Quatro pessoas são presas suspeitas de matar homem com facadas e tijoladas na cabeça

Segundo polícia, crime ocorreu após vítima discutir com namorada adolescente e ameaçar seus parentes. Ela contou o caso ao cunhado, que foi preso com amigos suspeitos do homicídio.

Quatro pessoas foram presas suspeitas de matar um homem em Luziânia, cidade goiana do Entorno do Distrito Federal. Segundo a Polícia Civil, a vítima foi assassinada após levar um golpe de tijolo na cabeça e várias facadas. O motivo seria uma discussão com a namorada, uma adolescente cuja idade não foi revelada, onde ele teria ameaçado ela e alguns parentes.

As prisões ocorreram entre terça (14) e sexta-feira (17). Ainda de acordo com a corporação, dentre os presos estão o cunhado da adolescente e dois amigos dele. A identificação do quarto envolvido não foi divulgada.

O crime foi cometido no último dia 11 de março. Após a discussão, a garota contou o caso ao cunhado. Ele se reuniu com os dois comparsa para darem uma “surra” na vítima e foram até a casa dela.

Inicialmente, o homem levou um soco no rosto e foi agredido por eles. Em seguida, foi golpeado com um tijolada na cabeça e ficou desacordado. Por fim, foi ferido com várias facadas. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Além das prisões, quatro mandados de busca a apreensão foram cumpridos, mas nenhum objeto ilícito foi encontrado.

A menor também é investigada, mas não foi apreendida. Os detidos estão na Casa de Prisão Provisória (CPP) de Luziânia.

G1 Tocantins.

Mulher é morta com golpes de faca no pescoço em restaurante às margens da BR-153

O crime aconteceu no estabelecimento da vítima, próximo a Xambioá. A Polícia Civil investiga o caso e acredita que possa se tratar de um latrocínio, que é o roubo seguido de morte.

Maria Domingas Pereira foi morta com golpes de faca no pescoço. O corpo foi encontrado no início da manhã desta quarta-feira (15), no restaurante dela, que fica às margens da BR-153, próximo a Xambioá.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública, a bolsa com todos os documentos, uma televisão e dinheiro foram levados do estabelecimento. A Polícia Civil investiga o caso e acredita que possa se tratar de um latrocínio, que é o roubo seguido de morte.

G1 Tocantins.

Homem é preso suspeito de matar o próprio pai a facadas e ferir mãe

Colônia Agrícola Samambaia, no Distrito Federal.

A PM foi acionada e os agentes arrombaram a porta da residência da família para tentar impedir o crime. As duas vítimas e o suspeito foram encontrados no local.
O casal foi socorrido e levado ao Hospital Regional de Taguatinga (HRT). O homem não resistiu aos ferimentos e morreu. A mulher continua internada.

De acordo com o portal ‘Metrópoles’, o suspeito foi autuado por homicídio e tentativa de homicídio na 12ª Delegacia de Polícia (Taguatinga).

Por Noticia ao Minuto

Adolescente é morto a facadas porque estava conversando com namorada de suspeito

Homem foi preso pela Polícia Civil momentos após o crime, em Pedro Afonso. Ele teria confessado o crime na delegacia e disse que agiu por ciúmes.

Filho mata pai com ‘mata-leão’ ao tentar proteger mãe de facadas em GO

Mesmo se tratando de legítima defesa, jovem foi detido até audiência de custódia.

Um jovem de 21 anos matou o pai asfixiado com um “mata-leão” após salvar a mãe de levar uma facada do homem. O caso aconteceu nesse domingo (22), em Anápolis.

Como conta o Mais Goiás, o detento do semiaberto Dolismar José Damas, de 41 anos, atacou a ex-esposa, Maria Núbia Damas, de 37, com uma faca durante uma briga.

Na tentativa de defender a mãe das agressões, o rapaz imobilizou o pai com uma “gravata”. Como o homem não parava de se debater, o jovem fez mais força e acabou asfixiando o pai.

O filho foi encaminhado à Central de Flagrantes, onde permanecerá detido até sua audiência de custódia. Como os policiais entenderam se tratar de legítima defesa, o rapaz foi conduzido sem algemas.

Segundo o subtenente Joel Soares Galvão, do 28° Batalhão da PM, Dolismar tinha “inúmeros” registros criminais por furto e homicídio. Ele, inclusive, já tinha atentado contra a vida da ex-mulher.

“Já foi à casa de Maria diversas vezes para importunar. Hoje Dolismar foi preparado para matá-la com uma faca, mas o filho conseguiu evitar, pois estava atrás dele e viu tudo. Deu um mata-leão, mas como o homem não parava de se mexer tentando se libertar, o rapaz imprimiu mais força gerando asfixia mecânica no criminoso”, conou.

Ainda de acordo com o policial, o “homem era daqueles que não aceitava o fim do relacionamento e vivia rondando a região para importunar a ex-companheira”.

O corpo dele foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) de Anápolis.

Noticia ao Minuto

Mulher é suspeita de matar companheiro a facadas durante briga, em Goiás

Segundo Polícia Civil, David Antônio da Silva, de 29 anos, foi encontrado morto na casa da companheira, que fugiu do local; testemunha disse à polícia que suspeita fez ligação antes de fugir.

