Polícia encontra dois corpos em fazenda do Tocantins

Vítimas foram identificadas como José Abrão de Morais e Wagner Carlos Siqueira. Dono da fazenda relatou ter ouvido tiros na noite anterior.

Polícia Militar de Lagoa da Confusão, na região oeste do Tocantins, encontrou dois corpos em uma fazenda nesta quinta-feira (16). Os militares foram chamados pelo dono da propriedade durante a tarde. O homem dizia ter ouvido tiros na noite anterior.

Os corpos estavam em um matagal no local. As vítimas foram identificadas como José Abrão de Morais, que não teve a idade informada, e Wagner Carlos Siqueira, de 56 anos. Eles foram levados para o Instituto Médico Legal de Paraíso do Tocantins.

A PM não soube informar porque o morador só relatou os tiros horas após o ocorrido. A Polícia Civil disse que o homem foi ouvido e liberado, mas que não poderia informar o conteúdo do depoimento porque o caso está sob sigilo.

Também não foi informado se as vítimas tinham alguma passagem pela polícia, os dois estavam envolvidos em conflitos por terra na região. Segundo a PM, os dois eram naturais de Goiás. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil de Lagoa da Confusão.

Imagem ilustrativa net

Superlotada, festa no Mineirão para jogo do Brasil tem confusão e torcedores feridos

Dois torcedores foram encaminhados para o Hospital Odilon Behrens. Outros dois torcedores foram socorridos com fraturas.

Torcedores foram pisoteados na festa na Esplanada do Mineirão, em Belo Horizonte, na tarde desta quarta-feira (27), durante o jogo Brasil e Sérvia pela Copa do Mundo.

Por volta das 14h, a lotação já estava esgotada e os portões foram fechados. Uma multidão ficou do lado de fora. Os torcedores que ficaram para fora começaram a pular a grade e a entrar por frestas. A segurança do evento então abriu o portão.

Quando o portão foi aberto, aconteceu uma grande confusão. Muitos torcedores foram pisoteados. Após a vitória do Brasil por 2 a 0, o socorro ainda estava no local. As primeiras informações apontam dois feridos que estavam com fraturas ainda sendo socorridos na Esplanada após o jogo.

A cabeleira Luciana Martins relatou momentos de “pavor e medo”. A amiga dela foi pisoteada. “A gente estava vendo jogo pelo telão e o pessoal começou a empurrar do lado de fora e foi empurrando, empurrando, empurrando. Ela caiu, ela caiu por cima. A gente tentando puxar e veio todo mundo pisando em cima”, disse.

De acordo com o Hospital Odilon Berehns, outros dois torcedores feridos foram levados para a unidade.

A Polícia Militar informou que o Batalhão de Choque foi encaminhado para o local. Segundo a PM, após o jogo a situação começou a melhorar. Ainda de acordo com a corporação, cerca de 9 mil pessoas ficaram para o lado de fora.

Às 17h, a organização do evento ainda não tinha informações sobre o ocorrido. Um show do Jota Quest estava previsto para o evento.Às 17h, a organização do evento ainda não tinha informações sobre o ocorrido. Um show do Jota Quest estava previsto para o evento.

G1 Tocantins

Show de Henrique e Juliano é cancelado e termina em confusão

Henrique & Juliano cancelam show em Itaboraí, e parte do público depreda clube.

A ausência de Henrique & Juliano numa apresentação marcada para o último domingo (12) em Itaboraí, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, causou revolta em parte do público. O clube Vera Gol Esporte e Lazer, no Outeiro das Pedras, foi depredado e saqueado por fãs revoltados com a falta da dupla. Um vídeo publicado nas redes sociais mostra vidros quebrados e objetos sendo furtados:

“População depredando e causando muita confusão”, relatou um dos presentes, que filmava o local. O vídeo circula nas redes sociais.

