Criminosos cortam rede de comunicação e roubam lotérica e Correios no Tocantins

Eles usaram um pé de cabra para arrombar as portas e levaram dinheiro que estava nos cofres. Dois carros teriam sido usados na ação.

Criminosos invadiram a lotérica e agência dos Correios na cidade de Santa Maria do Tocantins, a 260 km de Palmas. A ação ocorreu na madrugada desta quarta-feira (13), por volta das 3h. Segundo a Polícia Militar, eles cortaram a comunicação da cidade, interrompendo o funcionamento das linhas de celular.

Conforme a PM, na lotérica, usaram um pé de cabra para arrombar a porta e depois o cofre, de onde teriam levado cerca de R$ 80.

Na agência dos Correios, eles também teriam usado o pé de cabra para arrombar a porta e um maçarico para abrir o cofre, levando cerca de R$ 9 mil.

Conforme a polícia, dois carros foram usados na ação, mas não há informações de quantos criminosos participaram. Testemunhas disseram que eles fugiram pela estrada que liga Tupirama à BR-153. Até o momento ninguém foi preso.

Em nota, os Correios disseram que vão manter a agência de Santa Marai do Tocantins fechada durante esta semana, para realização de perícia e apuração interna. Enquanto isso, os clientes devem procurar atendimento na cidade de Pedro Afonso.

G1 Tocantins

Criminosos explodem caixa eletrônico dentro de bloco da UFT

Bloco I, onde ficam instalados os caixas eletrônicos, foi isolado até a chegada da perícia. Em agosto do ano passado, criminosos arrombaram dois caixas no mesmo local.

Criminosos explodiram um caixa eletrônico instalado no Bloco I da Universidade Federal do Tocantins. A informação é que o crime aconteceu na madrugada desta terça-feira (5), por volta das 4h30. O bloco foi isolado até a chegada da perícia.

Para ter acesso ao local, os homens fizeram um bucaco na parede. Depois, usaram dinamites para explodir o equipamento. Com a explosão, a porta do bloco teve os vidros quebrados.

Em agosto do ano passado, dois caixas eletrônicos foram alvos de criminosos dentro da UFT. Os equipamentos foram abertos com a ajuda de maçaricos. Funcionários relataram na época que há três caixas no local, sendo que apenas os dois que realizam serviço de saque foram abertos pelos criminosos.

 G1 Tocantins

Criminosos atacam 3 agências bancárias e fazem moradores reféns no Tocantins

Antes de chegarem aos bancos, eles capturaram quatro moradores que estavam na orla da cidade. Parte dos suspeitos fugiu em uma embarcação.

Criminosos atacaram as três agências bancárias de Xambioá, no norte do Tocantins, na noite desta sexta-feira (3). Antes de chegarem aos bancos, eles capturaram quatro moradores que estavam na orla da cidade e os usaram como reféns. A ação dos suspeitos durou cerca de duas horas.

A primeira agência a ser atacada foi a do Banco do Brasil. Eles explodiram caixas eletrônicos e levaram todo o dinheiro. Portas e paredes foram quebradas. O local ficou completamente destruído.

Segundo moradores, cerca de oito homens invadiram o Banco do Brasil, mas havia mais suspeitos dando suporte em motocicletas do lado de fora. Durante a explosão, os criminosos perderam a chave de um dos carros usados na ação e abandonaram o veículo em frente a agência. Eles pegaram o carro de um dos reféns para fugir.

Em seguida os criminosos se dirigiram a agência do Bradesco, onde quebraram a porta e depois ao Banco do Amazônia, onde suspeitos dispararam nas portas. Até o momento não há confirmação se algo foi levado dessas duas agências.

Parte dos suspeitos fugiu pela TO-164 e deixou os reféns na estrada, perto fábrica de cimento, a 18 km de Xambioá. Ninguém ficou ferido. O carro de um dos moradores, que estava sendo usado na fuga, foi abandonado às margens do rio Araguaia, onde os crimininos pegaram uma embarcação e seguiram com destino a São Geraldo (PA).

Outra parte dos criminosos fugiu em outro carro por um desvio em direção a BR-153. Até o momento ninguém foi preso.

G1/Tocantins

Criminosos explodem banco enquanto PMs atendiam em outra cidade do Tocantins

PM disse que a delegacia em Filadélfia não funciona aos fins de semana, por isso os policiais tiveram que ir até Araguaína. Eles fazem buscas pelos criminosos.

