Uso racional de medicamentos é tema de campanha em Gurupi

Na oportunidade também serão oferecidos serviços como aferição de pressão arterial e teste de glicemia.

Tomar remédios por conta própria, não respeitar os horários de ingestão, ou ainda utilizar de medicamentos de uso contínuo sem reavaliação, são práticas que podem colocar a saúde em risco.

Sobre essas e outras questões, o curso de Farmácia do Centro Universitário UnirG irá promover uma campanha alertando a população sobre o Uso Racional de Medicamentos.  As ações serão realizadas nos dias 15 e 16 de maio, das 16 às 18h, durante a Semana Farmacêutica da UnirG.

Acadêmicos e professores estarão no Parque Mutuca e no campus II da UnirG prestando esclarecimentos à população sobre o tema, recolhendo medicamentos vencidos e ainda coletando doações de medicamentos fracionados ou não, que estejam adequados para o consumo. Não serão recebidos medicamentos líquidos e pomadas.

O objetivo é “informar sobre o armazenamento e conservação dos medicamentos em domicílios, destacar a importância da adesão ao tratamento e ainda estimular o descarte correto de medicamentos vencidos ou impróprios ao consumo”, explica a professora Karin Anne Margaridi Gonçalves.

Ainda segundo Karin, além da automedicação também são preocupantes os impactos ambientais e de saúde pública que podem ser causados com o descarte inadequado de medicamentos vencidos ou fora de uso.

“Estocar medicamentos nos domicílios é uma prática comum e o seu descarte quase sempre é feito de forma inadequada em pias, vasos sanitários e lixo comum. A população deve encaminhar o medicamento vencido ou em desuso para uma farmácia para que esta promova o encaminhamento adequado”, recomendou.

A ocasião também servirá para envolver os acadêmicos em atividades que coloquem os conhecimentos adquiridos em prática.

O evento

“Farmacêutico: antiga profissão, novos desafios” é o tema da VII Semana Farmacêutica. A programação do evento inclui palestras e mini-cursos sobre diversos temas. As inscrições estão abertas até a próxima segunda-feira, 14, clicando aqui

Para ler a programação completa clique http://www.unirg.edu.br/images/paginas/farmacia/1aFolder_Semana_Farmaceutica2018.pdf

Imagem acima ilustrativa/tuasaude.com

Mauro Carlesse cumpre agenda de campanha no fim de semana

O governador em exercício, Mauro Carlesse (PHS), candidato a governador pela Coligação Governo de Atitude nas eleições suplementares de 3 de junho, cumpre agenda de campanha no final de semana.

Carlesse esteve na noite do sábado, 28, em Pedro Afonso, por volta das 21 horas, na Festa do Trabalhador organizada pelo vereador Gordo.

No domingo, 29, o governador cumpre participa da Cavalgada em Aragominas, às 9 horas.

Após o evento , Carlesse segue para Pau D’Arco, onde participa de um almoço de aniversário do prefeito João da Serraria.

Kátia Abreu diz “ não farei campanha nojenta que possa me envergonhar”, durante reunião com lideranças política do Tocantins

Após a convenção do PDT, que referendou a candidatura da senadora Kátia Abreu ao governo, ela reuniu, em sua residência, mais de 400 lideranças políticas de todas as regiões do estado que vieram declarar apoio a sua candidatura.

O encontro ocorrido na noite de domingo, 22, também contou com a presença dos principais líderes dos partidos que apoiam sua candidatura, a exemplo do PEN, Avante, PSD, PDT e PSL. Na ocasião, Kátia Abreu anunciou o candidato a vice da chapa: o empresário Marco Antônio Costa.  

No discurso, Kátia Abreu fez um panorama de sua vida pública, falou sobre os desafios que enfrentou na vida, desde sua eleição para presidir o sindicato rural de Gurupi até ser eleita senadora. “Foram muitos os desafios para chegar aonde cheguei, somente Deus e minha família sabem o que enfrentei, mas não fugirei, a minha carreira não acabou, a minha luta não acabou. Podem vir com um caminhão de dinheiro que vou com minha força de trabalho e vamos vencer às eleições”, falou confiante.

Ela reforçou que quer debater projeto e não sua história de vida. “Nossa luta só está começando, quero enfrentá-los nos debates das universidades, nas televisões. Não sou melhor do que eles, mais sou, obstinada, aplicada e humilde para aprender e entender o meu estado. Nenhum dos candidatos conhecem o estado como eu conheço”.

