Preso que escapou da cadeia de Palmas,após se passar por outro detento é baleado e recapturado

Foragido foi baleado nas nádegas em confronto com a PM. Ele havia escapado da CPP de Palmas em junho deste ano.

Um suspeito foi baleado pela Polícia Militar durante confronto na tarde desta terça-feira (7) na quadra 409 Norte, em Palmas. A PM disse que se trata de Marcos Antônio Vidal de Sousa, de 21 anos. Ele estava foragido da Casa de Prisão Provisória de Palmas desde que saiu da unidade se passando por outro detento, em junho deste ano.

A PM informou que foi abordar o suspeito na porta de uma casa, por volta do meio-dia, mas ele tentou fugir e atirou contra os militares. O jovem acabou sendo baleado nas nádegas, mas foi socorrido e levado para o Hospital Geral de Palmas.

A polícia afirmou ainda que apreendeu duas armas de fogo, além de relógios, perfumes, várias bijuterias e dinheiro. Os objetos foram levados para a delegacia da Polícia Civil.

Objetos apreendidos na casa em que o suspeito estava (Foto: PM/Divulgação)Objetos apreendidos na casa em que o suspeito estava (Foto: PM/Divulgação)

Objetos apreendidos na casa em que o suspeito estava (Foto: PM/Divulgação)

Fuga da CPP

Marcos Antônio Vidal de Sousa escapou da CPP em junho, quando saiu pela porta da frente da unidade. Segundo a Secretaria de Cidadania e Justiça, ele se passou por outro preso que tinha um alvará de soltura expedido pela Justiça. Foram os próprios agentes que abriram o portão da unidade.

Ele chegou até a assinar o documento se passando pelo outro preso, que seria solto. Segundo a Secretaria de Cidadania e Justiça, não foi possível perceber a troca por causa de uma falha no sistema de identificação.

G1 Tocantins.

Homem morre após ser baleado pelo próprio sogro durante briga de família

Caso aconteceu em Augustinópolis. Vítima teria ameaçado e empurrado o suspeito, que revidou com um tiro de espingarda.

Francisco Oliveira da Silva, 40 anos, morreu após ser baleado com uma espingarda pelo próprio sogro, Raimundo Vieira da Silva. O crime aconteceu nesta sexta-feira (3), no assentamento São Silvestre, em Augustinópolis, norte do estado.

A polícia informou que foi chamada ao local porque Francisco estaria agredindo e ameaçando a própria esposa. Quem acionou a equipe foi a mãe da mulher.

Quando a polícia chegou, o casal já tinha ido embora do lugar. Os policias orientaram a família a ligar novamente caso o Francisco voltasse a agredir a esposa.

Após 40 minutos, a mãe da mulher ligou de novo para os policias e informou que Francisco tinha voltado para casa. No local, a esposa dele estaria quebrando coisas por causa da denúncia.

Francisco teria ameaçado e empurrado o próprio sogro, que atirou contra o genro. O homem foi atingindo no tórax e morreu no local.

O sogro fugiu em seguida. A polícia fez buscas para tentar localizá-lo, mas não o encontrou. A perícia e o IML estiveram local.

No Tocantins, homem morre após ser baleado durante discussão

Discussão teria ocorrido porque suspeito encontrou a namorada na casa da vítima. O homem foi socorrido, mas morreu a caminho do hospital.

José Roberto de Sousa, de 65 anos, morreu na tarde desta terça-feira (17), após ser baleado durante uma discussão na casa dele. O caso aconteceu por volta das 13h, no setor Itapuã, em Araguaína, no norte do Tocantins.

Segundo a Polícia Civil, a discussão ocorreu porque o suspeito do crime encontrou a namorada na casa do Sousa. Ela era ex da vítima.

O homem foi socorrido por parentes, mas morreu a caminho do hospital. O suspeito ainda não foi localizado.

G1 Tocantins.

