Pastor e adolescentes morrem afogados durante encontro de igreja às margens do rio Tocantins

Pastor Alpiniano Ferreira foi tentar salvar adolescentes que estavam se afogando e não conseguiu voltar à margem. Caso aconteceu na zona rural, entre Esperantina e São Sebastião.

Três pessoas morreram afogadas neste domingo (24) durante encontro de membros de uma igreja evangélica, às margens do rio Tocantins, entre Esperantina e São Sebastião, no norte do estado. Uma das vítimas é o pastor presidente da Assembleia de Deus-Madureira de Esperantina, Alpiniano Ferreira Campos, de 55 anos. Os adolescentes Fábio Carvalho da Conceição, de 15, e Maria Vitória Sousa Matos, de 13, também não resistiram.

Segundo testemunhas, um grupo da igreja estava no local pescando e tomando banho, quando duas adolescentes começaram a se afogar. O pastor e outras pessoas entraram na água para tentar salvá-las.

Pastor morreu após tentar salvar adolescentes (Foto: Reprodução/Facebook)

As duas meninas foram resgatadas. Porém, a adolescente Maria Vitória foi levada para o Hospital Regional de Augustinópolis em estado grave e não resistiu.

No momento em que o pastor Alpiniano resgatava uma das vítimas, ele afundou e não conseguiu voltar à margem. O corpo dele foi encontrado por volta de 8h desta segunda-feira. O adolescente Fábio que entrou na água para ajudar no resgate também não resistiu. Ele foi encontrado na noite de domingo.

A Secretaria Estadual da Educação, Juventude e Esportes emitiu nota lamentando a morte dos adolescentes. Eles eram estudantes do Colégio Estadual Ulisses Guimarães, de Esperantina.

Comissão Interinstitucional vai criar banco de dados de adolescentes em medidas socioeducativas com vistas à formação profissional

Uma nova reunião ficou agendada para a última semana de agosto.
A Comissão Interinstitucional da Aprendizagem esteve reunida na sede do Ministério Público Estadual, em Palmas, nesta quinta-feira, 21, para trocar informações e definir os próximos passos necessários pelo grupo para viabilizar o desenvolvimento de programas de aprendizagem e qualificação profissional de adolescentes e jovens que cumprem medidas socioeducativas, que estão em acolhimento institucional ou se encontram socialmente vulneráveis.

A reunião foi conduzida pelo coordenador do Centro de Apoio às Promotorias da Infância e Juventude (Caopij), Promotor de Justiça Sidney Fiori Júnior, e contou com a participação dos Promotores de Justiça Konrad Cesar Resende Wimmer e Zenaide Aparecida da Silva, que atuam na área da Infância, dos juízes de direito Frederico Paiva Bandeira de Sousa e Gilson Coelho Valadares além de representantes do Sistema “S”, Renapsi,CIEE, IFTO, Sine e Secretarias Estaduais da Cidadania e Justiça (Seciju) e do Trabalho e Ação Social (Setas), dentre outros.

Após um breve relato do que cada Instituição ligada à aprendizagem profissional desenvolve, a Comissão decidiu iniciar suas atividades na cidade de Palmas, como um Projeto Piloto (depois deve se expandir para todo o Estado), criando um fluxo de trabalho único, que será iniciado com um levantamento de dados sobre os adolescentes que se encontram cumprindo medidas socioeducativas, em meio fechado e aberto, além dos jovens acolhidos nos abrigos de Palmas.

A meta é criar um banco de dados com o perfil de cada adolescente, a fim de definir os melhores cursos ou estratégias para possibilitar que eles sejam capacitados e inseridos no mercado de trabalho. Para o Promotor de Justiça Konrad Wimmer, este cadastro deve ser dinâmico e atualizado periodicamente, já que existe grande rotatividade nestes programas.

O trabalho inicial será realizado pela Seciju e Setas, que devem apresentar, em duas semanas, um banco de dados inicial à comissão. Depois disso, a comissão deve trabalhar na identificação de vagas, para então mapear as dificuldades existentes e definir quais cursos serão oferecidos e como serão configurados, a fim de potencializar as oportunidades destes jovens no mercado.