Sem citar nomes, a candidata frisou não ser melhor que seus adversários, mas disse “ser diferente deles” e disparou “Eu não compro pessoas, não compro apoio, porque sou leal aos meus princípios, e ao povo do Tocantins. Não farei uma campanha nojenta que eu possa me envergonhar”, afirmou.  

Participação

Dentre as lideranças estavam presentes: os pré-candidatos a deputados estaduais nas eleições de outubro, Sargento Aragão, Manoel Queiroz, Júnior Luiz e José Augusto Pugliesi. Além dos pré-candidatos a deputados federais: Oswaldo Reis e Tom Lira.

Foto: Divulgação

Assessoria de comunicação – Kátia Abreu

Campanha de vacinação contra gripe H1N1 terá início dia 23 de abril em Palmeirópolis

Esta é a 20ª campanha Nacional de vacinação contra a Influenza no município de Palmeirópolis.

A vacinação contra o H1N1 começou nesta quarta-feira dia (18), em Palmeirópolis com a equipe da saúde. Para este grupo a vacina segue até dia 20. De acordo com a secretaria, o dia (D) de vacinação está marcado para 12 de maio.

As doses serão destinadas aos grupos prioritários determinados pelo Ministério da Saúde. A campanha na zona urbana acontecerá no período de 18 de abril até dia 25 de maio. Sendo o dia 12 dia (D), de maior divulgação e mobilização.

As doses estarão disponíveis em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) somente no dia (D) que é 12 de maio. Para tanto, serão oferecidas todas as vacinas do calendário básico nos três postos de saúde do município (PSF I, PSF II, PSF III), com exceção da BCG. 

As outras datas citadas da vacina, a pessoa deve procurar apenas a Unidade de Saúde Helena Borges, que fica situada na Av. Contorno. 

O agente comunitário de saúde de cada microaréa deverá fazer uma lista com os nomes das pessoas para facilitar o processo de atualização do esquema vacinal onde o responsável irá assinar a freqüência de comparecimento que será uma condicionalidade para o programa bolsa família.

Será realizado ainda busca ativa das crianças no colégio materno infantil nos dias 14 e 15 de maio e ainda para garantir cobertura vacinal será desenvolvido busca ativa na zona urbana nos domicílios conforme escala nos 26 e 27 de maio.

Segue abaixo

Cronograma de vacinação em Palmeirópolis:  Datas e grupos prioritários

Do dia 18 a 20/04/2018 – Trabalhadores da saúde

Do dia 23 a 27/04/2018 – Idosos

Do dia 02 a 05 de maio – Gestantes, puérperas e crianças

De 07 a 11 de maio – Comorbidades (incidência de doenças)  

12 de maio é o dia (D) –  todos os grupos

Dia 14 a 18 de maio – Professores

Dia 21 a 25 – Todos os grupos.

Os vírus da influenza são transmitidos facilmente por aerossóis produzidos por pessoas infectadas ao tossir ou espirrar.

Os grupos prioritários são:

  • Crianças → Todas as crianças de 06 meses a menores de 5 anos de idade;
  • Gestantes → Todas as gestantes em qualquer idade gestacional;
  • Puérperas → Todas as mulheres até o 45º dia após o parto;
  • Trabalhadores de Saúde → Todos os trabalhadores de saúde dos serviços públicos e privados, nos diferentes níveis de complexidade;
  • Povos Indígenas → Toda a população indígena a partir dos seis meses de vida;
  • Indivíduos com 60 anos ou mais de idade;
  • Adolescentes e jovens de 12 a 21 anos → Sob medidas socioeducativas;
  • População privada de liberdade e funcionários do sistema prisional;
  • Pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições especiais;
  • Os professores das escolas públicas e privadas.

Os pontos de vacinação estarão funcionando no horário das 07h00min às 17h00min. A Secretaria ressalta que as 292 salas de vacinação do Estado estarão vacinando os grupos prioritários com a vacina Contra Influenza, no período já informado, tendo o dia 12/05 o Dia D da mobilização nacional.

Conforme a Secretaria, para vacinar é necessário apresentar o cartão de vacinas e o cartão SUS. A vacinação contra a Influenza mostra-se como uma das medidas mais efetivas para a prevenção da Influenza grave e de suas complicações. A vacina para este ano de 2018 é trivalente e imuniza contra os vírus H1N1, H3N2 e Influenza B. 

Até o momento, na semana epidemiológica 14, foram notificados 13 casos de síndrome respiratória aguda grave, porém todos negativos para Influenza. Para informações adicionais, favor contatar à Gerência Estadual de Imunização, pelos telefones (63) 3218-2749/1783/1784 ou 0800 63 1002.

