Acidente mata idosa e deixa três parentes feridos na BR-364, em Goiás

Família saiu de Minas Gerais e viajava para Mato Grosso. Segundo os policiais, carro aquaplanou e bateu contra árvore.

Uma mulher de 82 anos morreu em um acidente de carro, no domingo (29) na BR-364 em Jataí, no sudoeste goiano. Três parentes da idosa estavam no veículo e ficaram feridos.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que a família saiu de Minas Gerais e viajava para Mato Grosso. De acordo com a corporação, o veículo aquaplanou, pois chovia muito no local, e bateu contra uma árvore.

Após aquaplanar, carro bate contra árvore na BR-364, em Jataí (Foto: PRF/ Divulgação)

Os policiais informaram que o neto da vítima, de 27 anos, dirigia o carro, um Honda Civic. Além do motorista e da idosa, estavam no automóvel dois familiares de 21 e 35 anos.

Segundo a PRF, os três ocupantes foram levados ao Hospital Municipal de Jataí. A unidade informou que não pode passar informações sobre o quadro de saúde dos pacientes.

G1 Goiás

Acidente com o ônibus da Real Maia proximo a Dianópolis Tocantins, deixa mortos e feridos

Polícia confirma sete (7) mortos em acidente.

As primeiras informações foi que, um acidente envolvendo um ônibus da empresa Real Maia, ocorrido no início da madrugada deste domingo, na TO-040, no trevo de Novo Jardim, próximo à Dianópolis Tocantins, no sudeste do estado deixou 7 vítimas fatais e vários feridos.  

O acidente aconteceu na madrugada deste domingo (28), por volta da 1h. O veículo era da empresa Real Maia e fazia a linha Barreiras (BA)-Palmas.

De acordo com a Polícia Militar de Dianópolis, o condutor do veículo teria dito que os freios falharam.

Os feridos foram encaminhados ao Hospital de Dianópolis e também Palmas. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o local não tem sinalização e ao tentar entrar na rodovia, o motorista perdeu o controle da direção.

O Governo do Estado está pendido doações de sangue para as vítimas. O estoque já estava baixa por causa do período de férias. Os doadores podem ir ao Hospital Geral de Palmas ou ao Hemocentro.

Entre as pessoas que morreram está a servidora Dilma Raimundo de Sousa, que trabalhava no Banco do Empreendedor do Tocantins. Em nota, a instituição lamentou a perda. “Tivemos o privilégio de ter grande parte de sua vida compartilhada conosco, nestes cerca de 20 anos de convivência. Anos estes, marcados pela alegria e um sorriso sempre presente.”

Dilma deixa marido e um filho de 13 anos. O corpo será velado e enterrado na Bahia, de onde vinha quando sofreu o acidente e onde tem família.

Com informações do G1

Homem morre em acidente de trânsito entre moto e carreta na BR-153

Batida lateral ocorreu próximo de Xambioá, na região norte do Tocantins. Motorista da carreta não sofreu ferimentos.

O motociclista Maurílio da Silva Santana, de 35 anos, morreu em um acidente de trânsito entre uma motocicleta e uma carreta na noite desta segunda-feira (22), na BR-153 em Xambioá, na região norte do Tocantins.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a motocicleta em que a vítima estava bateu na lateral da carreta.

Os policiais informaram que o acidente foi no km 4,7, por volta das 20h40, mas não deu detalhes do que teria provocado a colisão. O motorista da carreta saiu ileso e o motociclista teve graves ferimentos, morrendo no local.

O corpo da vítima foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Araguaína.

G1 Tocantins

Moto fica debaixo de carro após acidente na BR-153

Motociclista teve ferimentos graves em uma perna. Segundo a polícia, carro estaria sendo dirigido por adolescente no momento do acidente.

Uma moto ficou debaixo de um carro depois de um acidente de trânsito na BR-153, no perímetro urbano de Guaraí, na região central do estado.

Conforme a Polícia Rodoviária Federal, o motociclista de 29 anos teve ferimentos graves em uma das pernas e foi levado para o hospital da cidade.

