Resultados positivos de Palmeirópolis na eliminação de lixão leva prefeito Fábio Vaz a ministrar palestra em evento técnico sobre resíduos sólidos

Prefeito falou sobre as ações e estratégias adotadas pela prefeitura para mudar realidade da destinação do lixo em Palmeirópolis.

O prefeito de Palmeirópolis, Fábio Pereira Vaz, ministrou palestra a prefeitos, vereadores e secretários dos municípios tocantinenses durante o Encontro Técnico: Gestão dos Resíduos Sólidos do Tocantins, realizado nesta quinta-feira, 07, no auditório do Tribunal de Contas do Estado do Tocantins (TCE), em Palmas. Vaz apresentou os resultados positivos obtidos pelo Município na eliminação do lixão a céu aberto e na implementação de aterro controlado.

“Houve uma total mudança no município de Palmeirópolis, por meio de ações e estratégias pontuais que vinham de encontro ao atendimento da Política Nacional de Resíduos Sólidos”, disse o prefeito durante palestra, ao abordar ainda o planejamento da prefeitura no manejo dos resíduos sólidos, o custo operacional, os gastos com pessoal, bem como as ações de reciclagem por meio de parceria pública/privada.

Dados

Palmeirópolis está entre os dez municípios tocantinenses que implementaram aterros controlados no Tocantins. Três cidades do Estado possuem aterros sanitários e 129 municípios ainda despejam os resíduos em lixão a céu aberto – esse último já deveria ser extinto em até agosto de 2014, conforme preconiza a Lei 12.305/10, que regulamenta a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS). “Os prefeitos devem estar em plena sintonia com os secretários Municipais de Meio Ambiente, num processo de muita discussão”, orientou o prefeito de Palmeirópolis.

Poder de investimento

A dificuldade da grande maioria das prefeituras em implementar os aterros reside na falta de poder de investimento dos municípios, afirmou o presidente da Associação Tocantinense de Municípios (ATM) e prefeito de Pedro Afonso, Jairo Mariano. “A legislação não apresenta as soluções para que as prefeituras possam cumprir a obrigatoriedade, nem tão pouco a fonte de custeio”, disse Mariano, que cobrou mais acesso a recursos federais para o cumprimento da PNRS.

O evento

O evento é uma parceria da ATM, TCE, Ministério Público do Estado, Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Naturatins e União dos Vereadores do Estado do Tocantins. A união dos órgãos de controle, fiscalização e representação visa a junção de competência e esforços dessas instituições na atuação contínua para a eliminação dos lixões a céu aberto.

Com informações da ATM

Prefeito de Palmeirópolis Fábio Pereira Vaz, esteve no Campus da UFT, em Palmas, para se inscrever no mestrado

Inscritos em mestrado, prefeitos buscam aplicar conhecimento científico na gestão pública.

O prefeito de Palmeirópolis, Fábio Pereira Vaz, esteve nesta quarta-feira, 21, no Campus da UFT, em Palmas, para se inscrever no mestrado que, segundo ele, ampliará os conhecimentos necessários à elaboração, execução e avaliação das políticas públicas em seu Município. “Desenvolver políticas públicas na área de educação, mais especificamente na educação infantil de crianças de Palmeirópolis é a nossa principal meta”, projeta o gestor, que esteve acompanhado da secretária Municipal de Assistência Social de Palmeirópolis, Ana Paula Vaz, que também se inscreveu no mestrado, na modalidade servidor Público Municipal efetivo.

Prefeitos estão se inscrevendo no Mestrado Profissional em Gestão de Políticas Públicas, ofertado pela Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (Propesq), da Universidade Federal do Tocantins, que firmou parceria com a Associação Tocantinense de Municípios (ATM), no intuito de ofertar vagas exclusivas aos prefeitos, gestores municipais e servidores da entidade municipalista.

O prazo de inscrições para o mestrado acaba nesta sexta-feira, 23.

Requisitos

Os requisitos de preenchimento das vagas encontram-se especificados no Edital 04/2017. De acordo com o documento, prefeitos e vice-prefeitos que desejam participar do mestrado devem ser associados da ATM, enquanto os servidores municipais devem ser efetivos e pertencentes aos Municípios com população abaixo de 50 mil habitantes, segundo o último Censo Demográfico realizado em 2010.

