Acidente que matou família e deixou vice-prefeito ferido em GO ocorreu após carro invadir a pista contrária

Casal e filha de 4 anos estavam no veículo que entrou na contramão e bateu contra caminhonete, em que um passageiro também morreu. Político está internado.

O acidente que matou quatro pessoas, incluindo uma menina de 4 anos, e deixou dois feridos ocorreu após um carro invadir a pista contrária da BR-070, em Cocalzinho de Goiás, no Entorno do Distrito Federal, segundo informou a Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Ocupado por um casal e a criança, o automóvel bateu de frente contra a caminhonete em que viajava o vice-prefeito da cidade de Cocalzinho, Alair Rabelo Neto (PSD), conhecido como Nenzão, e dois familiares. Um deles também morreu.

O acidente ocorreu por volta das 13h de sábado (11), no km 57 da rodovia. De acordo com a PRF, o Peugeot entrou na contramão e, ao se deparar com a Toyota Hilux, jogou para o acostamento na tentativa de evitar a colisão.

No entanto, o motorista da caminhonete fez o mesmo e os dois bateram de frente.

Família morreu em acidente de trânsito na BR-070, em Cocalzinho de Goiás (Foto: Facebook/Reprodução)

No Peugeot estavam José Augusto de Moraes, de 26 anos, a mulher dele, Fernanda Sena de Medeiros, de 25, e a filha do casal, Maria Júlia, de 4 anos. Os três morreram no local.

Já na Hilux havia três ocupantes. Bruno Abreu, que é namorado de uma filha de Nenzão, morreu no local. Já o vice-prefeito e o filho, Yago Azevedo, foram socorridos e levados ao Hospital de Urgências de Anápolis (Huana).

A unidade de saúde informou nesta segunda-feira (12) que o quadro de Alair é estável. Já o filho dele recebeu alta nesta manhã.

Vice-prefeito de Cocalzinho de Goiás, Alair Neto, e o filho dele, Yago Azevedo, ficaram feridos em acidente (Foto: Facebook/Reprodução)

Comoção

Bruno Abreu, namorado da filha do vice-prefeito, morreu no acidente em Cocalzinho de Goiás (Foto: TV Anhanguera/Reprodução

O namorado de uma filha de Nenzão, Bruno Abreu, que também estava no veículo, e os três ocupantes do outro carro morreram no local.

O casal e a filha tinham saído de Brasília em Direção a Jaraguá, no norte de Goiás. Como ambos estudaram na Universidade de Brasília, os centros acadêmicos de enfermagem e farmácia emitiram notas de pesar pela morte dos ex-colegas de curso.

“A vida é frágil, e todos os dias vemos com mais clareza e com mais certeza essa verdade. Com tristeza, pedimos orações e boas energias, já que não será fácil lidar com a juventude de 3 pessoas perdidas”, disse o diretório de farmácia.

“Fernanda era uma grande estudante, mãe, esposa e amiga, que com muito esforço e determinação alcançou a sua tão sonhada graduação, deixando sua marca na vida de todos que a conheceram e puderam ter o prazer de conviver com essa pessoa maravilhosa”, lamentaram os alunos de enfermagem.

G1 Goiás

Motorista que atropelou e matou médico Pedro Caldas é denunciada à Justiça

Iolanda Fregonesi foi denunciada pelo Ministério Público Estadual. Agora Justiça decide se aceita levar o caso aos tribunais e de que forma será o júri.

Ônibus e carreta pegam fogo após acidente na BR-153 no sul do Tocantins

Trecho entre Cariri do Tocantins e Figueirópolis ficou interditado. Não houve feridos; passageiros faziam compras em Goiânia e perderam mercadorias.

Um ônibus e uma carreta bitrem pegaram fogo após um acidente na BR-153, entre Cariri do Tocantins e Figueirópolis.

O trecho ficou interditado na noite desta quinta-feira (22). Segundo os Bombeiros, a carreta bateu na traseira do transporte coletivo que estava estacionado às margens da BR-153, sem sinalização.

O ônibus transportava cerca de 20 passageiros que faziam compras em Goiânia. Eles estavam voltando para o Maranhão, quando o veículo teve uma pane. O motorista parou para consertar e não teria sinalizado a via.

A carreta é usada para transportar combustível, mas estava vazia. Após a colisão, a cabine do veículo e o ônibus pegaram fogo.

Todos conseguiram sair e ninguém sofreu ferimentos. As mercadorias dos passageiros ficaram completamente queimadas.

O incêndio foi controlado. Os Bombeiros informaram que fizeram o rescaldo e ajudaram na limpeza da pista.

G1 Tocantins

Motorista morre e carro fica destruído após acidente na TO-445

Acidente foi entre Miracema do Tocantins e Lajeado, na região central do estado. Uma mulher também ficou ferida e foi levada para o hospital.

O motorista José Edson da Silva, de 64 anos, morreu e uma mulher ficou ferida após um acidente de trânsito que deixou o carro totalmente destruído.

Segundo a Polícia Civil, o acidente foi por volta das 20h desta quinta-feira (15), na TO-445 entre Miracema do Tocantins e Lajeado, na região central do estado.