A colisão aconteceu na tarde deste domingo (22) em um trevo da rodovia. Segundo a PRF, o motociclista seguia pela pista e o carro tentou cruzar a rodovia de forma irregular. Os veículos acabaram batendo lateralmente.

Ainda conforme a polícia, o carro estava sendo dirigido por um adolescente de 16 anos. A perícia foi acionada e os veículos levados para o pátio da PRF.

G1 Tocantins

Acidente com ônibus deixa 14 pessoas feridas na BR-153 no Tocantins

Motorista disse que precisou desviar de um caminhão sem sinalização e abaixo da velocidade mínima permitida e perdeu o controle do veículo. Feridos foram encaminhados para o Hospital Regional de Paraíso do Tocantins.

Um acidente com um ônibus de passageiros deixou 14 pessoas feridas na BR-153, entre Paraíso do Tocantins e Pugmil. O veículo tombou no acostamento da pista na madrugada deste domingo (14). De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, seis vítimas precisaram ser imobilizadas com pranchas antes do resgate, as demais foram levadas com a ajuda de ambulância do Samu e do Corpo de Bombeiros. Não houve mortes.

O ônibus pertencia a empresa Hélios e tinha saído de Goiânia (GO) com destino ao Pará. Havia cerca de 45 pessoas a bordo. De acordo com o diretor da empresa, André Morais, o motorista disse que o tombamento aconteceu quando ele tentou desviar de um caminhão que transitava abaixo da velocidade mínima da pista e sem sinalização na rodovia. O acostamento tem um desnível no local e segundo o motorista isto teria causado o acidente.

Os feridos foram levados para o Hospital Regional de Paraíso do Tocantins. A empresa informou ainda que mandou uma equipe de Palmas e outra de Goiânia para monitorar a situação dos feridos e que está alertando as famílias. Pelas primeiras informações, nenhuma das vítimas corre risco de morrer.

O ônibus ainda está no local e uma equipe deve ser enviada para fazer o destombamento neste domingo (14).

Fonte: G1 Tocantins

Feridos são socorridos por caminhonete após esperar ambulância na chuva por duas horas

Dois homens ficaram feridos em um acidente de trânsito em Araguaína. Ao chegar na UPA, atendimento não foi feito e eles precisaram seguir para o HRA ainda na carroceria do veículo.

Dois homens que ficaram feridos em um acidente de trânsito em Araguaína, no norte do Tocantins, precisaram se socorridos por moradores da cidade com uma caminhonete. As testemunhas disseram que as vítimas aguardaram atendimento por mais de duas horas debaixo de chuva, mas que mesmo com várias ligações para o Samu e o Corpo de Bombeiros, nenhuma ambulância apareceu.

Os moradores que fizeram o socorro levaram os homens até a Unidade de Pronto Atendimento no setor Araguaína Sul, mas ao chegar ao local nenhum funcionário da UPA fez o atendimento. Mesmo com a ambulância da UPA parada no local, eles precisaram seguir na carroceria da caminhonete até o Hospital Regional de Araguaína, onde receberam o atendimento.

O nome dos feridos ainda não foi divulgado, eles estavam em uma motocicleta que bateu em um carro no cruzamento das ruas Macieiras e Jaracatiás. O Instituto Brasileiro de Gestão Hospitalar (IBGH), que administra a UPA, reconheceu a gravidade da situação e disse que afastou os profissionais envolvidos no caso e que abriu uma sindicância para apurar a conduta do médico plantonista e demais colaboradores envolvidos.

O IBGH disse que pode fazer uma denúncia aos conselhos responsáveis caso fique comprovada a responsabilidade deles no caso. Já o Corpo de Bombeiros informou que possui apenas uma ambulância que presta atendimento pré-hospitalar em Araguaína. Segundo eles, este veículo ficou envolvido em outros atendimentos entre as 21h de sábado (13) e as 3h30 de domingo (14) e por isso não foi possível prestar o atendimento.