Imagem ilustrativa da internet

Motorista baleado foge de assaltantes após cortar baú de caminhão e saltar do veículo em movimento

Criminosos contrataram motorista para fazer mudança. Após ser baleado no trajeto e colocado no baú, ele usou uma facão para cortar a lateral e esperou a velocidade reduzir para pular.

Um motorista de 65 anos conseguiu fugir de assaltantes, mesmo baleado, após cortar com um facão, o baú do caminhão onde estava preso como refém. Toda ação aconteceu na tarde desta quarta-feira (27).

De acordo com a Polícia Militar, dois criminosos contrataram o caminhão em Gurupi, para supostamente realizar um mudança. Após acertarem o negócio, os suspeitos e a vítima seguiram para de Formoso do Araguaia.

No caminho, os criminosos anunciaram o assalto e atiraram na vítima, atingindo o abdomên. Em seguida, o motorista foi colocado no baú do caminhão e os suspeitos tomaram a direção do caminhão, fugindo no veículo.

Mesmo ferido, o motorista usou um facão que estava dentro do baú e fez uma abertura na lateral do veículo. Ele ficou esperando que a velocidade fosse reduzida para saltar.

Assim que o veículo contornou uma rotatória no perímetro urbano de Formoso do Araguaia, acesso à cidade de Sandolândia, a vítima saltou do baú e pediu socorro.

A PM foi até o local e providenciou o socorro à vítima. Os policiais conseguiram interceptar o caminhão, mas os dois criminosos abandonaram o veículo em uma estrada vicinal e fugiram na vegetação.

O homem foi levado para o Hospital Regional de Gurupi. Após passar por perícia, o caminhão foil evado para a Delegacia local. A polícia disse que faz busca pelos suspeitos.

G1 Tocantins.

Menino baleado após sair de escola continua internado em estado gravíssimo

Segundo a Secretaria Estadual de Saúde, a criança está na UTI do Hospital Regional de Gurupi. Vítima, de 9 anos, foi atingida por tiro, em Gurupi.

O menino, de 9 anos, que foi baleado após sair de uma escola em Gurupi, nesta quarta-feira (28), continua internado no Hospital Regional do município.

A Secretaria de Saúde informou que o estado de saúde dele é considerado gravíssimo. Ele está na UTI da unidade.

A mãe da vítima, Cleita Vieira, disse que está “sem cabeça, sem forças e levando a vida”. Ela disse que, quando soube que o filho havia sido baleado, se assustou e foi direto para o hospital. Cleita ainda não sabe o que de fato aconteceu e não recebeu qualquer informação sobre as motivações do crime.

A Polícia Civil ouviu vizinhos da escola e testemunhas. Informou que as ações se concentram em identificar de onde partiu o tiro.

A vítima foi baleada na cabeça depois de sair da Escola Municipal Dr. Ulisses Guimarães. Segundo o diretor da escola, José Filho, o menino foi atingido a 200 metros da unidade, em um campo de futebol. Alguns alunos estavam com a criança, mas não souberam dizer o que aconteceu. Eles voltaram à escola para pedir ajuda, acreditando que o menino havia sido atingido por uma pedra.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, a Delegacia de Homicídios e Proteção à pessoa investiga o caso.

G1 Tocantins

Prefeito baleado no dia do aniversário recebe alta após 8 dias internado

Manoel Silvino Gomes Neto teve a casa invadida por criminosos em Tocantínia. Ele estava internado em um hospital particular de Palmas.

prefeito de Tocantínia Manoel Silvino Gomes Neto (SD), que foi baleado no dia do aniversário, recebeu alta na manhã desta segunda-feira (12), após ficar 8 dias internado. Ele estava em um hospital particular de Palmas. O caso aconteceu no dia 4 desse mês.

O prefeito havia sido levado para o Hospital Regional de Miracema e em seguida para o Hospital Geral de Palmas, onde passou por cirurgia, para retirar uma bala da barriga. Só depois foi transferido para uma unidade particular da capital.