Uma agência do Banco do Brasil em Filadélfia, norte do estado, foi explodida por criminosos na noite deste sábado (28). No momento da ação, os policiais militares da cidade estavam em Araguaína, município localizado a cerca de 100 km, registrando um boletim de ocorrência de um acidente que havia acontecido na região.

Na ação, caixas eletrônicos da agência foram detonados. Parte da unidade ficou destruída. A polícia não informou quantos homens participaram do assalto e nem se eles conseguiram levar dinheiro.

A PM afirmou que os policiais de Filadélfia tiveram que ir até Araguaína porque a delegacia da cidade não funciona aos fins de semana. Assim que souberam do assalto, os policiais retornaram para a cidade. A PM dos dois municípios segue com as buscas na região na tentativa de encontrar os criminosos.

G1/TO

Criminosos armados com fuzil explodem carro-forte na BR-153

Ataque foi registrado entre Guaraí e Presidente Kennedy. Durante a ação, um carro de passeio foi parado pelos criminosos e incendiado para bloquear a pista.

Criminosos armados com fuzis atacaram um carro-forte na BR-153 na tarde desta sexta-feira (27), entre Guaraí e Presidente Kennedy, na região central do estado. Testemunhas contaram que os assaltantes pararam um carro de passeio e incendiaram para bloquear a pista. Houve forte tiroteio na região e o carro-forte foi explodido.

A pista foi interditada por algum tempo, mas o trânsito foi liberado em meia pista.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, três assaltantes fortemente armados atacaram o carro-forte e usaram explosivos para abrir o veículo. Durante a ação, um caminhão passou em alta velocidade e os assaltantes deixaram uma metralhadora .50 cair, junto com uma bolsa de munições.

Eles conseguiram levar malotes de dinheiro e fugiram em um outro carro que roubaram no local. A PRF informou que está na região fazendo buscas pelos suspeitos com a poio da Polícia Militar. Até o momento, ninguém foi preso.

A Polícia Científica está no local e quando a perícia terminar o carro deve ser retirado da rodovia e a pista liberada.

A empresa Prosegur, dona do carro-forte, disse que não há feridos. “A companhia informa que está à disposição das autoridades e colaborando para o andamento das investigações”.

G1/Tocantins

Criminosos explodem caixa eletrônico de agência bancária no Tocantins

Segundo a polícia, homens não conseguiram levar dinheiro. Caso ocorreu na agência do banco Itaú, na região sul da capital.

Um caixa eletrônico da agência do banco Itaú, localizada na quadra 602 Sul, em Palmas, foi explodido na madrugada desta sexta-feira (20). O equipamento ficou destruído, mas segundo a polícia, os homens não conseguiram levar dinheiro.

O caso ocorreu por volta das 2h. Após a explosão, o alarme acionou e a polícia foi informada. Os policiais foram até o local, mas não encontraram os criminosos. A péricia foi chamada e está no local.

G1/TO

Criminosos invadem delegacia, furtam vários objetos e ainda fogem em viatura no Tocantins

Delegacia da Mulher foi alvo de criminosos na região central de Palmas. Crime só foi percebido quando funcionários chegaram para trabalhar no início da manhã.

A Delegacia da Mulher de Palmas foi alvo de criminosos durante o final de semana. Os ladrões levaram uma viatura descaracterizada e até um computador que pode conter ocorrências da Polícia Civil. O furto só foi percebido na manhã desta segunda-feira (16), depois que os agentes e servidores chegaram para trabalhar no início da manhã.

A delegacia fica na quadra 604 Sul, na região central de Palmas. Conforme testemunhas, o portão da casa onde funciona a unidade estava no chão e teve o motor elétrico danificado. Uma janela também foi arrombada. O local não tem câmeras de segurança.

Conforme funcionários, foram furtados uma televisão, um aparelho de DVD, botijão de gás e brinquedos. Além do computador e a viatura. O delegado responsável pela unidade não quis gravar entrevistas.

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) informou, em nota, que “todas as perícias foram realizadas no local e que as demais providências, no sentido de identificar a autoria, foram adotas.” Ainda segundo o documento, uma equipe de policiais civis da 2ª Delegacia de Polícia Civil será responsável por apurar as circunstâncias do furto.

G1/TO

Criminosos fazem moradores reféns e invadem Correios no sul do Tocantins

Os criminosos entraram pelo buraco do ar-condicionado, abriram o cofre e levaram dinheiro.