A vaga destinada ao colaborador da ATM tem como critério o vinculo empregatício com a entidade municipalista. O mestrado é na modalidade presencial, nas sextas-feiras e sábado, nos períodos vespertino e matutino.

Entre os principais documentos comprobatórios que deverão ser entregues estão a ficha de inscrição, cópia do curriculum lattes e dos documentos pessoais do candidato, além do anteprojeto de Dissertação Profissional e de quadro de pontuação do curriculum lattes devidamente preenchido.

A ficha de inscrição e o envelope lacrado com a documentação deverão ser entregues na Secretaria do Mestrado Profissional em Gestão de Políticas Públicas, situada no Câmpus da UFT/Palmas, no endereço Avenida NS 15, 109 Norte (ALCNO 14), no prédio do Mestrado e Doutorado em Desenvolvimento Regional, das 08h do dia 01/02/2018 às 12h do dia 23/02/2018.

Pesquisa

O mestrado possui duas linhas de pesquisa, uma em Dinâmicas Institucionais e Avaliação de Políticas Públicas, e outra em Educação, Ciência e Tecnologia e Desenvolvimento Territorial Quanto ao processo seletivo, os candidatos participarão de quatro fases: Prova objetiva, Redação, Prova Oral e Análise de Currículo.

Os resultados do processo serão divulgados na Secretaria do Mestrado Profissional, e no endereço eletrônico: www.uft.edu.br/gespol ou no Mural do Curso. Associação Tocantinense de Municípios

Prefeito de Palmeirópolis Fabio Vaz, representou o presidente da ATM na reunião que discutiram o sistema no transporte Escolar Rural

Programa desenvolvido pela universidade permite às prefeituras determinarem rotas menos onerosas para o transporte de alunos da Zona Rural.

Nesta segunda feira (6), Prefeitos, secretários e diretores de Transporte dos Municípios tocantinenses tiveram a oportunidade de conhecerem o sistema de informação geográfica denominado Transcolar Rural, que permite às prefeituras determinarem rotas menos onerosas para o transporte de alunos da Zona Rural.

O programa foi apresentado pelos professores da Escola de Engenharia da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), PHD Nilson Tadeu Ramos Nunes, coordenador geral do projeto, e doutor Marcelo Franco Porto, coordenador técnico. Ambos foram convidados pela Associação Tocantinense de Municípios (ATM).

A reunião de trabalho sobre o Transcolar Rural foi aberta com a palavra do prefeito de Palmeirópolis, Fábio Vaz, que representou o presidente da ATM e prefeito de Pedro Afonso, Jairo Mariano.

“O encontro permitiu discutirmos os principais problemas enfrentados pela gestão na execução do Transporte Escolar. Vai ser definido novas rotas, novos trajetos buscando economia de tempo e financeira, o aluno vai ficar menos tempo nas estradas e também. O novo programa vai emitir um relatório de custos, todas as rotas feitas no GPS, uma ferramenta de controle que veio para agregar. Além de buscarmos soluções para reduzirmos os custos operacionais do programa, precisamos discutir o quantitativo e os atrasos de repasses mensais, as exigências cobradas no processo de vistoria, entre outros pontos. Eu estar representando, conduzindo todo encontro, ou seja, mediando à ATM neste momento tão significativo para todos os municípios foi uma honra”, disse Fábio Vaz confiante.

Prefeito da cidade de Palmeirópolis, Fabio pereira Vaz.

O secretário de educação de Palmeirópolis professor Bartolomeu Moura Junior, que é presidente da (União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), no Tocantins, representando a região norte do Brasil, juntamente com a Undime e Associação Tocantinenses de Municípios (ATM), foram até o Espirito Santo conheceram o programa e trouxeram para o Tocantins. Mais uma grande conquista.

Secretário de educação de Palmeirópolis professor Bartolomeu Moura Junior, presidente da Undime no Tocantins.

