No Tocantins, homem morre após levar tiro na cabeça em bar e amigo é preso suspeito do crime

Suspeito do crime tentou fugir, mas foi detido pelo dono do bar; caso foi registrado em Luzimangues. Ele sofreu traumatismo craniano e foi levado para o Hospital Geral de Palmas.

Rone Gonçalves Moura morreu no hospital após ser baleado na cabeça em um bar no distrito de Luzimangues, a cerca de 10 quilômetros de Palmas. Após o disparo, o dono do estabelecimento entrou em luta corporal com o suspeito e conseguiu segurar o homem até a chegada da polícia. O caso foi registrado na noite deste domingo (8). As informações são da Polícia Militar.

Segundo a PM, uma testemunha contou que os dois homens estavam bebendo juntos e começaram a discutir. O suspeito sacou uma arma e atirou na cabeça da vítima. Depois, tentou fugir, mas acabou sendo detido pelo dono do bar e ficou desacordado.

Quando a polícia chegou no local, o suspeito deu outra versão do crime, afirmando que o dono do local é que teria atirado na vítima usando uma espingarda. A PM fez buscas no local, mas não encontrou a arma indicada.

O Samu esteve no local e levou a vítima dos disparos para o Hospital Geral de Palmas, mas ele não resistiu. O suspeito de atirar também foi levado para o hospital, onde foi constatado que ele sofreu um traumatismo craniano devido à luta.

O dono do bar e uma testemunha foram levados para a delegacia. A Polícia Civil pediu exame para detectar pólvora nas mãos do homem e ouviu uma mulher que estava no local. O suspeito de atirar na vítima está internado no HGP.

G1 Tocantins.

Imagem ilustrativa da internet

Homem morre após levar tiro na cabeça em bar e amigo é preso suspeito do crime

Suspeito do crime tentou fugir, mas foi detido pelo dono do bar; caso foi registrado em Luzimangues. Ele sofreu traumatismo craniano e foi levado para o Hospital Geral de Palmas.

 

No Tocantins um jovem é morto a tiros dentro de bar

O corpo foi recolhido e até o momento nenhum suspeito foi preso pela Polícia.

Um jovem de 18 anos foi assassinado em Aragominas, norte do Tocantins neste sábado 31, após ser atingido por vários tiros em um bar.

A Polícia Militar informou que três homens chegaram armados em um carro, desceram e efetuaram os disparos que atingiram a cabeça, o braço e as costas.

Com ferimentos graves, o jovem ainda conseguiu correr mas morreu dentro do banheiro. A PM disse ainda que o jovem era conhecido na cidade por praticar alguns roubos e vinha sofrendo ameaças por conta de possíveis dívidas de drogas.

G1noticias

Foto ilustrativa

Jovem colombiano é assassinado a tiros em bar no sul do Tocantins

Testemunhas disseram que o rapaz seria agiota e estaria entregando dinheiro a um cliente, mas a versão ainda é investigada pela polícia. Jhowin Holguin Rodrigues, de 20 anos, morreu no local.

O jovem Jhowin Holguin Rodrigues, de 20 anos, foi assassinado a tiros em um bar no setor Vila Nova, em Gurupi.

O rapaz é da Colômbia e começou a frequentar o local há cerca de um mês, de acordo com o proprietário. O crime foi no final da tarde desta quarta-feira (21).

De acordo com a Polícia Militar, o rapaz chegou ao bar em uma motocicleta e pediu um refrigerante enquanto esperava outra pessoa.

Não há informações sobre como o atirador chegou ao local ou se ele chegou a conversar com a vítima. Os tiros atingiram a barriga e as costas de Rodrigues. Ele morreu no local.

Testemunhas disseram à Polícia Militar que o rapaz estaria entregando dinheiro para um cliente no local e que agia como agiota na cidade.

A história ainda não foi confirmada, mas o caso será investigado pela Polícia Civil. Ainda não há suspeitos para o crime.

G1 Tocantins

Dois suspeitos são detidos após assaltar um bar e ir comemorar em outro

Segundo a Polícia Militar, os suspeitos foram reconhecidos pelas vítimas. Caso foi registrado em Araguaína, norte do Tocantins.

Dois suspeitos de cometer um assalto em um bar foram detidos momentos após o crime enquanto estavam em outro bar. O caso foi registrado em Araguaína, norte do Tocantins, na noite deste domingo (14). As informações são da Polícia Militar. 

De acordo com PM, a história começou por volta das 21h no setor Raizal. Um jovem de 21 anos e um adolescente chegaram em um bar e renderam cerca de oito pessoas. Eles levaram vários objetos e ainda atiraram na perna de um rapaz.

Depois do assalto saíram em um carro e foram até o setor Céu Azul, onde pararam em um outro bar. A polícia foi acionada e encontrou eles sem as armas, supostamente comemorando o feito anterior.

Os homens negaram a autoria do crime, mas foram reconhecidos por testemunhas. O jovem foi preso e o menor apreendido. Ainda segundo a polícia, o adolescente tem passagens por tentativa de homicídio e roubo.

G1/TO