Criminosos assaltaram uma agência dos Correios na cidade de Talismã, na madrugada desta sexta-feira (13), por volta das 2h40. Antes de entrar no local, eles invadiram uma casa que fica aos fundos e fizeram os um casal de idosos, com 66 e 67 anos, reféns. Ninguém se feriu.

Conforme a Polícia Militar, os moradores contaram que dormiam na área da casa quando foram surpreendidos por três homens armados. Os criminosos roubaram os celulares e deixaram os idosos trancados em um dos cômodos.

Segundo o Sindicato dos Trabalhadores na Empresa de Correios e Telégrafos (Sintect), os criminosos entraram pelo buraco do ar-condicionado, abriram o cofre e levaram dinheiro. Um carro que teria dado apoio na fuga foi encontrado abandonado próximo à TO-296. Até o momento ninguém foi preso.

O jornal procurou a Polícia Militar, mas até a publicação dessa reportagem não obteve resposta.

G1/TO

Criminosos fazem reféns, promovem tiroteio e explodem caixas

Crime aconteceu em Tocantinópolis e deixou moradores assustados. Segundo a polícia, cinco pessoas foram feitas reféns, sendo que uma delas ficou ferida.

Os moradores de Tocantinópolis, norte do estado, foram surpreendidos por um assalto na noite desta quarta-feira (5). Criminosos armados invadiram o município, explodiram dois caixas eletrônicos do Bradesco e atiraram em vários pontos da cidade. A Polícia Civil disse que cinco pessoas foram feitas reféns. Uma delas ficou ferida ao cair da camionete usada pelos homens.

O crime ocorreu por volta das 22h. Segundo a polícia, os criminosos foram até uma quadra de futebol e fizeram cinco reféns, algumas foram colocadas na carroceria da camionete, outra no para-brisa do veículo. Um dos homens que estava na carroceria, caiu, teve escoriações e precisou de atendimento médico.

Depois, os criminosos foram até a agência do Bradesco, onde explodiram dois caixas eletrônicos. Os reféns foram liberados a cerca de 20 km da cidade. Os criminosos deixaram para trás um galão de óleo. Eles ainda não foram encontrados.

G1/TO

Grávida é morta com tiro dentro de carro após abordagem de criminosos em Goiás

Marido e filho do casal, de 2 anos, também estavam no veículo, mas não se feriram. Segundo esposo, vítima foi baleada após discutir com um dos suspeitos, que havia assumido a direção do automóvel.

Uma mulher de 28 anos foi morta após ser baleada dentro do carro onde viajava, em Ivolândia, região central de Goiás. Segundo a Polícia Civil, a representante comercial Vanessa Camargo, grávida de 3 meses, estava acompanhada do marido e do filho do casal, de 2 anos, quando eles foram abordados por dois homens em uma moto. O esposo, que dirigia o veículo, parou e um dos suspeitos assumiu a direção. Ele disse em depoimento que a vítima discutiu com o rapaz e levou um tiro na cabeça. Até o momento, ninguém foi preso.

O crime aconteceu na segunda-feira (7) em uma estrada vicinal da cidade. O marido e a criança não se feriram. De acordo com o delegado Ramon Queiroz, responsável pelo caso, a família mora em Iporá, também na região central, e seguia para Goiânia por motivo de trabalho.

“O marido dela disse ontem [terça-feira, 1º] que eles foram abordados na GO-060, cerca de 15 km depois de Iporá. Depois que um dos homens assumiu a direção, o outro continuou na moto e seguiu o carro. O condutor pegou o caminho inverso, entrou em uma estrada de terra e fugiu com o comparsa na moto depois de cometer o crime”, disse o delegado.

Ainda conforme Queiroz, o marido de Vanessa, que é empresário, afirmou que a esposa discutiu com o criminoso porque queria descer do veículo. Ele disse também que como seu celular estava sem sinal, pegou o filho e foi até a estrada para pedir ajuda. Porém, a mulher não resistiu.

O responsável pelo caso disse que nenhum pertence foi levado. O esposo da vítima afirmou que ficou com medo e parou o veículo após ver a arma do motociclista.

“Não descartamos nenhuma possibilidade. Temos que checar tudo. Estou tentando marcar a reconstituição do crime ainda para esta semana para que o marido possa mostrar como se deram os fatos”, afirmou Queiroz.

G1/TO