Além dos gestores, participaram membros do Ministério Público Estadual e secretarias de Estado da Educação e Fazenda.

Sistema

Em sua explicação, o professor e doutor Marcelo Franco Porto, afirmou que a ferramenta permite cruzar dados relacionados ao aluno, a unidade escolar e malha viária. “O sistema reúne mapas das estradas existentes, seja por imagens aéreas ou trabalhos de campo, e o cadastro de alunos e escolas fornecidos pelas secretarias de educação. As informações são cruzadas e o sistema gera rotas mais eficientes e baratas”, disse.

Em outro momento, o PHD Nilson Tadeu Ramos Nunes destacou a falta de parâmetros para avaliação de eficiência e custos. “Alguns estados usam como critério para definição dos valores a densidade demográfica do município. Mas numa cidade com área muito extensa e poucos habitantes, o repasse acaba sendo insuficiente para rotas longas”.

Rio Sono

Prefeito do quinto maior município em termos de extensão territorial, o chefe do executivo de Rio Sono, Joãozinei Rocha, disse que no município há 18 rotas do transporte escolar e comenta dificuldades na gestão do programa. Rocha revela que umas das rotas do seu Município, a que liga ao Povoado Novo Horizonte, possui 256 quilômetros de extensão. 

“Tivemos que terceirizar 14 rotas, pois não temos ônibus suficiente para todos os trajetos. A situação se agrava ainda diante dos atrasos e da falta de repasses cometidos pelos governos Estadual e Federal, pois prejudica a manutenção da frota e a aquisição de combustível. Contudo, o Transcolar Rural é algo positivo, pois trará economia e informações importantes a serem utilizadas em outras áreas, como agricultura familiar e infraestrutura rural”, disse.

 Transcolar Rural

O Sistema Transcolar Rural – desenvolvido sob coordenação do Departamento de Transportes e Geotecnia (ETG) da Escola de Engenharia – permite otimizar rotas e reduzir custos do transporte escolar rural. A aplicação do sistema começou pelos municípios mineiros, mas o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) interrompeu repasses, e o governo do Espírito Santo financiou a conclusão do projeto. O Transcolar Rural funciona hoje em 76 dos 78 municípios capixabas. Em Minas, as cidades de Bom Despacho, Pará de Minas e Esmeraldas garantiram adesão, e há estudos adiantados para outros 147 municípios.

Após o encontro, prefeitos, professores da UFMG e servidores municipais apresentaram a ferramenta aos dirigentes da Secretaria de Estado da Educação para que a pasta possa implantar o sistema no Tocantins e redesenhar as rotas nos Municípios.

Associação Tocantinense de Municípios – ATM/Rozineide Gonçalves

 

 

 

Prefeito e vereadores percorrem gabinetes em Brasília em busca de recurso

Mari Correia

O prefeito de Palmeirópolis Fábio Vaz e os vereadores Fabio Gonçalves e Nilson Rodrigues, acompanhados da ex-vereadora Márcia Araujo, percorreram gabinetes de deputados tocantinenses em Brasília nesta quarta feira quinze (15) em busca de recursos para o município.

Através da assessoria de imprensa, o prefeito afirmou que visitou os gabinetes para falar com os deputados que representam o estado do Tocantins a destinar emendas ao município de Palmeiropolis. Segundo ele, as portas estão abertas para busca de recursos. “Estou visitando todos os gabinetes, acompanhado do vereador Nilson Rodrigues, Fabio Gonçalves e da ex-vereadora Márcia, solicitando essas parcerias porque cada vereador tem seu representante e são emendas individuais dos parlamentares. Já visitamos os deputados Gaguim, Vicentinho Junior, Irajá Abreu e também os senadores, Ataídes Oliveira, Vicentinho Alves e Kátia Abreu. Estão sendo mantidos muitos contatos e espera que resultados positivos sejam trazidos na volta para Palmeiropolis”, disse entusiasmado o prefeito Fabio Vaz.

A Gestão Municipal e os vereadores entendem que essa busca por recursos deve ser constante e em tempos de crise nacional devem ser intensificadas para que o município seja lembrado.

