Padrasto é preso suspeito de estuprar e engravidar enteada de 12 anos em Goiás

Segundo a PM, crime foi descoberto pela mãe da vítima devido às mudanças no corpo da menina.

Um homem de 30 anos foi preso suspeito de estuprar a enteada, de 12 anos, em Senador Canedo. Segundo a polícia, a adolescente está grávida dele. A hipótese é que os abusos aconteciam há mais de um ano.

A Polícia Militar informou que o homem morava com a mãe da vítima na Região Metropolitana de Goiânia. O crime só foi descoberto após a mãe perceber as mudanças no corpo da menina devido à gestação.

Pressionada, ela relatou os abusos que aconteciam dentro da casa. “Ela contou que foi seduzida por ele e ficou mantendo esse relacionamento durante esse período, mas como é criança, não tem como se posicionar”, disse o tenente Daniel Resende.

De acordo com a PM, quando a mãe da vítima descobriu o crime, expulsou o suspeito de casa. Porém, o homem ainda a ameaçava. A polícia, então, foi acionada. O suspeito foi encontrado próximo à residência da adolescente e disse que estava tentando uma reconciliação com a mãe.

A corporação disse que o suspeito confessou o crime. “Ele disse que morava com a mãe, mas que com o tempo, começou a se envolver com a filha, se sentir atraído por ela. Ele fala com uma certa naturalidade, como se fosse algo normal”, disse o tenente da PM.

Ele foi levado para a Delegacia da Mulher de Goiânia e autuado por estupro de vulnerável.

 G1 Goiás

Homem é preso suspeito de estuprar e engravidar a própria filha

Segundo a polícia, os estupros começaram no fim de 2015. Na época, a vítima tinha apenas 13 anos.

Um homem foi preso suspeito de estuprar e engravidar a própria filha, em Rosário do Sul, na região central do Rio Grande do Sul. O suspeito, de 52 anos, foi detido nessa quinta-feira (13). Segundo a polícia, os estupros começaram no fim de 2015. Na época, a vítima tinha apenas 13 anos.

“Eles foram em um baile gaúcho, ele bebeu e deu bebida para ela e os dois chegaram alterados. Ela foi dormir na cama dele, como era de costume, só que ele se aproveitou dela. A partir dali, ela era violentada quase todos os dias”, afirmou o delegado Fabio Miguez, em entrevista.

À polícia, a adolescente contou que era ameaçada pelo pai, caso ela quisesse revelar o abuso sexual. Durante a gestação, a menina foi morar com a mãe, em Santa Maria. Ela disse que o filho era de um namorado, também adolescente.

“A mãe teria desconfiado da história e pressionado para saber a verdade dos fatos, quando a filha contou que teria sido abusada pelo próprio pai. Foi solicitado exame de DNA e o resultado foi positivo de que o filho da adolescente seria o próprio pai [da menina]”, disse o delegado.

Em depoimento à polícia, o homem negou ter estuprado e engravidado a filha. “Ele negou os fatos”, observa o delegado.

Noticias ao Minuto