a ser socorrida, mas não resistiu.

Uma turista morreu em uma cachoeira no Parque Estadual do Jalapão enquanto visitava o local com três filhos e alguns amigos. O incidente foi na cachoeira da Formiga, uma das mais visitadas do parque. A mulher, de 32 anos, ainda não teve o nome divulgado, mas era uma turista de Luís Eduardo Magalhães, na Bahia.

Funcionários da cachoeira informaram que o caso foi por volta das 8h. Um médico que estava no mesmo grupo da mulher chegou a prestar socorro e levá-la para um posto de saúde em Mateiros, no leste do estado, mas ela não resistiu. A principal suspeita é que ela tenha sofrido um enfarte, já que a vítima teria informado aos funcionários que tinha problemas de coração.

Ainda não há informações sobre qual atividade ela estava fazendo no local. A equipe do posto de saúde confirmou que às 12h30 o corpo da mulher ainda estava no local. A documentação para que ele seja liberado está sendo providenciada.

G1/TO