Fabio Gonçalves vereador, considera esse diálogo com os parlamentares importante, para apresentar as prioridades do município. “Este é o momento de buscar estes recursos, temos procurado parcerias para todos os setores, não estamos vendo cor partidária, mas sim o que for melhor para Palmeiropolis”, relatou.

“O prefeito Palmeirópolis, Fábio Vaz e os vereadores, foram recebidos em audiência, aqui em meu gabinete. Saiu com a certeza de meu apoio aos projetos de melhoria da cidade. Os tocantinenses merecem”! Disse o senador Ataídes Oliveira.

Na visita a Capital Federal a comitiva levou na bagagem inúmeros requerimentos e estão percorrendo vários setores e gabinetes em busca de recursos para o município. Os vereadores e o gestor estão tendo nesse dia muitos motivos e assuntos para dialogar com as lideranças e cobrar uma atenção maior para Palmeirópolis.

unnamed

unnamed (1)

Irajá Abreu entrega a comunidade de Palmeirópolis Parque de Exposição Agropecuário

A comunidade de Palmeirópolis, sudeste do Tocantins, receberá no dia 11 de junho o Parque de Exposição Agropecuário do município.

Ascom

A construção foi possível graças aos recursos que vieram de Brasília, através de emendas parlamentares do deputado federal Irajá Abreu (PSD-TO), que destinou para o município mais de R$2,5 milhões.

Para a construção do Parque de Exposição Agropecuário o parlamentar destinou o recurso no valor de  R$300 mil proveniente do Ministério da Agricultura, que já está na conta da prefeitura.

O prefeito Fábio Pereira Vaz (PSD) comemora a conclusão do Parque, lembrando o esforço do deputado Irajá Abreu para a efetivação da obra e o quanto a comunidade almejava esse espaço. “O deputado Irajá Abreu é o padrinho de Palmeirópolis. A construção desse parque concretiza o sonho da comunidade. Graças aos esforços do deputado Irajá Abreu juntamente com a boa vontade e incentivo da Ministra Kátia Abreu, vamos inaugurar o Parque de Exposição Agropecuário de Palmeirópolis dia 11 de junho. Gostaria em nome de toda a população de Palmeirópolis, agradecer e dizer o quanto estou feliz pelo resultado dessa parceria”, frisou.

O Parque de Exposição está sendo construído na Vila do Produtor e já está em fase de acabamentos, recebeu recursos destinados através de emendas parlamentares de Irajá Abreu e da senadora Kátia Abreu, num total de R$800 em parceria com a prefeitura municipal e o Sindicato Rural de Palmeirópolis.

O parque tem o tamanho aproximadamente de 100 mil metros quadrados, sendo contemplado com as obras de pavimentação asfáltica em toda área interna, rede de energia trifásica e rebaixada que vai iluminar toda a avenida do produtor rural que dá acesso ao empreendimento e as dependências do parque de exposições além da pista de vaquejada.

imageTambém conta com prédio da administração, banheiros, galpão para animais, praça de alimentação e espaço para shows. A previsão da administração é atender um público de 12 mil pessoas movimentando a economia local que se baseia no setor agropecuário.

O deputado Irajá Abreu lembra que além de promover o desenvolvimento do setor agropecuário do município de Palmeirópolis e do Estado, o Parque de Exposição foi elaborado com a finalidade de valorizar e promover o empresário, agricultor e pecuarista da região. “Esse Parque será referência na região, oportunizando grandes negócio, gerando emprego e renda para a comunidade”.

 

Recursos de Irajá Abreu para Palmeirópolis

2013- R$300 mil para construção parque exposição agropecuário

2014- R$408 mil para construção de Unidade Básica da Saúde

2015 – R$500 mil para Asfalto

           R$ 200 mil para compra de trator e implementos agrícolas (MATOPIBA)

2016- R$250 mil para pavimentação asfáltica

          R$253 mil para Sistema de Abastecimento de Água

          R$159.639,00 para aquisição de equipamentos hospitalares

Prefeitura de Palmeirópolis realiza obras de pavimentação asfáltica em bairros da cidade

Habitantes dos setores beneficiados dizem estar satisfeitos com os benefícios que o asfalto vai proporcioná-los.