Nas redes sociais da dupla, até a manhã desta segunda-feira, ainda havia o vídeo divulgando o evento com o link para os fãs comprarem os ingressos. A assessoria de imprensa de Henrique & Juliano se pronunciou sobre o ocorrido:

“O show de Henrique e Juliano que aconteceria ontem, 12, em Itaboraí/RJ foi cancelado. O cancelamento se deveu ao não cumprimento do contrato firmado entre as partes. O contratante deixou de cumprir a integralidade das obrigações contratuais para a realização do evento, o que impossibilitou a execução do show. A divulgação sobre problemas no voo não procede. Henrique e Juliano estavam preparados e aptos a chegarem no horário estipulado. A equipe da dupla estava no local e tentou por diversas vezes contato com os contratantes para a solução das inadimplências contratuais, sem êxito nas tentativas. Henrique e Juliano lamentam o ocorrido, principalmente, por saberem do carinho de seus fãs no Rio de Janeiro e, esperam em breve poder reencontrá-los”.

Não conseguimos contato com a dupla.

Fonte: extra.globo

Gabarito vaza em site e concurso para estágio no TRE-GO é cancelado

Cinco mil se inscreveram e alguns afirmam que souberam já durante a prova
CIEE, que organiza certame, diz que dados foram publicados indevidamente

O cancelamento de um concurso para estágio no Tribunal Regional Eleitoral de Goiás (TRE-GO) gerou confusão na Universidade Uni-Anhanguera, em Goiânia, na tarde deste domingo (5). Segundo alguns candidatos, a prova já havia começado quando receberam a notícia de que o gabarito e o caderno de questões tinham sido divulgados indevidamente no site do Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE), que é o organizador do certame.

“Foi tudo muito confuso, pois eu já estava na terceira questão, quando o fiscal saiu da sala e voltou correndo, recolhendo as provas. Todos ficaram assustados, sem entender o que estava acontecendo. Aí ele disse que o gabarito e o caderno de provas tinham vazado e que o concurso estava cancelado”, contou ao G1 a estudante de pedagogia Helly Souza Dias, de 25 anos.

Também estudante de pedagogia, Ilana Oliveira da Silva, de 22 anos, conta que também já fazia a prova quando ouviu um tumulto no corredor da faculdade. “Eu estava na primeira questão, quando ouvi muita gente revoltada, gritando, querendo respostas. Mas aí apenas nos disseram que a prova estava cancelada e que uma nova data será marcada. Fiquei muito triste, pois aguardava essa prova com muita expectativa e ela acabou desse jeito”, afirmou.

Em nota, o CIEE confirmou que o concurso foi cancelado por causa da “publicação intempestiva do caderno de provas e gabarito oficiais,  cujas razões já estão sendo devidamente averiguadas”.

A assessoria de imprensa do órgão rebateu a informação de que os estudantes já faziam as provas quando foram avisados, em Goiânia. Segundo o CIEE, eles foram comunicados sobre o cancelamento antes mesmo da distribuição do material.

Ainda de acordo com a assessoria de imprensa, estavam disponíveis duas vagas imediatas de estágio, além de formação de cadastro reserva, para os estudantes dos ensinos médio, técnico e superior em diversas áreas. Cerca de 5 mil candidatos se inscreveram, gratuitamente, e faziam as provas em Goiânia, Anápolis, Jataí, Orizona, Santo Antônio do Descoberto, Águas Lindas, Itapaci, Niquelândia, Pontalina, São Domingos, Uruaçu, Iporá, Jussara, Varjão, Cavalcante, Mozarlândia e Rialma

O CIEE ressaltou, por fim, que os candidatos não serão prejudicados e uma nova data para o processo seletivo ainda será marcada.

Por telefone, a assessoria de imprensa do TRE-GO, informou que, em função do fim de semana, o órgão ainda não pode se pronunciar sobre quais serão as providências adotadas.

Para Kelly, o cancelamento desmotivou muitos candidatos. “Eu estava me preparando há bastante tempo e cheguei a fazer dois meses de cursinho, já pensando nesse concurso. Agora, nem sei se irei fazer mais. Achei muita falta de respeito com todos, que, em pleno domingo, saíram de suas casas para essa prova. Mesmo sendo de graça, foi um desgaste”, disse.(fonte:g1/go)