Coordenação de Imunizações do município de Palmeirópolis

Enfª JUCILENE DUARTE MARINHO

TÉCNICAS DULCILENE

VALDIRENE APARECIDA

WINISMAR

MARILDA

Da redação

Campanha de vacinação contra gripe H1N1 terá início dia 23 de abril no Tocantins

Campanhas de vacinação contra gripe terão início dia 23 de abril, por atraso na entrega da medicação; Dia 12 de maio, o dia “D”, data de mobilização nacional.

A Secretaria de Vigilância de Saúde (SVS) alterou o período da realização da Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza, (gripe H1N1) para o período de 23 de abril até 01 de junho, sendo o dia 12 de maio, o dia “D”, data de mobilização nacional.

A mudança do cronograma se deu pelo atraso da entrega das vacinas pelo Instituto Butantan, e por isso nenhuma região de país iniciará o período de vacinação antes da primeira semana de abril, onde até  50% do total dos imunológicos serão entregues, conforme a previsão de distribuição da SVS.

De acordo com a Secretaria, a campanha, apesar do atraso, será realizada no período ideal, antes do inverno e do pico de transmissão do vírus, em julho, no Brasil.

Os vírus da influenza causam doença respiratória aguda, denominada influenza ou gripe, caracterizada clinicamente por febre alta, calafrios, cefaleia, mal estar, mialgia e tosse seca. Conjuntivite, dor abdominal, náusea e vômitos são frequentes. Em crianças pequenas o quadro clínico pode simular uma sepse. O mal estar geral pode persistir por vários dias e até mesmo semanas.

Devem se vacinar todas as pessoas com 60 anos de idade ou mais, profissionais de saúde, mulheres que tiveram filhos a menos de 45 dias, crianças de 6 meses a 4 anos de idade, pessoas com doenças crônicas e indígenas. Procure o posto de saúde mais próximo para se vacinar durante a campanha.

Campanha da Fraternidade 2018 é lançada na Assembleia Legislativa do Tocantins

Com o lema “Em Cristo somos todos irmãos”, a Campanha da Fraternidade 2018 foi apresentada aos parlamentares no plenário da Assembleia Legislativa, após paralisação da sessão matutina desta quarta-feira, dia 21.

A palestra foi ministrada pelo arcebispo de Palmas, Dom Pedro Brito Guimarães, acompanhado de bispos representantes das paróquias de Porto Nacional, Tocantinópolis e Cristalândia.

Segundo Dom Pedro, o tema deste ano, “Fraternidade e Superação da Violência”, pretende abordar os vários tipos de violência no Brasil, como os ataques contra mulheres, jovens e negros. Ressaltou, porém, que “a campanha deste ano não é sobre a violência, mas sobre a superação da violência”.

O sacerdote lançou o convite à adoção de ações afirmativas com vistas a combater as diversas formas de violência em nosso país.

Em seus discursos, os bispos elencaram diversos fatores que levam à escalada da violência no Brasil. Destacaram injustiça, abuso de poder, pobreza, mau uso das redes sociais, marginalização dos jovens, impunidade, ganância e corrupção.

Para os religiosos, tudo isso vem quebrando a relação de confiança entre os diversos estratos sociais.

Também fizeram pronunciamentos em apoio à Campanha da Fraternidade os parlamentares Jorge Frederico (PSC), Eli Borges (PROS), Valderez Castelo Branco (PP), Elenil da Penha (MDB), Zé Roberto (PT), Toinho Andrade (PSD), Eduardo Siqueira Campos (DEM) Wanderlei Barbosa (SD), Nilton Franco (MDB) e José Bonifácio (PR).

Penaforte Diaz.
Foto: Isis Oliveira

Campanha Juntos por Levi realizará brechó para ajudar a salvar bebê com AME

Os preços oscilam entre R$ 2,00 a R$ 300,00 com muitas peças novas e seminovas. 

De 23 a 25 de novembro, o público de Palmas terá a oportunidade de adquirir roupas, acessórios diversos e reforçar a corrente de solidariedade no brechó Juntos por Levi, uma ação que faz parte de uma campanha lançada pela família e amigos de Levi Alves Braga, um bebê de 5 meses, nascido em Palmas e diagnosticado com Amiotrofia Muscular Espinhal (AME) Tipo I, uma doença neurodegenerativa que, se não tratada a tempo, paralisa os músculos de todo o corpo.

Os produtos adquiridos para o brechó são resultados do apoio e solidariedade de centenas de pessoas e empresários de Palmas que estão mobilizados na campanha Juntos Por Levi. As peças são de excelente qualidade. Vestidos, camisas, sapatos, produtos para decoração de casa, roupas infantis, roupas clássicas, entre outras de grifes e marcas famosas.  

