Em jogo com duas viradas, França elimina Argentina com show de Mbappé

Atacante de 19 anos assombra o mundo com arrancadas e dois gols em jogo com duas viradas; Messi termina sua quarta Copa sem marcar em mata-mata.

A VITÓRIA DE UM ADOLESCENTE

Quem esperava Lionel Messi, 31 anos, viu Kylian Mbappé, 19. O jogador mais novo da fase de mata-mata da Copa assombrou o mundo com arrancadas (uma delas de 64 metros, atingindo 38km/h) e dois gols na vitória da França sobre a Argentina por 4 a 3 em Kazan, pelas oitavas de final da Copa do Mundo. Com uma atuação histórica, o adolescente conduziu a seleção francesa à classificação num jogo tenso, com duas viradas, e que confirmou o time de Didier Deschamps como um dos candidatos ao título.

OS GOLS

Griezmann abriu o placar de pênalti, e Di María empatou no fim do primeiro tempo, num chutaço de fora da área. Mercado virou o jogo no início do segundo tempo, desviando chute de Messi. Mas a França marcou três gols em 11 minutos na sequência (um golaço de Pavard e dois de Mbappé) e levou a classificação para as quartas de final da Copa do Mundo. Nos acréscimos, Agüero ainda fez o terceiro da Argentina.

 

O DRAMA DE MESSI

Em sua quarta Copa do Mundo, o dono de cinco Bolas de Ouro se despede mais uma vez sem fazer um gol numa fase de mata-mata no Mundial (ele tem agora 19 jogos e seis gols em Mundiais, todos em fase de grupos). Messi participou do lance do segundo gol, o da virada argentina, no início da etapa final – ele chuta, a bola desvia em Mercado e entra. No geral, porém, o camisa 10 teve pouco espaço para jogar, marcado de perto pelo incansável Kanté e sem um centroavante por 65 minutos (Aguero entrou aos 20 do segundo tempo).

O QUE VEM POR AÍ

A França agora pega o vencedor de Uruguai e Portugal nas quartas de final, sexta-feira, às 11h de Brasília, em Nizhny Novgorod. O volante Matuidi recebeu o segundo amarelo e não joga. Tolisso deve ser seu substituto.

G1 Tocantins.

Botafogo elimina o Fluminense e encara Vasco na final da Taça Rio

Agora, o Botafogo encara o Vasco na final do segundo turno do Campeonato Carioca.

Botafogo e Fluminense usaram times reservas na semifinal da Taça Rio. Melhor para o Alvinegro, que não tomou conhecimento do rival e ganhou por 3 a 1 neste sábado, no Estádio Nilton Santos (Engenhão). Igor Rabelo, Dudu Cearense e Sassá marcaram para os donos da casa. Destaque para a comemoração do camisa 9, que contou com a famosa ‘sarrada no ar’. Richarlison descontou para o Tricolor.

Agora, o Botafogo encara o Vasco na final da Taça Rio. Na decisão, não há qualquer vantagem e, em caso de empate, a decisão será definida nas cobranças de pênaltis. Antes, o Alvinegro encara partida importante pela Libertadores, na quarta-feira (12), contra o Atlético Nacional-COL, em Medelín.

JOGO

O placar do duelo entre Botafogo e Fluminense foi aberto logo no primeiro minuto do primeiro tempo com o zagueiro Igor Rabelo, que bateu continência na comemoração. O gesto foi criado no ano passado, quando ganhou o apelido de ‘general’ ao ser emprestado ao Náutico.

Dudu Cearense que viveu status de capitão por um dia, ampliou para o Botafogo com um gol aos 26 minutos do primeiro tempo. O problema é que o jogador estava em posição de impedimento com outros três companheiros. Gol ilegal ignorado pelo trio de arbitragem.

Com 2 a 0 no placar, o Botafogo voltou no segundo tempo com vontade de vencer a partida e Sassá praticamente definiu a classificação ao marcar o terceiro gol, com muita qualidade. O atacante girou em cima de Frazan e chutou forte no canto para estufar a rede.

Técnico do Fluminense Abel Braga lançou alguns titulares ao campo para tentar reverter o placar de 3 a 0. Richarlison entrou e teve boa atuação. O jogador foi derrubado por Fernandes dentro da área e efetuou a cobrança. Apesar do gol, foi muito tarde para uma reação.

BOTAFOGO

Gatito; Fernandes, Renan Fonseca, Igor Rabelo e Gilson; Dudu Cearense, Lindoso (Matheus Fernandes), João Paulo e Camilo; Guilherme (Pachu) e Sassá (Vinicius Tanque)

T.: Jair Ventura

FLUMINENSE

Diego Cavalieri; Luiz Fernando (Richarlison), Frazan, Reginaldo e Marquinhos Calazans; Douglas (Sornoza), Orejuela, Marquinho; Lucas Fernandes, Marcos Jr (Osvaldo) e Pedro

T.: Abel Braga

Com informações da Folhapress.

Noticias ao Minuto