Idoso que teria prometido celular para abusar de criança é preso no Tocantins

Vítima tinha apenas 12 anos na época do crime e teria ido com o homem até um rio após ele oferecer o aparelho. O suspeito foi levado para a Cadeia Pública de Pium.

Um idoso de 66 anos foi preso pela Polícia Civil em Pium, na região central do Tocantins, suspeito de abusar sexualmente de uma criança que tinha 12 anos na época do crime.

O nome do suspeito não foi divulgado, mas a Secretaria de Segurança Pública informou que as iniciais do nome dele são R.N.L e que ele atraiu a vítima até um rio prometendo um celular.

O caso foi em 2013 e desde então corria em segredo de Justiça. O homem ficou em liberdade durante o processo, mas foi condenado e teve a prisão decretada nesta terça-feira (11). A pena dele é de oito anos de detenção, inicialmente em regime fechado.

A vítima disse que acompanhou o idoso até o rio Pium, que dá nome a cidade, após ele prometer doar um aparelho celular para ela. O sexo da criança não foi informado.

O delegado da cidade, José Lucas Mello, lembrou que atos de cunho sexual com menores de 14 anos constitui crime hediondo, ainda que haja consentimento da vítima.

G1 Tocantins.

Centro de Convivência do Idoso de Palmeirópolis passa por reestruturação; espaço de festa será inaugurado dia 13

Um espaço moderno, aberto e amplo para eventos.

A Prefeitura Municipal de Palmeirópolis, através da Secretaria Municipal de Assistência Social (SEMAS) vai inaugurar as novas ampliações e o barracão de eventos do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) dos Idosos. Na oportunidade, será realizado uma festa acompanhada de um delicioso jantar.

Prefeito de Palmeirópolis Fábio Vaz e primeira dama Ana Paula

O prefeito Fábio Vaz informou que, desde quando assumiu como gestor, viu a necessidade de adequar uma nova estrutura para o Centro dos Idosos e oferecer melhor qualidade e maior conforto a eles. A inauguração será realizada na quinta feira dia (13) de setembro às 07h00min da noite. O prefeito falou da satisfação em inaugurar o barracão de eventos, “vamos estar com espaço maravilhoso, um local a mais para a sociedade se encontrar e fazer reuniões e festas. Vaz relembrou, que hoje Palmeirópolis é referência em todo o Estado em atendimento à terceira idade. “Contamos com ala para atendimento médico, psicológico, fisioterapia, piscina para hidroginástica, e agora vamos ter um salão de eventos mais amplo e mais confortável”, destacou.

A secretária de Assistência Social Ana Paula Vaz, disse que tudo é um momento relevante para o município, “este Centro de Convivência do Idoso e a Rede do Bem, são “meninas dos nossos olhos”, emociono ao dizer, que neste local poderemos oferecer um aconchego a estas pessoas. Vamos iniciar com várias atividades e ir ofertando outras na medida do possível”, explicou a primeira dama. 

A obra estar sendo realizada com verbas da Engie Energia e de recursos estimulados (através do imposto de renda), e também da Prefeitura, com recurso próprio.

Por Edilson Gonçalves/da redação

Idoso morre após ser atropelado às margens de rodovia no sul do Tocantins

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, vítima estava desaparecida e sofria de Alzheimer. Motorista do caminhão fugiu do local e ainda não foi encontrado.

Adão Ribeiro Feitosa, de 69 anos, foi encontrado morto às margens da BR-153, na noite deste domingo (20), na região sul do estado. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, a vítima estava desaparecida há alguns dias e sofria de Alzheimer. O acidente aconteceu próximo de Cariri do Tocantins, na região sul do estado.

Ainda conforme a PRF, o idoso teria sido atropelado por um caminhão enquanto andava nas margens da rodovia. Porém, até o momento o motorista do veículo não foi identificado.

O corpo do idoso foi levado para o IML de Gurupi e depois entregue para a família. O velório está sendo no setor João Lisboa da Cruz, onde o homem morava.

Idoso é detido suspeito de cortar rabo de cachorro com facão por soltar muito pelo, diz polícia

Cão foi resgatado, entregue para uma associação protetora dos animais e levado para uma clínica veterinária.

Um idoso de 72 anos foi detido suspeito de cortar o rabo de um cachorro na sexta-feira (10) com um facão em Pontalina, no sul de Goiás. Segundo a Polícia Civil, Gercino Tomaz Aquino confessou o ato e disse que o motivo foi a quantidade de pelo que o animal soltava pela casa.

