Salva-vidas de praia encontram corpo de jovem enterrado na areia

Caso foi registrado na praia São Francisco às margens do rio Tocantins, no município de Praia Norte. Vítima foi identificada e segundo a Polícia Militar não havia marcas de violência.

O corpo de Elenia Silva Santos, de 20 anos, foi localizado por salva-vidas de uma praia no município de Praia Norte, na região do Bico do Papagaio. A vítima estava com o corpo coberto e apenas os pés apareciam para fora da areia. O caso foi registrado na praia do São Francisco às margens do Rio Tocantins.

Segundo a Polícia Militar, o corpo foi encontrado por volta das 17h deste domingo (29). A polícia disse que foi chamada por salva-vidas que trabalhavam na praia. A jovem estava enterrada atrás de barracas da praia.

Ainda segundo a polícia, não se sabe até o momento as circunstâncias do crime. Além disso, não foram encontradas lesões no corpo da vítima. A perícia esteve no local e o corpo foi levado para o IML de Araguatins.

Bombeiros encontram corpo de adolescente que se afogou ao nadar no rio Araguaia

Menor desapareceu nesta sexta-feira, no povoado Garimpinho, em Araguaína. Corpo foi encontrado na manhã deste sábado após buscas.

Os Bombeiros encontraram, na manhã deste sábado (28), o corpo de um adolescente de 16 anos que desapareceu, enquanto nadava no rio Araguaia. O caso aconteceu no povoado Garimpinho, em Araguaína. A vítima foi identificada como Daniel de Sousa Altanape.

O menor se afogou na tarde desta sexta-feira. Uma testemunha disse aos Bombeiros que ele estava com algumas pessoas em frente à ilha do Mosquito, quando não foi mais visto.

O povoado fica a mais de 100 km do centro de Araguaína. O IML do município disse que foi acionado para buscar o corpo.

Outro caso

Na última quinta-feira (26), um menino de 11 anos também morreu afogado em uma região de chácaras próximo do setor Costa Esmeralda, em Araguaína. Bruno Rodrigues Teixeira teria saído para brincar em um córrego com outras crianças e se afogou.

Conforme apurado pela TV Anhanguera, o menino estava com o irmão mais novo e outras duas crianças. Durante o banho no córrego, o menino se afogou e foi retirado pelos próprios colegas.

O local do acidente ficava a cerca de 2 quilômetros da casa dos meninos. O Samu foi acionado, mas ao chegar no local encontrou Teixeira sem vida.

Bombeiros encontram corpo de jovem que desapareceu em rio no sul do estado

José Júnior Pereira Araújo, de 25 anos, havia desaparecido no fim de semana após mergulhar no Rio Javaés. Corpo foi encontrado boiando próximo ao local onde ele foi visto pela última vez.

Corpo de Bombeiros encontrou o corpo de José Júnior Pereira Araújo, de 25 anos, que havia desaparecido no fim de semana após mergulhar no Rio Javaés. O caso foi em Formoso do Araguaia, na região sul do estado. O jovem estava boiando próximo ao local onde ele foi visto pela última vez.

A perícia da Polícia Civil foi chamada para confirmar as causas da morte e o corpo de José Júnior deve ser levado para o Instituto Médico Legal de Gurupi. Ele estava na região do povoado do Capão do Coco.

As buscas pelo jovem começaram ainda no domingo e pararam durante a noite, sendo retomadas na manhã desta segunda-feira (9). Ele foi encontrado no começo da noite.

Também neste domingo, Ludmila Santana de Sousa, de 23 anos, teve parada cardiorrespiratória após se afogar na praia da Ponta em Araguatins, no norte do estado. Ela foi encontrada minutos depois por uma equipe do Corpo de Bombeiros e levada para o Hospital Regional de Augustinópolis.

O Corpo de Bombeiros orienta os banhistas a não entrarem na água caso ingiram bebida alcoólica, pois a prática está relacionada a grande parte do número de afogamentos.

G1 Tocantins.

Bombeiros encontram corpo de jovem que estava desaparecido no rio Tocantins

Rapaz sumiu após supostamente sofrer uma crise de convulsão durante uma pescaria. Vítima foi encontrada a cerca de 3 quilômetros do local de desaparecimento, em Praia Norte.

Nunes desapareceu na tarde desta quarta-feira (13). As buscas começaram horas depois, mas foram encerradas durante a noite e depois retomadas na manhã desta quinta-feira.

Testemunhas contaram aos bombeiros que ele teve uma crise de convulsão durante uma pescaria e submergiu no rio.

Ainda segundo os Bombeiros, a perícia foi chamada e o corpo entregue para o IML.

Bombeiros encontram corpo de homem após três dias de buscas no rio Tocantins

Homem desapareceu quando entrou para tomar banho e atravessar o rio nadando. Testemunhas contaram que a vítima estava sob efeitos de álcool quando mergulhou.