 

Marilene Correia/Ascom prefeitura

Fotos:Marilene Correia

A Prefeitura de Palmeirópolis iniciou nesta segunda feira (11), as obras de pavimentação asfáltica nas ruas e avenida do setor Novo Horizonte, dentro do projeto que está em execução estão às ruas 11, 12, 13 e Avenida Belo Horizonte, todas no Setor Novo Horizonte e a Rua 17 no Setor União.

 

avenida belo horizonte

Residente da Avenida Belo Horizonte com a Rua 11, Iris Santana, diz estar satisfeita com a pavimentação, “nós moradores daqui sofremos com a poeira, com a lama, mas agora isso vai se resolver, a pavimentação valoriza muito nossos imóveis e também a cidade porque Palmeirópolis é bonita, limpa bem cuidada, todos que chegam aqui comentam o quanto Palmeirópolis é bonita e organizada, sempre acreditei no Fabinho então está aí ele resolvendo o nosso problema”. Declarou a moradora.

Já Katielly, conta que é cabeleireira e já chegou a perder clientes por causa da poeira, ela diz estar satisfeita com a concretização da pavimentação em sua rua. “mas agora estou muito feliz com a concretização do asfalto não vejo a hora de finalizar”. Disse a cabeleireira.

Quem também está satisfeita com a pavimentação das ruas e avenidas do Setor Novo Horizonte é a dona Delmira Santos, moradora da Avenida Novo Horizonte com a Rua 13, “Pra mim esse asfalto é muito bom, só de me livrar da poeira e da lama é tudo de bom, pois com essa poeira a casa não para limpa, moro aqui há cinco anos e desde então convivo com a poeira e a lama e pra mim será maravilhoso porque tenho uma filha cadeirante, para sair tanto com chuva ou sol é muito difícil. Apesar de tudo não vejo nem casa limpa, eu gostaria de agradecer ao prefeito “Fabim” e sua equipe e que Deus o abençoe que ele continue olhando pelas pessoas , nós pedimos muito aos gestores e agora esta ai nosso desejo sendo realizado”. Concluiu emocionada.

pref fab vaz
Prefeito:Fábio Vaz

 O prefeito Fábio Vaz, desde então tem acompanhado cada etapa da pavimentação no município. Além de melhorar as condições de trafegabilidade, as obras de pavimentação tende a valorizar a cidade, os imóveis e de uma forma especial vem de encontro com a melhoria na qualidade de vida da população, além das ruas e avenidas acima citadas mais trechos nos setores, Bom Tempo e Tancredo Neves, também serão pavimentados. O asfalto do parque de exposições e das ruas e Avenidas acima mencionados em execução custarão 1 milhão de reais. E a previsão de entrega das obras  é  de  90 dias, o asfalto do Parque de Exposições já está pronto” disse o prefeito.

ANTES X DEPOIS

Mapa da Notícia

Palmeirópolis é finalista do Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor

pref em
Prefeito de Palmeirópolis : Fábio Vaz

Muito além de oferecer capacitações e atendimento aos empresários, o Sebrae também trabalha para criar um ambiente favorável ao empreendedorismo e ao desenvolvimento dos pequenos negócios. Um exemplo dessa missão aconteceu nesta terça-feira, dia 29, em mais uma edição do Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor (PSPE). Foram revelados, em sete categorias, os vencedores da etapa estadual do Prêmio: Araguaína, Colinas (venceu em duas categorias), Couto Magalhães, Pedro Afonso, Miranorte e Sítio Novo. O prefeito de Palmeirópolis também foi selecionado com o projeto, ”Pequenos Produtores, Grandes Negocios”.  Não foi finalista mas ganhou o certificado. Representando o município de Palmeiropolis, Fabio estava orgulhoso de poder participar do evento e ficar entre os prefeitos modelo no estado, levantando a bandeira da Agricultura familiar, do pequeno produtor.  