Além do prefeito, o motorista João Mascarenhas Barros, também foi baleado. A bala acertou o peito dele do lado direito, mas não ficou alojada. Ele estava internado no Hospital Regional de Miracema e não precisou passar por cirurgia, recebendo alta no dia 5.

Segundo testemunhas, o prefeito estava em casa com parentes e amigos se preparando para comemorar o aniversário. Ele pediu para que o motorista o levasse até a padaria. Os criminosos se aproveitaram do momento para entrar na casa e renderam quem estava no local, inclusive os três filhos do político, todos menores de idade. Três homens participaram da ação, dois entraram e um ficou do lado de fora da casa.

Testemunhas contaram ainda que os homens agrediram a mulher do prefeito e outras pessoas. Quando Silvino e Mascarenhas retornaram, perceberam o assalto. Segundo a PM, o político reagiu e tentou tomar a arma de um dos assaltantes.

A Polícia Militar prendeu dois suspeitos do crime. Os dois têm 18 anos de idade, mas apenas um teve o nome divulgado até o momento. Trata-se de Mateus Carvalho da Silva. As buscas continuam na região para localizar o terceiro envolvido no assalto.

Fonte: G1 Tocantins

Adolescente morre baleado enquanto brincava com arma na casa de um amigo

De acordo com a Polícia Militar, o pai do colega de Alifer, que era dono do revólver, era foragido por um homicídio e foi preso pela corporação, em Santa Helena de Goiás.

O estudante Alifer Gomes da Silva, de 12 anos, morreu, na quinta-feira (8), depois de ser baleado enquanto brincava com uma arma na casa de um amigo, em Santa Helena de Goiás, na região sudoeste do estado.

De acordo com a Polícia Militar, o pai do colega de Alifer, que era dono do revólver, era foragido por um homicídio e foi preso pela corporação.

O adolescente chegou a ser socorrido pelo avô, mas morreu a caminho do hospital. Segundo a avó do adolescente, a dona de casa Marli Rosa da Silva, o menino era filho único.

“Está sendo muito triste. Meu neto, minha filha só tinha um. Eu não estou suportando a dor”, disse, emocionada.

O caso ocorreu na tarde de quinta-feira. Segundo a PM, Alifer brincava na casa de um vizinho da mesma idade quando os dois pegaram a arma em um guarda-roupas da casa e começaram a manuseá-la. O disparo ocorreu, segundo a corporação, quando o adolescente pegou a arma para mexer. O garoto foi atingido no tórax.

Em entrevista à TV Anhanguera, o soldado Jean Carlos da Silva disse que a arma, um revólver calibre 38, era do pai do amigo da vítima e não tinha registro.

“Ele disse que possuía esta arma, que era a arma dele. Foi questionado pela equipe se ele tinha o registro, autorização para ter esta arma, ele disse que não tinha. Diante dos fatos, nós conduzimos a arma, munições e todos os envolvidos para realizar os procedimentos de praxe”, disse.

O caso é investigado pela Delegacia Regional da Polícia Civil de Rio Verde, responsável pelo município de Santa Helena de Goiás.

Pai do amigo da vítima, que era dono da arma, foi preso em Santa Helena de Goiás (Foto: TV Anhanguera/Reprodução)

G1 Goiás

Motorista baleado durante assalto na residência do prefeito recebe alta

João Mascarenhas Barros estava internado no Hospital Regional de Miracema após ser baleado no lado direito do peito. O prefeito, Manoel Silvino Gomes, segue internado em Palmas.

O motorista João Mascarenhas Barros, baleado durante um assalto na casa do prefeito de Tocantínia, Manoel Silvino Gomes Neto (SD), recebeu alta nesta segunda-feira (5).