Um primeiro contato com os empresários também deve ser realizado em breve pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), que deve apresentar a demanda das empresas que precisam contratar jovens aprendizes. A equipe do Sine também vai iniciar um cruzamento de dados iniciais.

Para o Coordenador do Caopij, Sidney Fiori, um dos grandes desafios da comissão é justamente a de sensibilizar os empresários e instituições tocantinenses a acolher esses jovens, principalmente os que cumprem medidas socioeducativas, já que existe uma grande carga de discriminação e estigma sobre esses adolescentes.

Uma nova reunião ficou agendada para a última semana de agosto.

Ascom MPTO/

Daianne Fernandes

Secretaria Municipal de Assistência Social de Palmeirópolis promoveu ações pelo Dia Nacional do Combate à Exploração e Abuso Sexual de Crianças e Adolescentes

As atividades aconteceram nas escolas municipais com realização de diversas atividades.

A Prefeitura de Palmeirópolis, por meio da Secretaria de Assistência Social (SEMAS), realizou ações da Campanha Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

A campanha visa sensibilizar profissionais das áreas da saúde e da educação e a sociedade em geral sobre os diversos aspectos envolvidos, para que estejam alertas aos sinais que podem identificar o abuso e a violência sexual.

Alunos da escola Elda Silva Barros em Palmeirópolis.

O Dia Nacional de Combate a Exploração e Abuso Sexual de Crianças e Adolescentes é celebrado anualmente em 18 de maio. E para marcar a data, a Prefeitura Municipal de Palmeirópolis por meio da Secretária de Assistência Social (SEMAS) realizaram ações alusivas durante toda a semana nas escolas do município e finalizou com uma pedalada envolvendo os moradores da cidade.  

De acordo com dados, é assustador o número de casos de violência sexual contra crianças e adolescentes no país. Por isso, foi criada esta data com o intuito de ajudar a combater este mal que destrói a vida de milhares de jovens todos os anos.

A escolha desta data é em memória, de uma menina de oito anos que foi sequestrada, violentada e cruelmente assassinada no Espírito Santo. Seu corpo apareceu seis dias depois carbonizados e os seus agressores, jovens de classe média alta, nunca foram punidos.

A data 18 de maio de 1973 ficou instituída como o “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes” a partir da aprovação da Lei Federal nº. 9.970/2000.

Os trabalhos desenvolvidos durante toda semana em Palmeirópolis, foram marcantes para reforçar a questão de como combater e denunciar as mais diversas formas de violência contra crianças e adolescentes.

No dia 14 de maio de 2018 durante no período vespertino, a equipe do CRAS com apoio do Conselho Tutelar promoveu um cineminha na Escola Municipal Vila Bom Tempo, com o filme intitulado “O Segredo”, a animação mostrou sobre o tema proposto.

Logo após o professor de música do SCFV Osmair Silva, cantou a música tesourinho com uma aluna retratando uma conversa de pai para filha.  Esta mesma programação ocorreu no dia 15 de maio no turno matutino e vespertino no CEMEI.

No dia 16, na Escola Municipal Elda Silva Barros, a equipe do CRAS com o apoio do Conselho Tutelar realizou um teatro de forma bem dinâmica abordando o tema proposto.

No dia 18, fechou a semana com chave de ouro com uma pedalada pelas principais avenidas da cidade e contou com a participação da comunidade, crianças, adolescentes, bem como vereadores, secretaria municipal de Assistência Social, Educação, Conselho Tutelar, assim como a viatura da Policia Militar e ambulância que deu o suporte necessário. 

A secretária de Assistência Social Ana Paula Vaz, fez a entrega da bicicleta através do sorteio no final da pedalada.

No dia 24 de maio será realizado uma palestra com uma autoridade da justiça para abordar sobre o tema na Escola Estadual Prof. Maria Guedes.