O evento, que está em sua nona edição, tem o objetivo de premiar gestores que tenham implantado projetos com resultados comprovados, ainda que parciais, de estímulo ao surgimento e ao desenvolvimento de pequenos negócios e à modernização da gestão pública. A etapa nacional do PSPE acontecerá no mês de maio, em Brasília.
O superintendente do Sebrae Tocantins, Omar Hennemann, falou do seu entusiasmo com o que chamou de “Oscar” IMG-20160330-WA0006dos prefeitos. “Não há nada mais perfeito do que premiar as boas ideias e as pessoas que se dedicam a elas. O Sebrae encontrou uma forma de acender uma luz e diferenciar aqueles que fazem, junto à sua comunidade, os bons projetos, implantando e colhendo resultados  para as cidades”, ressaltou.
Pela primeira vez o município de Pedro Afonso teve um projeto inscrito no PSPE e venceu na categoria Inovação e Sustentabilidade. O prefeito, Jairo Soares Mariano, relatou seu orgulho em conquistar o prêmio. “Esse projeto traz em sua essência um trabalho muito forte com o voluntariado, envolvendo tanto a comunidade como um todo, como os pequenos empresários. Os municípios circunvizinhos já compraram a ideia e estão replicando em suas cidades”, enfatizou Mariano.
Já a cidade de Colinas do Tocantins comemora a premiação em duas categorias. Para o prefeito do município, José Santana, o reconhecimento recebido motiva a continuidade dos projetos. “Estamos conseguindo dar respostas para as grandes necessidades dos municípios, principalmente para os pequenos negócios. Os troféus têm um simbolismo muito grande, sinaliza que estamos no caminho certo e reconhecem que buscamos o desenvolvimento da nossa cidade”, afirmou o prefeito.

Todos os 40 projetos inscritos foram analisados por uma banca julgadora formada por representantes do Tribunal de Justiça do Tocantins (TJ-TO), Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) – seccional Tocantins –,  Conselho Regional de Contabilidade (CRC), Conselho Regional de Economia (Corecon) e Vigilância Sanitária Estadual (Visa).

IMG-20160330-WA0010Troféu Arara azul

Os seis vencedores receberam o troféu Sebrae Arara Azul, uma escultura lapidada em vidro, no formato de uma das aves símbolo do Tocantins. A homenagem foi criada pelo Sebrae Tocantins para reconhecer personalidades que contribuem significativamente para o desenvolvimento dos pequenos negócios no Estado.
Vencedores

Categoria Inclusão Produtiva Com Segurança Sanitária

Projeto ‘Inclusão Produtiva e Geração de Renda’, município de Araguaína, prefeito Ronaldo Dimas

Categoria Pequenos Negócios No Campo

Projeto ‘Tuia Cheia, Produzir Sem Medo’, município de Couto de Magalhães, prefeito Ezequiel Guimarães Costa

Categoria Desburocratização e Formalização

Projeto ‘Empreender Sem Medo’, município de Colinas do Tocantins, prefeito José Santana Neto

Categoria Inovação e Sustentabilidade

Projeto ‘Pedro Afonso: Empreendedorismo Sustentável Gerando Desenvolvimento com Qualidade de Vida’, município de Pedro Afonso, prefeito Jairo Soares Mariano

Categoria Compras Governamentais de Pequenos Negócios

Projeto ‘Promovendo o Desenvolvimento Local Através do Apoio às MPE´s’, município de Miranorte, prefeito Frederico Henrique de Melo

Categoria Implementação da Lei Geral

Projeto ‘Colinas em Busca da Excelência na Gestão Empreendedora: Implementação e Institucionalização da Lei Geral’, município de Colinas do Tocantins, prefeito José Santana Neto

Categoria Melhor Projeto

Projeto ‘Sitio Novo Rumo 100% Desburocratização’, município Sítio Novo do TO, prefeito Antônio Jair Abreu Farias.

IMG-20160330-WA0005O prefeito de Palmeiropolis ficou em 5º lugar na sua categoria “Pequenos produtores, grandes negócios”.

Esteve presente sua esposa Ana Paula Vaz, secretários em geral, vereadores Nilson Rodrigues, Marcia Araujo e o presidente da Câmara Fabio Gonçalves.

IMG-20160330-WA0004

http://mapadanoticia.com.br/