Foi encontrado na manhã desta terça-feira (10) o corpo de Luís Ferreira da Silva, de 45 anos. O homem estava desaparecido desde o último domingo (8), quando entrou no rio Tocantins supostamente embriagado. Ele desapareceu no cais do porto de Tocantinópolis e foi encontrado a cerca de três quilômetros do local.

Segundo o Corpo de Bombeiros, a vítima estava submersa a cerca de 1 m de profundidade e debaixo de galhadas. “O resgate do corpo durou em torno de 1 hora e meia e foi bastante difícil em decorrência da grande quantidade de galhadas na região”, disse sargento Gilvan Guimarães dos Santos.

O corpo foi entregue à perícia e o caso repassado para a polícia.

Entenda

Testemunhas contaram que a vítima é de Araguaína e estava sob efeito de álcool quando entrou na água. Ele teria dito que iria atravessar o rio, mas submergiu e desapareceu.

Os Bombeiros informaram que alguns fatores dificultaram as buscas, como a correnteza, a água escura, a baixa temperatura e a cheia do rio.

G1 Tocantins

Em Jaú do Tocantins, bombeiros encontram corpo de homem que morreu afogado ao salvar mulher

Corpo desapareceu na manhã do último domingo (17) e foi localizado nessa terça-feira (19). Afogamento foi em um rio na zona rural de Jaú do Tocantins.

O corpo de Sandro Faria de Jesus, 40 anos, foi encontrado nessa terça-feira (19) no rio Santa Tereza, no município de Jaú do Tocantins, no sul do estado. Segundo o Corpo de Bombeiros, o afogamento foi na manhã do último domingo (17).

Testemunhas disseram aos bombeiros que o homem desapareceu na água quando foi socorrer uma mulher que estava se afogando. Ela sobreviveu e o homem não foi mais visto. O corpo do homem será levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Gurupi. 

G1 Tocantins

Moradores saem para procurar pequis e encontram explosivos enterrados

Bananas de dinamite estavam em área próxima à praia dos Buritis. Material foi detonado pelo Comando de Operação Especiais da PM.

Dezenas de explosivos foram encontrados na tarde desta quarta-feira (25) enterrados em uma área verde próximo da praia dos Buritis, na região sul de Palmas. Conforme a Polícia Militar, foram localizados pelo menos 15 encartuchados de emulsão, popularmente conhecidos como bananas de dinamite. O material foi localizado por moradores que estava procurando pequis no cerrado.

O Comando de Operações Especiais da Polícia Militar foi acionado para fazer a remoção e detonação dos explosivos. Conforme a PM, o material encontrado é poderoso e apenas uma das bananas é suficiente para estourar um carro forte.

O material foi detonado ainda durante a tarde.

Esta é a segunda vez que explosivos são encontrados enterrados em Palmas neste mês. No último dia 10, três pessoas foram flagradas desenterrando explosivos num matagal, da quadra 605 Sul, em Palmas. Naquela vez fora encontrados cerca de sete quilos de explosivos. 

G1/Tocantins

Bombeiros encontram corpo de jovem que estava desaparecida no Rio Araguaia

Segundo corporação, vítima, de 23 anos, foi encontrada a 2,5 km do local em que sumiu, em Santa Rita do Araguaia.

O Corpo de Bombeiros encontrou, no domingo (3), o corpo de Carla Patrícia Rocha Conceição, de 23 anos, em Santa Rita do Araguaia, na região sudoeste de Goiás. De acordo com a corporação, a jovem estava desaparecida desde o sábado e a família suspeitava que ela tinha sido vítima de afogamento.

De acordo com o tenente Rodrigo Suzano Rodrigues, Carla Patrícia é de Alto Araguaia (MT) e teria ido até o rio para nadar. Ele afirma que a corporação encontrou um bilhete escrito pela vítima que revela, segundo ele, indício de suicídio.

“Nós fomos acionados no sábado para fazer as buscas durante o dia, no outro dia encontramos a vítima a 2,5 km do local onde ela teria entrado no rio. Ela tinha deixado um bilhete na moto, falando que queria morrer, mas esta é uma hipótese. Ela morreu afogada”, afirmou o bombeiro.

O local onde o corpo foi encontrado fica próximo à divisa de Goiás com o Mato Grosso. Segundo o tenente, as buscas tiveram a colaboração dos bombeiros do MT, que também estavam mobilizados.

O corpo de Carla Patrícia foi levado para o Instituto Médico Legal de Rondonópolis, e já foi liberado para a família.

Trabalho de buscas foi feito por dois dias no Rio Araguaia (Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros).

G1/GO

Após desaparecimento de homem, moradores matam jacaré e encontram restos mortais

Material foi recolhido e está sendo analisado pelo IML em Palmas. Homem sumiu no rio Javaé, em Lagoa da Confusão, mas Bombeiros não o encontraram.

