Jovem é suspeito de matar companheira com golpes de enxada na cabeça no Tocantins

A ferramenta foi encontrada no mato com vestígios de sangue e cabelo e a vítima apresentava marcas de pancadas na cabeça. O caso aconteceu em São Miguel do Tocantins.

Um jovem de 26 anos é suspeito de ter matado a própria companheira, de 20 anos, no povoado Bela Vista, no município de São Miguel do Tocantins. O crime aconteceu na madrugada desta segunda-feira (8).

De acordo com a Polícia Militar, após serem acionados, os policiais encontraram o corpo da jovem no chão, próximo a cama. Ela apresentava sinais de pancadas na cabeça.

Conforme a polícia, parentes disseram que por volta das 2h30, o suspeito deixou levou o filho para a casa da avó, horário em que o crime teria ocorrido.

Em um mato próximo do local, foi encontrada uma enxada com vestígios de sangue e cabelo. De acordo com a PM, a ferramenta possivelmente foi usada no crime.

Ainda segundo informações da polícia, o local foi periciado e o corpo levado para o IML de Augustinópolis. A PM faz buscas pelo suspeito.

G1 Tocantins/Imagem ilustrativa

Filho é preso suspeito de matar mãe com golpes de facão

Assassinato ocorreu neste domingo (10), na cidade de Catuípe, localizada no Noroeste do Rio Grande do Sul.

Um jovem, de 20 anos, foi preso em flagrante por suspeita do assassinato da própria mãe com golpes de facão neste domingo (10), na cidade de Catuípe, localizada no Noroeste do Rio Grande do Sul.

De acordo com informações, os policiais encontraram Vanilde Fatima Dornelles, de 45 anos, já sem vida no banheiro. Seu filho disse aos policiais que se tratava e um caso de suicídio. O jovem era o único que estava em casa no momento da morte. No entanto, apresentou um álibi falso para os agentes.

“Ele disse que a mãe tinha se matado, algo que seria impossível em virtude dos tamanhos do corte. Ele era a única pessoa que estava com ela na hora do crime, e depois ainda apresentou um álibi dizendo que estava com a namorada na hora do crime, mas os horários não batiam”, disse o delegado Ricardo Miron, que registrou a ocorrência.

Noticias ao Minuto

Suspeito de aplicar golpes pela internet é preso em operação da Polícia Civil

Grupo clonava cartões e fazia compras em lojas virtuais. Criminoso movimentou pelo menos R$ 20 mil; ele foi preso em Araguaçu, sul do Tocantins.

Um jovem de 19 anos foi preso suspeito aplicar golpes pela internet e fazer compras em empresas nacionais e estrangeiras de vendas online. Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), ele contava com a ajuda de hackers para clonar cartões de crédito e comprar diversos tipos de produtos no nome das vítimas. A suspeita é de que ele tenha fraudado pelo menos R$ 20 mil.

Conformes as investigações da Delegacia de Repressão a Crimes Cibernéticos (DRCC), o homem aplicava golpes desde fevereiro desde ano. Porém, começou a ser investigado há cerca de uma semana.

A prisão ocorreu nesta segunda-feira (4) em Araguaçu, região sul do estado, em operação conjunta com a Delegacia de Araguaçu. As investigações também contaram com apoio da Secretaria Nacional de Segurança Pública, Delegacia Estadual de Repressão a Crimes contra a Ordem Tributária e Correios.

O rapaz foi preso na própria casa, em cumprimento a mandados de busca, apreensão e prisão preventiva. Vizinhos do criminoso confirmaram que constantemente encomendas eram entregues na casa dele.

Polícia cumpriu mandados de busca, apreensão e prisão (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

Os produtos eram revendidos pelo suspeito, que dividia os lucros com os hackers. Ainda de acordo com a polícia, ele comprava principalmente celulares, notebooks e acessórios, além de videogames, jogos, roubas e objetos que conseguiria revender com facilidade. Ele foi preso por estelionato e levado para a cadeia pública de Araguaçu. As investigações continuam para tentar encontrar os outros envolvidos e contabilizar os prejuízos causados pelo grupo.

G1/TO