Com informações da Semas

Adolescentes são suspeitos de invadir casa de vereador e fazer família refém

Quatro pessoas invadiram a casa e amarraram o vereador e a família em Riachinho, no norte do Tocantins. Dois suspeitos foram encontrados em um matagal, os outros dois conseguiram fugir.

Dois adolescentes, de 14 e 15 anos, foram detidos pela Polícia Civil como suspeitos de fazer parte de um grupo que invadiu a casa de um vereador em Riachinho, no norte do Tocantins, e fez ele e a família de refém. O caso foi na madrugada desta segunda-feira (14), quando um grupo de quatro pessoas invadiu o imóvel e amarrou os moradores para assaltar.

Campanha de Multivacinação para crianças e adolescentes termina hoje

Público alvo têm até às 17h30 para procurar os postos de saúde e atualizar os cartões de vacina. Estão disponíveis as vacinas contra hepatite A e B, tríplice viral, febre amarela, pentavalente, entre outras.

Campanha Nacional de Multivacinação encerra nesta sexta-feira (22) em todo o Tocantins. Mas em Palmeiróplis continua toda semana que vem nos postos de saúde. As crianças e adolescentes de até 14 anos que ainda não se vacinaram têm até às 17h30 para procurar um posto de saúde. A campanha começou no dia 11 deste mês.

O movimento nos postos foi tranquilo nesta semana, mas o último dia deve ser mais movimentado. “No último dia há uma procura maior aos postos de saúde e a gente reforça com os pais que é importante procurar unidade de saúde para verificar situação vacinal do seu filho”, disse a enfermeira técnica da Central de Vacinas de Palmas, Juliana Araújo,

Na capital, são 32 salas de vacinação abertas para atender o público alvo e o objetivo é atualizar os cartões de vacinas. Estão disponíveis as vacinas contra hepatite A e B, tríplice viral, febre amarela, pentavalente, tetravalente, DTP, rotavírus, meningite, pneumocócica 10 valente, poliomielite oral e inativada e HPV.

“A campanha é para fazer o resgate dos faltosos, crianças e adolescentes até 14 anos que, como rotina, não procuram as salas de vacina. É importante, porque essas doenças imunopreveníveis que não ouvimos mais falar, como caxumba, coqueluche, estão voltando, devido a baixa cobertura”, argumentou a enfermeira da gerência estadual de imunização da Secretaria Estadual da Saúde, Greicy Rivello.

Para receber as doses, os pais ou responsáveis devem levar um documento com foto e o cartão de vacinação da criança ou adolescente. Quem não tiver o cartão precisa procurar uma unidade básica de saúde para resgatar o histórico de vacinas.

G1/TO

Em Palmeirópolis, objetos furtados são recuperados e autores adolescentes apreendidos

Cidade do interior do Tocantins no mundo do crime.

Na manhã de ontem terça-feira, 15, três menores infratores acusados de furto a estabelecimento comercial foram apreendidos em Palmeirópolis. Em poder dos adolescentes os militares localizaram os objetos que foram subtraídos do estabelecimento (semi jóias, roupas, relógio, etc).

A apreensão dos infratores ocorreu em bairros distintos dos municípios de São Salvador e  Palmeirópolis, momento em que foram sendo localizados os objetos que foram divididos após a prática delituosa no domingo, 13.

Os objetos recuperados e os autores acompanhados dos seus respectivos responsáveis juntamento com o representantes do Conselho Tutelar foram conduzidos para a Delegacia de Polícia local.

Fonte: Ascom 4ºbpm

Jovem e adolescentes são estupradas durante assalto a casa em Porto Nacional

Homem pulou o muro para ter acesso à residência. Ele obrigou as vítimas a tirarem a roupa e fugiu levando objetos de valor, como computadores portáteis e aparelho celular.

Uma jovem, de 23 anos, e duas adolescentes, de 13 anos, foram estupradas durante um assalto que aconteceu na tarde desta segunda-feira (10), em uma casa, no setor Umuarama, em Porto Nacional, a 66 km de Palmas. Segundo a Polícia Civil, o homem entrou na residência por volta de 17h e obrigou as três a tirarem as roupas. O caso está sendo investigado pela Delegacia Especializado no Atendimento à Mulher.