O delegado Tibério Martins Cardoso explicou que, ao todo, o idoso tem cinco cachorros. A polícia vai investigar se os outros também sofreram algum tipo de maus-tratos. Na delegacia, ele confessou o crime.

“Ele disse que o rabo do cachorro soltava muito pelo e ficava se acumulando pela casa. Então ele pegou um facão e cortou o rabo. Ele foi conduzido à delegacia e foi autuado por maus-tratos ao animal. Como é um crime de menor potencial ofensivo, ele foi liberado em seguida”, explicou o delegado.

O cachorro foi socorrido e entregue a uma associação de proteção aos animais para que fosse cuidado. Ele foi encaminhado para uma clínica veterinária e, após se recuperar, vai ser colocado para adoção.

G1 Tocantins.

Idoso é preso suspeito de estuprar vizinha de 11 anos quando a levava para comprar comida

Segundo a polícia, há indícios de que o homem, ao saber da investigação, pagou R$ 1 mil à irmã da vítima para que ela levasse a menina à delegacia para retirar a denúncia. Abusos aconteciam no carro do aposentado.

Um aposentado de 79 anos foi preso nesta terça-feira (17) suspeito de abusar sexualmente de uma vizinha, de 11 anos, em Goiatuba, no sul goiano, quando a levava para comprar comida em mercados. Segundo a Polícia Civil, ele pagou R$ 1 mil para a irmã mais velha da vítima para que a criança negasse o crime. Mesmo assim, a menina reafirmou a denúncia. O homem nega o crime.

“Ela relata que ele dizia que ia levar ela no mercado para comprar comida e, depois, realiza os abusos, mas algumas vezes, ele nem ia ao mercado. A menina conta com os olhos cheios de lágrimas”, contou o delegado responsável pelo caso, Patrick Carniel.

O site não localizou a defesa do idoso até a publicação desta reportagem.

Promessa de comida

A Polícia Civil explicou que os abusos aconteciam no carro do autor. A investigação apontou que os crimes ocorreram por seis meses, entre janeiro e junho deste ano. “Ela não consegue relatar quantas vezes, mas acho que acontecia mais de uma vez por semana, porque era recorrente”, explicou Carniel.

De acordo com o delegado, em junho, a criança resolveu contar sobre os abusos para uma professora. Em seguida, ela denunciou o caso ao Conselho Tutelar da cidade que, por sua vez, registrou na Polícia Civil.

‘Suborno da irmã’

Conforme o delegado, após saber que estava sendo investigado, o idoso ofereceu R$ 1 mil à irmã mais velha da vítima, de 19 anos, para que convencesse a menina a retirar a denúncia. Na ocasião, a jovem disse à polícia que os abusos eram uma “invenção da irmã”.

A polícia desconfiou da situação e chamou a menina para um novo depoimento, separada da irmã. “Ela confirmou que era verdade, que a irmã dela a levou para a delegacia porque o senhor tinha prometido dinheiro para a irmã e, inclusive, a irmã disse para a criança que ela tinha de mentir para ganhar uma bota”, relatou Carriel.

A vítima mora com a irmã e dois irmãos mais novos. De acordo com o investigador, um dos meninos afirmou que o suspeito frequentava a casa da família.

Prisão do idoso

O delegado pediu ao Poder Judiciário a prisão preventiva do idoso. No entanto, foi decretada apenas a prisão domiciliar do suspeito, com uso de tornozeleira eletrônica.

Em depoimento, o aposentado negou os abusos. Ele também disse que conhece a família da vítima, mas que nunca doou nada.

Carriel deve ouvir a irmã novamente, nesta semana, e, assim, concluir o inquérito. A jovem também pode ser indiciada, mas o delegado precisa interroga-la para definir qual o crime irá responder.

O idoso será indiciado por estupro de vulnerável, que prevê de 8 a 15 de prisão.

G1Tocantins

Idoso morre após descer de ônibus e ser atropelado pelo veículo

Testemunha disse que motorista do transporte público esperou idoso descer, fechou a porta e saiu devagar com o veículo. Acidente aconteceu na Arse 23 (antiga 208 Sul), na capital.

Amaro Soares Silva, de 82 anos, morreu após descer de um ônibus do transporte público de Palmas e o veículo passar por cima dele. O acidente aconteceu na tarde desta sexta-feira (6), na Arse 23 (antiga 208 Sul), na capital.