Uma mulher, de idade não divulgada, é suspeita de matar a facadas o namorado, David Antônio da Silva, de 29 anos, em Luziânia, no Entorno do Distrito Federal. Segundo a Polícia Civil, uma testemunha disse à Polícia Militar que recebeu uma ligação da suspeita, afirmando que havia dado uma facada no namorado durante uma briga.

O crime ocorreu no último domingo (15), na casa em que a mulher mora, no Parque Estrela Dalva 7, em Luziânia. Conforme informações divulgadas pela assessoria de imprensa da Polícia Civil, a PM foi acionada para averiguar um homicídio, mas quando chegou ao local o Corpo de Bombeiros já havia feito os primeiros atendimentos e constatado a morte de David Antônio.

No local, uma testemunha disse à PM que, após receber a ligação da mulher afirmando que tinha esfaqueado o namorado, ligou para os parentes da suspeita, que foram até o local. Chegando à casa, segundo a corporação, uma tia da mulher encontrou o namorado dela caído desacordado no chão e acionou o socorro.

O corpo de David foi retirado do local pelo Instituto Médico Legal (IML) e levado para Formosa, onde a Polícia Técnico-Científica está funcionando, e, segundo o órgão, foi liberado à família na segunda-feira (16).

G1 entrou em contato como delegado responsável pelo caso, Maurício Passerini, mas as ligações não foram atendidas até a publicação desta reportagem.

No Tocantins homem é assassinado a facadas na beira do rio

Polícia Militar informou que suspeito do crime é um sobrinho da vítima. Os dois teriam discutido um dia antes do crime, segundo parentes.

Ronaldo Noleto dos Santos foi encontrado morto em uma chácara às margens do rio Sono, em Pedro Afonso, região centro-norte do Tocantins, nesta segunda-feira (2). A Polícia Militar informou que o corpo tinha marcas de facadas e o principal suspeito seria um sobrinho da vítima.

Um irmão de Santos disse aos policiais que o suspeito e a vítima tiveram uma discussão no último domingo (1º). Por causa disso, o homem saiu da casa onde estava morando, no setor Maria Galvão, e foi dormir na chácara.

A PM diz que o sobrinho teria seguido o tio até o local. Até a publicação desta reportagem, ninguém havia sido preso.

G1 Tocantins.

Imagem ilustrativa da internet

Aposentado de 72 anos sobrevive após levar mais de 10 facadas dentro de casa no Tocantins

Caso foi em Marianópolis do Tocantins, na região central do estado. Agressor fugiu do local do crime sem levar nada.

Um aposentado de 72 anos está em estado grave após levar 12 facadas enquanto dormia em uma rede na área de casa. O caso foi na madrugada desta sexta-feira (2) em Marianópolis do Tocantins, na região central do estado.

Segundo a Polícia Militar (PM) os golpes atingiram várias partes do corpo.

A PM informou que o idoso mora sozinho e que acordou já sendo atacado pelo agressor. Ele gritou pedindo socorro e os vizinhos ligaram para a emergência.

Os policiais informaram que o agressor fugiu sem levar nada deixando a arma do crime e ainda não foi localizado. A vítima disse aos policiais que não conhece a pessoa que o agrediu.

Ainda não há informações sobre o que pode ter motivado o crime. O homem foi levado em estado grave para o Hospital Municipal de Marianópolis e depois transferido para o Hospital Regional de Paraíso do Tocantins. A arma foi levada pela perícia.

G1 Tocantins/Imagem ilustrativa

Pedreiro é morto a facadas ao tentar separar briga em comércio no Tocantins

Crime aconteceu em Guaraí, na região central do estado. Testemunhas contaram que homem tentava defender dono de estabelecimento e foi golpeado no peito.

O pedreiro Leandro Francisco Venceslau, de 32 anos, morreu em um comércio após tentar separar uma briga e ser esfaqueado. De acordo com a Polícia Militar, o crime aconteceu em Guaraí, na região central do estado, no final da noite desta segunda-feira (8).

Testemunhas contaram a polícia que o crime aconteceu em um estabelecimento na avenida Rio Grande do Sul, próximo ao setor Pôr do Sol. Venceslau teria morrido tentando defender o dono do comércio, onde também funciona um bar.

A vítima foi atingida por três golpes de faca no peito e morreu no local. O suspeito do crime foi identificado como Zito. Conforme a polícia, o dono do comércio também foi ferido e levado para o Hospital Regional de Guaraí (HRG).

Venceslau era casado e deixa três filhos. O corpo do pedreiro foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Araguaína. O suspeito do crime fugiu e ainda não foi localizado pela polícia.Pedreiro morreu após levar facadas no peito (Foto: Arquivo Pessoal)

G1 Tocantins

Corpo de homem morto a facadas é encontrado dentro de vala no Tocantins

O corpo apresentava marcas de golpes de faca no peito, nas costas e no pescoço. Ele foi encontrado no setor Morada do Sol II, em Araguaína.

O corpo de um homem foi encontrado dentro de uma vala no setor Morada do Sol II, em Araguaína. O caso aconteceu na manhã desta quarta-feira (6), por volta das 8h17. O nome da vítima não foi divulgado.

Segundo a Polícia Militar, o corpo apresentava marcas de golpes de faca no peito, nas costas e no pescoço. A vítima tinha envolvimento com criminalidade relacionada ao uso de drogas.

G1/Tocantins