Segundo relatos das vítimas à polícia, o homem entrou em uma casa abandonada e depois pulou o muro para ter acesso à residência. Ele estava com uma faca e obrigou as três a ficarem no quarto e a tirarem as roupas.

Conforme a Secretaria de Segurança Pública do Tocantins, o suspeito pegou uma mochila e as obrigou a colocar bens de valor, como três computadores portáteis, um aparelho celular, uma máquina fotográfica, um relógio, uma caixa de som e um aparelho de DVD.

Depois, acariciou as partes íntimas das menores. O Código Penal considerado o ato como estupro de vulnerável. Uma das adolescentes também foi ferida na perna. Já a jovem de 23 anos foi obrigada a fazer sexo com ele. A ação durou cerca de 30 minutos. Depois, o homem trancou as vítimas no quarto e fugiu. Elas só foram soltas, depois que o pai da jovem chegou e ouviu os pedidos de socorro.

Segundo relatos das vítimas, o homem tem cerca de 1,70m de altura, magro, tinha uma marca de nascença no quadril e estava com o pé direito machucado. Ele usava short de cores azul e preta e uma camiseta, de cores rosa e branca.

G1/TO

Adolescentes furtam carro do Conselho Tutelar e devolvem após usá-lo em assaltos

O motorista teria esquecido a chave na ignição do veículo. Caso aconteceu em Gurupi e carro é o único da unidade.

Três adolescentes de Gurupi, na região sul do Tocantins teriam usado o carro do Conselho Tutelar do município em assaltos a bares no centro da cidade, após furtar o veículo em frente a casa do motorista da instituição. Os assaltos aconteceram na madrugada de quarta-feira (25) e os menores teriam devolvido o veículo após os crimes, mas câmeras de segurança de bares perto do local flagraram a ação e permitiram a identificação do carro.

A coordenadora do Conselho Tutelar de Gurupi, Sônia Segger, disse que se tratou de um erro do motorista. “Foi realmente uma falha, ele deixou a chave na ignição. Ele esqueceu a chave na ignição na frente da casa dele”, disse ela.

Eles só perceberam o problema quando foram acionados pela Polícia Militar. “Eu recebi uma ligação da Polícia Militar onde me perguntou se o carro estava conosco. Liguei para o motorista e ele disse: Sônia, realmente o carro está aqui, mas foi usado”, disse ela.

Os assaltantes recolheram relógios, celulares e óculos dos clientes dos bairros. A Polícia Civil está investigando o caso, mas até a publicação desta reportagem nenhum dos suspeitos havia sido apreendido. O carro é o único do Conselho Tutelar na cidade e vai precisar de uma manutenção, já que houve danos durante os crimes. Até que o carro fique pronto, outras instituições vão auxiliar o conselho no atendimento das ocorrências.

 G1/TO

Adolescentes são apreendidos com 50 pílulas de ecstasy no Tocantins

Substâncias foram encontradas dentro do carro em que eles estavam, em avenida no centro da cidade. Menores foram levados para a delegacia.

Dois adolescentes foram apreendidos pela Polícia Militar (PM) na noite desta quinta-feira (13), em Palmas. Com eles os policiais encontraram 50 pílulas de ecstasy dentro do carro. A flagrante foi na avenida LO-01, no centro da capital.

Segundo a PM, os policiais receberam uma denúncia de que traficantes estariam agindo na região e começaram a fazer buscas. Os policiais reconheceram o carro que os menores utilizavam e pararam o veículo. Quando os militares começaram a conversar com os adolescentes, eles ficaram bastante nervosos. Os policiais desconfiaram e resolveram fazer uma busca no carro. Foi quando encontraram os 50 comprimidos coloridos de ecstasy.

As drogas foram apreendidas e os menores foram levados para a delegacia e depois ao conselho tutelar.

G1/To