Instituto Médico Legal em Palmas vai fazer exames para saber se restos mortais encontrados na barriga de um jacaré-açu são de um homem que desapareceu no rio Javaé, em Lagoa da Confusão, na última sexta-feira (28). Assim que Adilson Bernardes de Oliveira, 47 anos, sumiu, os Bombeiros iniciaram buscas pelo rio, mas não o encontraram.

Segundo o Corpo de Bombeiros, o homem, que é natural de Belo Horizonte (MG), acampava na região com amigos e desapareceu de quinta-feira (27) para sexta-feira (28).

“O dono do local contou que foi dormir, por volta das 22h e quando acordou não viu Adilson. Ele procurou e encontrou os chinelos e um isqueiro perto do rio”, contou o sargento Ronaldo Barbosa.

Os militares foram chamados, mas só conseguiram chegar no local na madrugada de sábado (29). A região é de difícil acesso. O sargento Ronaldo e o soldado Bruno Teixeira, do Corpo de Bombeiros de Gurupi, participaram das buscas.

“Nós fizemos buscas pela terra, na margem e ao longo rio. Descemos e subimos o rio várias vezes e vimos pelo menos sete jacarés, alguns adultos de mais de quatro metros. Não encontramos nenhum vestígio do homem. Quando chegamos em um remanso, parte mais funda do rio, onde a água fica parada, decidi mergulhar a quatro metros de profundidade, mesmo correndo risco. A água é muito escura, então não conseguia ver quase nada. Quando eu voltei para superfície, uns 20 minutos depois, tinha um jacaré a uns seis metros de mim”, relatou o sargento.

As buscas terminaram por volta das 13h de domingo (30). Os Bombeiros relataram que os moradores resolveram capturar um dos jacarés e mataram o animal. Dentro dele, foram encontrados sacolas e restos mortais. O material foi recolhido pela perícia.

“Os moradores acreditam que os animais tenham devorado o homem. Os jacarés estavam com uma barriga cheia, desproporcional. Dentro do que foi morto, foram encontradas sacolas e Adilson andava sempre com sacolas nas calças”.

Caso semelhante

Em abril do ano passado, um jacaré foi morto em Araguacema, região oeste do Tocantins. Dentro da barriga do animal, moradores localizaram restos mortais. Eles acreditavam que o material era de um homem desaparecido no rio.

Rogério Marques de Oliveira, de 41 anos, havia sumido no mesmo mês. Os Bombeiros procuraram por ele durante quatro dias, mas ele não foi encontrado. Parentes contaram à polícia que ele teria sido atacado por um jacaré e puxado para o fundo do Rio Araguaia.

O material encontrado dentro do animal passou por exames e o IML constatou que os restos mortais não eram de humanos.

Jacaré-açu foi morto por moradores da região (Foto: Divulgação)
Jacaré-açu foi morto por moradores da região (Foto: Divulgação)

G1/TO

Bombeiros encontram corpo de jovem que desapareceu no rio Araguaia

Corpo foi achado na manhã desta terça-feira (25). Lavrador desapareceu no domingo e as buscas ultrapassaram as 24 horas.

Os Bombeiros encontraram o corpo do jovem William Alves Agra, de 24 anos, que foi visto pela última vez no último domingo (23), no porto da Praia do Garimpinho, no rio Araguaia, norte do Tocantins. As buscas foram retomadas nas primeiras horas desta terça-feira (25). O corpo foi achado por volta das 6h.

O IML de Araguaína foi acionado para retirar o corpo. O lavrador desapareceu na tarde de domingo (23), enquanto nadava próximo ao porto. Testemunhas informaram que ele afundou e não foi mais visto.

Bombeiros começaram as buscas no mesmo dia. A procura foi retomada nesta segunda-feira, quando dois mergulhadores foram enviados ao local para ajudar nos trabalhos. Pescadores da região e a Polícia Militar deram apoio.

Outras oito pessoas morreram afogadas neste mês de julho, durante a temporada de praias. Nesta segunda-feira (24), o corpo do engenheiro civil José Avelar Gomes do Nascimento Júnior, de 35 anos, foi encontrado em um lago, próximo a ilha da Capivara, em Brejinho de Nazaré, após cair de uma canoa. De acordo com os Bombeiros, o corpo foi encontrado boiando a 10 km do local onde despareceu.

“A água é sempre traiçoeira. Às vezes a pessoa sabe nadar, mas ela pode ter uma câimbra, um mal súbito. Para aquela pessoa que não sabe nadar a gente sempre fala que água no umbigo é sinal de perigo. Isso porque se por ventura, pisar em falso em um banco de areia, for arrastado pela correnteza, dificilmente vai conseguir retornar, uma vez que não tem habilidade na água. Quanto às crianças, elas devem ser vigiadas pelos pais ou responsáveis”, diz o major do Corpo de Bombeiros, Maxuel Souza.

G1/TO