Ele estava internado no Hospital Regional de Miracema. A bala acertou o peito dele do lado direito, mas não ficou alojada. Ele não precisou passar por cirurgia.

Já o prefeito segue internado em um hospital particular de Palmas. A unidade informou que o estado de saúde dele é estável, mas que ele ainda não pode receber visitas. Ainda não há previsão de alta para ele.

O caso foi neste domingo (4). Segundo testemunhas, o prefeito estava em casa com parentes e amigos se preparando para comemorar o aniversário. Ele pediu para que o motorista o levasse até a padaria.

Os criminosos se aproveitaram do momento para entrar na casa e renderam quem estava no local, inclusive os três filhos do político, todos menores de idade. Três homens participaram da ação, dois entraram e um ficou do lado de fora da casa.

Prefeito de Tocantínia foi atendido no Hospital Geral de Palmas (Foto: Divulgação)

Testemunhas contaram ainda que os homens agrediram a mulher do prefeito e outras pessoas. Quando Silvino e Mascarenhas retornaram, perceberam o assalto. Segundo a PM, o político reagiu e tentou tomar a arma de um dos assaltantes. Ele e o motorista foram baleados.

Silvino foi encaminhado para o Hospital Geral de Palmas e passou por cirurgia para a retirada da bala na barriga. Depois ele acabou transferido para um hospital particular.

A Polícia Militar prendeu dois suspeitos do crime. Os dois têm 18 anos de idade, mas apenas um teve o nome divulgado até o momento. Trata-se de Mateus Carvalho da Silva. As buscas continuam na região para localizar o terceiro envolvido no assalto.

G1 Tocantins

Prefeito de Tocantínia é baleado no dia do seu aniversário

Criminosos invadiram a casa do prefeito neste domingo e renderam parentes e amigos do político. O motorista dele também foi atingido por tiros.

O prefeito de Tocantínia, Manoel Silvino Gomes Neto (SD), e o motorista dele, João Mascarenhas Barros, foram baleados na manhã deste domingo (4). O caso aconteceu na casa do político.

Ele foi encaminhado para o Hospital Regional de Miracema e está a caminho do Hospital Geral de Palmas. O motorista está internado em Miracema. Buscamos informações sobre o estado de saúde das vítimas.

Segundo testemunhas, o prefeito estava em casa com parentes e amigos se preparando para comemorar o aniversário dele. Nesta manhã, ele pediu para que o motorista o levasse até a padaria.

Os criminosos se aproveitaram do momento para entrar na casa e renderam quem estava no local, inclusive os três filhos dele, todos menores de idade.

Testemunhas contaram ainda que os homens agrediram a esposa do prefeito e outras pessoas. Quando o prefeito e o motorista retornaram, perceberam o assalto.

Os criminosos atiraram contra os dois e depois fugiram.

O carro em que eles estavam foi abandonado numa rodovia que dá acesso a Miracema. A Polícia Militar confirmou o caso e disse que está fazendo buscas para encontrar os suspeitos.

Manoel Silvino foi presidente da Associação Tocantinense de Municípios (ATM) e está no terceiro mandato à frente da Prefeitura de Tocantínia, cidade localizada na região central do estado.

G1 Tocantins

Bandidos assaltam agência dos Correios no Tocantins e policial é baleado na perna

Dois homens entraram na agência e anunciaram o assalto; um policial civil que estava dentro da unidade tentou coibir a ação e acabou sendo baleado na perna.

Dois bandidos armados assaltaram uma unidade dos Correios na manhã desta segunda-feira, 22, em Araguatins. Um policial civil que estava na agência no momento do crime tentou impedir a ação dos bandidos e acabou sendo baleado na perna.

De acordo com informações preliminares, os dois homens conseguiram fugir pela Rua 31 de Março, no Setor Sossego. Ainda não há informações se os bandidos levaram alguma quantia da agência. O policial foi socorrido e encaminhado ao hospital.

Ainda apurando os fatos

T1noticias