Os preços oscilam entre R$ 2,00 a R$ 300,00 com muitas peças novas e seminovas. O brechó acontecerá dia 23, quinta-feira, no Espaço Dengo Doce, na 103 Sul, rua lateral à Pousada dos Girassóis e nos dias 24 e 25, na Igreja de Cristo 106 Norte, alameda 18, de 8h às 22h, com vendas à vista e no cartão de débito e crédito.

O brechó reforça as ações em prol da campanha para custear o medicamento que não é oferecido no Brasil.  O Spinraza, única alternativa para salvar a vida de bebês com Ame, precisa ser importado e tem um custo de cerca de R$ 3 milhões para o primeiro ano de tratamento. Além disso, o bebê precisa de suporte de home care que gera um custo de R$ 15 mil reais por mês e inclui acompanhamento de pediatra, pneumologista, gastro, neurologista, cuidados respiratórios, locação de aparelhos, sessões diárias de fisioterapia e fonoaudiologia.

Parceiros

Além da mobilização de centenas de pessoas, o brechó tem o apoio de empresas  como Inglês Mesmo, Canela Chic, Precisa Comunicação, Loucos & Santos, Jorge Bischoff, Complemento Decor, Mano Silva Media Creator, Marcelo Venâncio Designer, Terê Modas, Loja Palpitti, Closet Fashion, Laços e Mimos, Laços Cris Freitas, Marcela Abreu Fotografia, Daniela Godói, Preta Luh  Fotografia, CBA da Fotografia Thenes Pinto, Salão Classe A, Tecmídia, Brinquelândia, JD Celulares, Diego Sousa Fotografia, Cláudia Mittelstad Fotografia, Datha Company, Fashion Store, Taís Modas e Semijóias e Palmer Store.

Mais sobre AME

A Atrofia Muscular Espinhal (AME) é uma doença que destrói os neurônios aos poucos, de maneira irreversível, por isso, a urgência no tratamento. De acordo a Associação Brasileira de Amiotrofia Espinhal, a Abrame, apesar de a AME Tipo I, também chamada de Doença de Werdnig-Hoffmann, ser a mais comum no Brasil, surgem cerca de 300 novos casos por ano no país. Por ser hereditária, a AME se manifesta em pessoas cujos pais sejam portadores do gene “modificado” responsável pela doença.

O Tipo I da doença é aquele que se manifesta nos primeiros seis meses de vida do bebê ou ainda na barriga da mãe. A AME resulta na dificuldade respiratória e motora da criança e, por essas complicações sérias, acaba fazendo muitas vítimas fatais, ainda na infância.

Fonte:precisaassessoria/Campanha Juntos por Levi

Campanha de Multivacinação para crianças e adolescentes termina hoje

Público alvo têm até às 17h30 para procurar os postos de saúde e atualizar os cartões de vacina. Estão disponíveis as vacinas contra hepatite A e B, tríplice viral, febre amarela, pentavalente, entre outras.

Campanha Nacional de Multivacinação encerra nesta sexta-feira (22) em todo o Tocantins. Mas em Palmeiróplis continua toda semana que vem nos postos de saúde. As crianças e adolescentes de até 14 anos que ainda não se vacinaram têm até às 17h30 para procurar um posto de saúde. A campanha começou no dia 11 deste mês.

O movimento nos postos foi tranquilo nesta semana, mas o último dia deve ser mais movimentado. “No último dia há uma procura maior aos postos de saúde e a gente reforça com os pais que é importante procurar unidade de saúde para verificar situação vacinal do seu filho”, disse a enfermeira técnica da Central de Vacinas de Palmas, Juliana Araújo,

Na capital, são 32 salas de vacinação abertas para atender o público alvo e o objetivo é atualizar os cartões de vacinas. Estão disponíveis as vacinas contra hepatite A e B, tríplice viral, febre amarela, pentavalente, tetravalente, DTP, rotavírus, meningite, pneumocócica 10 valente, poliomielite oral e inativada e HPV.

“A campanha é para fazer o resgate dos faltosos, crianças e adolescentes até 14 anos que, como rotina, não procuram as salas de vacina. É importante, porque essas doenças imunopreveníveis que não ouvimos mais falar, como caxumba, coqueluche, estão voltando, devido a baixa cobertura”, argumentou a enfermeira da gerência estadual de imunização da Secretaria Estadual da Saúde, Greicy Rivello.