A prefeitura de Araguaína dispõe de três ambulâncias para o Samu da cidade. A gestão ainda não informou porque nenhuma dessas ambulâncias fez o atendimento.

Fonte: G1 Tocantins

Três pessoas morrem e duas ficam feridas após acidente na BR-153

Motorista do carro perdeu controle da direção após desviar de outro veículo que realizava uma ultrapassagem em faixa contínua, causando a batida na moto. Acidente foi em Fortaleza do Tobocão.

Três pessoas morreram e duas ficaram feridas após uma motocicleta e um carro se chocarem no km 350 da BR-153, em Fortaleza do Tobocão, região central do Tocantins. O acidente aconteceu na tarde deste domingo (7).

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o motorista do carro teria perdido o controle da direção após ser surpreendido por outro veículo que realizava uma ultrapassagem em faixa contínua. Para evitar bater de frente, o condutor desviou para o acostamento e acabou batendo no meio fio.

Ao perder o controle da direção, o carro invadiu a pista contrária causando a batida com a motocicleta. Após a colisão, os veículos capotaram e pararam fora da faixa de rolamento.

Conforme a PRF, na motocicleta estavam Belton Rosa Coelho, de 35 anos e João Pedro Silva Nascimento, de 19 anos. Os dois morreram no local.

Já no carro, estava Olenise Rosane de Castro, de 47 anos, que também morreu na hora. Além do motorista, de 42 anos, e uma adolescente de 13 anos. Eles ficaram feridos e foram levados para um hospital de Guaraí. 

G1 Tocantins.

Uma pessoa morre e sete ficam feridas em acidente entre dois carros no sul do Tocantins

Acidente aconteceu no sul do estado, entre Gurupi e Aliança do Tocantins. Das nove pessoas que ocupavam os dois veículos, apenas uma saiu ilesa.

Lucrecia Batista da Silva, de 45 anos, morreu em um acidente por volta das 4h desta sexta-feira (5), na BR-153, entre Gurupi e Aliança do Tocantins, na região sul do estado. Ela era passageira de um dos dois carros que bateram de frente. Das nove pessoas que ocupavam os veículos, apenas uma saiu ilesa.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), um dos carros invadiu a contramão depois que o motorista perdeu o controle da direção. A hipótese dos policiais é que ele tenha tenha passado mal no volante.

O Corpo de Bombeiros informou que os sete feridos foram levados para o Hospital Regional de Gurupi. Os nomes deles não foram divulgados.

O corpo de Lucrecia foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Gurupi.

G1 Tocantins

Bispo do Tocantins sai ileso de acidente que destruiu caminhonete na BR-153

Dom Giovane Pereira de Melo é bispo da Diocese de Tocantinópolis e perdeu controle do veículo enquanto viajava para Araguaína. PRF informou que chovia no momento do acidente.

Mãe, filha e neta morrem num acidente na BR-153 em Goiás

Entre as vítimas, há uma recém-nascida de apenas 4 meses. Além das vítimas fatais, outras seis pessoas se feriram após colisão frontal entre dois veículos.

Três pessoas morreram em um acidente na madrugada desta terça-feira (2), na BR-153, em Rialma, região central de Goiás. Dois veículos bateram de frente.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), trata-se de uma mulher, de 44 anos, a filha dela, de 26, e a neta, de apenas 4 meses. Outras seis pessoas se feriram.

Ainda conforme a corporação, as vítimas fatais estavam em um VW Gol, que invadiu a pista contrária e se chocou contra um For Focus.

O condutor do Gol, que teve ferimentos leves, viajava com a mulher, a filha e a sogra, que morreram. Além deles, outro filho do casal, de 5 anos, também estava no veículo e se machucou sem gravidade.

Já no Focus estava um casal e duas filhas, de 7 e 9 anos. O pai e a menina mais velha tiveram machucados leves. Já a mulher e caçula sofreram lesões graves. Ambas foram encaminhadas para o hospital.

Por conta da colisão, a pista ficou mais de 3h interditada.

G1/Goias