O ônibus era da Linha 91- HGP/UFT. Uma mulher que esperava o veículo, viu quando o idoso desceu. Ela conta que entrou após o homem descer. Diz que o motorista esperou para fechar a porta e saiu devagar.

“Ele [o motorista] gritou ‘corre que o senhor passou mal’. A gente correu para ver o que tinha acontecido. Quando a gente chegou, viu que o pneu do ônibus tinha passado por cima, mas o motorista não sabia. A porta do ônibus já estava fechada, ele esperou descer. Eu não sei o que aconteceu, se o senhor passou mal ou se ele se desequilibrou no meio- fio”, conta.

Ela contou ainda, que os passageiros perceberam que o ônibus passou por cima de alguma coisa, mas não imaginavam que o idoso tinha caído. “A gente sentiu o pneu passando por cima de algo e quando a gente correu para ver era o senhor”, conta.

Em nota, a Prefeitura de Palmas disse que a segurança viária é prioridade e abrirá um procedimento administrativo para apurar rigorosamente as causa do acidente. O acidente também será investigado pela Delegacia de Trânsito da Polícia Cívil que apontará os responsáveis.

G1 Tocantins.

Suspeito de espancar idoso de 82 anos durante assalto em São Salvador do Tocantins é condenado a prisão

Sérgio Moreira dos Santos teria invadido a casa da vítima em São Salvador do Tocantins e agredido o idoso quando ele se recusou a dizer onde estava o dinheiro. Crime foi em março deste ano.

Sérgio Moreira dos Santos foi condenado a 10 anos e oito meses de prisão por espancar um idoso de 82 anos durante um assalto em São Salvador do Tocantins, no sul do estado. O crime foi em março deste ano. De acordo com a denúncia, Santos começou as agressões após a vítima se recusar a dizer onde estava escondido o dinheiro.

Um laudo pericial apontou que o dono da casa foi agredido com coronhadas e com a parte plana de um facão. A defesa tentou invalidar o exame alegando que ele não foi feito por um perito oficial, mas a juíza Ana Paula Araújo Aires Toríbio lembrou que na maior parte das cidades do interior não há peritos oficiais e um médico é o mais indicado para realizar o trabalho.

Além do laudo pericial, testemunhas também foram ouvidas durante o julgamento. O suspeito teria conseguido roubar R$ 1.350 na casa. O fato de a vítima ser idosa foi considerado um agravante. A pena deve ser cumprida no regime fechado.

Acidente com caminhonete mata um idoso e deixa outros dois feridos na BR-230

O lavrador Paulo Pereira da Silva, 63 anos, foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros com vida, mas chegou morto no hospital. Acidente aconteceu depois que o motorista perdeu o controle da direção.

O lavrador Paulo Pereira da Silva, 63 anos, morreu e outros dois idosos de 62 e 63 anos ficaram feridos após um acidente de trânsito na BR-230. O caso foi em um povoado na zona rural de Araguatins. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a caminhonete em que eles estavam capotou e ficou destruída.

Testemunhas disseram ao Corpo de Bombeiros que o motorista perdeu o controle da direção quando capotou e saiu da pista.

Quando os bombeiros chegaram ao local, todas as vítimas estavam com vida, mas Silva teve uma parada cardiorrespiratória e morreu à caminho do hospital.

O motorista de 62 anos e uma passageira, de 63, também foram socorridos e levados para o Hospital Municipal de Araguatins.

G1 Tocantins

Conselho Municipal de Direito do Idoso de Palmeirópolis reuniu-se para tratar de assuntos relevantes a obra do salão de eventos

Os Conselheiros também falaram das doações do Imposto de Renda de pessoa física e jurídica que geram benefícios a idosos de Palmeirópolis

A Secretaria Municipal de Assistência Social reuniu-se, na última semana do mês de março, com o Conselho Municipal de Direito do Idoso (CMDI) de Palmeirópolis para realizarem uma visita in loco na obra de construção do salão de eventos, localizado no centro dos idosos.

Durante a visita, os conselheiros puderam apreciar o salão que se encontra em processo de construção. O projeto conta com banheiros adaptados, vestiários, dentre outras instalações, para atender a população da 3ª idade do município de Palmeirópolis.

A secretária frisou que o projeto de construção nasceu da necessidade de atender a demanda de idosos participantes do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos – SCFV, que vem crescendo cada dia. 