Para receber as doses, os pais ou responsáveis devem levar um documento com foto e o cartão de vacinação da criança ou adolescente. Quem não tiver o cartão precisa procurar uma unidade básica de saúde para resgatar o histórico de vacinas.

G1/TO

Campanha arrecada cabelos para perucas que serão doadas a mulheres com câncer

Caminhão itinerante receberá doações até o dia 31 de agosto, no estacionamento do Buriti Shopping, em Aparecida de Goiânia.

Fundação Laço Rosa promove, a partir desta quarta-feira (9), uma campanha para arrecadar cabelos que serão transformados em perucas para mulheres em tratamento contra o câncer, em Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital. Para doar, os interessados devem fazer um cadastro pela internet (confira detalhes abaixo).

O programa, chamado de “Força na Peruca”, vai realizada entre os dias 9 e 31 de agosto, no estacionamento do Buriti Shopping, em Aparecida de Goiânia. Além da coleta de doações de cabelos, voluntários serão capacitados como peruqueiros, e fabricarão os artigos para doação.

Durante os 22 dias de curso, os alunos fabricarão perucas personalizadas e as entregarão, durante a formatura prevista para o dia 31 de agosto, para pacientes do Centro de Diagnóstico do Câncer de Mama (Cora), entidade parceira do programa em Goiânia.

As beneficiárias das perucas que serão fabricadas em Aparecida de Goiânia já foram definidas, mas quem tiver interesse em receber o acessório pode se cadastrar no Banco de Perucas do site da Fundação Laço Rosa e aguardar uma oportunidade.

O caminhão itinerante iniciou o percurso em Curitiba. Goiás é o segundo destino da ação, que seguirá viagem para Brasília, Salvador, Rio de Janeiro e São Paulo. O objetivo é capacitar 100 novos profissionais pelo Brasil para a confecção de perucas destinadas a pessoas com câncer. 

Fortalize-se

O programa “Força na peruca” tem um apoio da campanha “Fortalize-se”, do governo da Austrália, da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), além de empresas parceiras. De acordo com os organizadores, a ação surgiu da necessidade de se capacitar profissionais para a fabricação de perucas.

Além de estimular o voluntariado, os cursos são voltados, também, para a gestão e o empreendedorismo. Os alunos aprendem o processo produtivo das perucas durante as aulas realizadas no caminhão itinerante e, em seguida, poderão fixar o conteúdo teórico por meio de uma plataforma na internet.

Como doar cabelo para o programa?

A Fundação Laço Rosa afirma que, por meio da internet, o doador poderá rastrear o trajeto do cabelo doado, até que ele seja destinado à confecção das perucas.

  1. Cadastre-se no site da campanha #fortalizese;
  2. Aprenda como cortar o cabelo para doação;
  3. Corte o cabelo;
  4. Leve até o caminhão itinerante no Buriti Shopping;
  5. Acompanhe o trajeto da doação por meio do site.

Campanha ‘Força na Peruca’

Data: 9 a 31 de agosto
Horário: das 10h às 22h
Local: Buriti Shopping (Avenida Rio Verde, Quadras 102/104 – Vila São Tomaz)
Informações: site da Fundação Laço Rosa

 
G1/GO

Campanha de vacinação contra gripe está longe de atingir meta

Dia D de vacinação irá ocorrer neste sábado (13). Apenas 40% da meta de vacinação foi atingida em Palmas.

Campanha de vacinação contra a gripe pretende vacinar até 53 mil pessoas em Palmas. No entanto, pouco mais de 23 mil compareceram aos postos de saúde até agora. O que corresponde a apenas 40% da meta. Para alcançar um número maior de imunizados, ocorrerá neste sábado (13) o dia D da campanha contra a gripe. Os postos de saúde estarão de plantão entre 8h e 17h.

O público prioritário são as crianças menores de cinco anos, idosos, gestantes, mulheres com 45 dias após o parto, pessoas com doenças crônicas, profissionais da saúde, indígenas, presos e professores. A vacina protege contra os vírus da influenza A, H1N1, h3n2 e contra influenza tipo B, além da gripe comum.

Para a gerente da central de vacinas de Palmas, Elaine Katzwinkel, a campanha de vacinação no sábado permitirá que as pessoas que não tem tempo durante a semana procurem os postos de vacinação.

“As mães falam muito que trabalham, que não tem tempo ou que o horário de almoço é muito corrido. Para as pessoas que não podem ir durante a semana, no sábado, todas as unidades de saúde estarão abertas das 8h às 17h, sem intervalo para o almoço. A equipe de saúde estará lá somente para a fazer a vacina.”

G1/TO