E como acontece as aulas de hidroginásticas na piscina semi-olímpica, aquecida (que também é um projeto governamental elaborado pela Secretária de Assistência Social e financiado através de Incentivo Fiscal, pela empresa Engie Brasil Energia), surgiu a necessidade de proporcionar um local adaptado para a realização das aulas de aquecimento, eventos como a dança e demais atividades que são realizadas no salão.

A secretária lembrou ainda que todas as etapas do projeto incluindo a publicação do edital, passaram pela apreciação dos conselheiros, cumprido com rigor o princípio de imparcialidade.

Vice presidente Núbia Domaszak e a presidente do Conselho Adelaide Gomes Correia.

A presidente do Conselho Adelaide Gomes Correia, disse que como usuária assídua dos serviços ofertados no Centro de Convivência do Idoso, é muito bom ver as melhorias que estão sendo feitas no local, “é muito bom ver que um dinheiro que seria pago com impostos, está sendo empregado diretamente na população de Palmeirópolis, por uma empresa que conhece a região, estou feliz em ver a cidade melhorando.

Daniella Tavares Barros

A Secretária Executiva do (CMDI), Daniella Tavares Barros, explica que a Secretaria Municipal de Assistência Social é um órgão normativo, já o Conselho tem funções deliberativas, atuando em parceria e que são inúmeras as atribuições do conselho, com destaque para a fiscalização do uso dos recursos financeiros.

A secretária Ana Paula, ressaltou a importância da junção entre prefeitura e parceiros, “só foi possível realizar o projeto com a ajuda da Empresa Engie Tractebel Energia, que mais uma vez através da Lei de Incentivo Fiscal fez a doação ao Fundo Municipal de Direitos do Idoso para financiar o projeto. Basicamente as Leis de incentivos fiscais é uma espécie de renúncia do governo para incentivar a cultura, o esporte e os projetos sociais. Com isso, por meio de dedução de impostos, pessoas e empresas tem a opção de destinar uma parte do imposto (que já teria que pagar ao Governo) para projetos culturais, esportivos e sociais à sua escolha.” explicou a secretária.

Falou ainda da importância da fiscalização do conselho. Segundo ela, todas as informações sobre a construção da obra são discutidas com os conselheiros e só depois de aprovados é dado prosseguimento no fluxograma do processo. Nosso cotidiano de gestão é muito intenso, e o Conselho deve ser um parceiro para fiscalizar e legitimar as ações. Estamos construindo uma relação humanizada, democrática e eficiente. Esta reunião foi para avaliar a primeira medição da obra através da visita “in loco” e solicitar autorização de pagamento ao CMDI, para então iniciar a segunda etapa da obra” destacou Ana Paula.

Mari Correia/Daniela Tavares

Polícia prende suspeitos de matar idoso com enxada após não encontrar dinheiro em Arraias

Crime aconteceu em setembro de 2017 na cidade de Arraias, sudeste do Tocantins. Suspeitos invadiram casa da vítima, que teria reagido e foi morta com golpes de faca e enxada.

Dois homens foram presos pela Polícia Civil em Arraias, sudeste do Tocantins, suspeitos de matar o idoso Terezo Francisco Carvalho, de 68 anos, com golpes de enxada e faca em setembro de 2017.

Segundo o delegado regional José Antônio, David Wilson Gomes dos Santos é o principal suspeito e teria confessado o crime.

Além dele, o suspeito Lucas Balduino Pontes Rocha também foi preso, mas a participação dele ainda está sendo investigada.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), os dois teriam chegado à casa da vítima para roubar dinheiro, mas após render o idoso os suspeitos não encontraram o que procuravam.

Por causa disso, Santos teria roubado dois isqueiros e aplicado um golpe conhecido como “gravata” no idoso. A vítima resistiu e conseguiu golpear o agressor com uma lanterna.

Ainda de acordo com a polícia, Santos teria dado vários golpes no idoso com uma enxada e uma faca. O homem não resistiu aos ferimentos e morreu.

Conforme a delegada Vanusa Regina de Carvalho Nunes, responsável pelas investigações, o crime causou muita revolta na população porque o idoso era uma pessoa muito querida cidade.

Após o cumprimento das prisões preventivas, os dois suspeitos foram levados para a cadeia de Arraias.

O site tenta contato com a defesa das vítimas.

G1 Tocantins