Os policiais informaram que o veículo não se chocou com outro e a suspeita é que a vítima tenha perdido o controle da direção. As imagens mostram o carro fora da pista e totalmente destruído.

Os policiais informaram que a mulher dele foi levada pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) para o hospital de Miracema do Tocantins. Silva não resistiu aos ferimentos graves e morreu ainda no local.

O corpo dele foi levado para ao Instituto Médico Legal (IML) de Palmas. A perícia deve investigar as causas do acidente.

G1 Tocantins

Ônibus e carreta se envolvem em acidente grave e deixam mortos e feridos na BR-020

Bombeiros e PRF foram acionados para atender a ocorrência. Local é de pista simples e tem ultrapassagem proibida.

Um ônibus e uma carreta se envolveram em um grave acidente na manhã desta quinta-feira (15), na BR-020, em Formosa, cidade goiana do Entorno do Distrito Federal.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), os veículos bateram de frente, deixando mortos e feridos. Ainda não há informações, no entanto, sobre a quantidade de vítimas.

Além da PRF, o Corpo de Bombeiros de Goiás foi acionado para atender a ocorrência. Os bombeiros do Distrito Federal também ajudam no atendimento e enviaram um helicóptero e sete ambulâncias para o local.

A colisão ocorreu no KM 45 da rodovia, entre os povoados de JK e Bezerra. A pista está interditada nos dois sentidos.

De acordo com a PRF, o trecho onde houve a colisão é de pista simples. A ultrapassagem no local é proibida.

G1 Goiás

Servidor do Estado, esposa e filho morrem em acidente em rodovia no Maranhão

Luís Martins de Melo Junior atuava como técnico de enfermagem no Hospital Regional de Araguaína.

O técnico em enfermagem e servidor público do governo do Tocantins Luís Martins de Melo Junior, de 40 anos, faleceu ontem, 13, em um grave acidente ocorrido a 30 km da cidade de Carolina, no Maranhão, por volta das 16 horas.

O veículo Celta, com cinco ocupantes, bateu no corrimão da ponte e caiu no Ribeirão Cipó.

No acidente ainda faleceram Maria de Jesus de Sousa, de 27 anos, esposa de Luís, e o filho do casal, Mateus Sousa de Melo, de 12 anos.

Uma mulher e um bebê foram levados feridos para o Hospital Municipal de Carolina, de onde devem ser encaminhados para a atendimento especializado em Araguaína.

Conforme a Polícia de Carolina, o motorista pode ter perdido o controle da direção do veículo ao entrar na ponte. As vítimas seguiam da cidade de Loreto (MA) retornando para Araguaína, onde moravam.

Luís atuava como técnico de enfermagem no Hospital Regional de Araguaína.

Em nota, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) manifestou pesar pelo falecimento do servidor, que “deixa um legado de dedicação e boas práticas dentro do Sistema Único de Saúde (SUS). A SES expressa seus sinceros sentimentos aos familiares a amigos neste momento de dor”.

Acidente com ônibus que saiu do Tocantins destino Goiás, deixa nove feridos

Entre os que se machucaram está uma criança de 3 anos. Segundo os bombeiros, por causa da neblina, o motorista do coletivo não viu que um caminhão estava parado ocupando parte da pista.

Um acidente com um ônibus deixou nove passageiros feridos na GO-080, entre São Francisco de Goiás e Petrolina, na região central do estado, nesta terça-feira (6). Entre eles está uma criança de 3 anos.

O ônibus da empresa Rápido Marajó transportava 19 passageiros e saiu de Dianópolis, no Tocantins, em direção a Goiânia. O acidente aconteceu cerca de 100 km antes do destino, por volta das 6h.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, um caminhão que transportava uma máquina agrícola ficou sem combustível. Por isso, o caminhoneiro teve de parar o veículo que, por ser largo, ocupava o acostamento e parte da pista.

Segundo o relato do motorista do ônibus aos bombeiros, ele trafegava pela pista da direita e não viu o caminhão parado, pois havia muito neblina no momento. Quando visualizou o caminhão, o condutor não conseguiu desviar totalmente.

“A lateral do ônibus saiu pegando nas lâminas do trator. Pegou a lateral todinha, saiu cortando a lataria, cadeiras”, detalhou o comandante do Corpo de Bombeiros em Jaraguá, major Ézio Antônio de Barros.

Máquina agrícola que estava sobre o caminhão tombou após a batida na GO-080, entre São Francisco e Petrolina (Foto: Corpo de Bombeiros/ Divulgação)

Com o impacto, a máquina agrícola se deslocou para a cabine do caminhão, mas o motorista não se feriu. “O condutor estava em cima da carroceria pegando combustível do trator para por no caminhão. Ao ver quer o ônibus não ia parar, ele pulou”, contou o major.

Instrutor de motorista da Rápido Marajó, Elder José Francisco da Silva informou que os passageiros que não se machucaram já foram levados para Goiânia. Ele disse ainda que a empresa está prestando a devida assistência aos feridos.

Feridos

Os bombeiros explicaram que duas mulheres ficaram gravemente feridas, foram socorridas no local e levadas para o Hospital de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol), em Goiânia. Como os nomes delas não foram divulgados, a unidade de saúde não conseguiu localizá-las para informar o estado de saúde das pacientes.

Os outros sete feridos foram levados ao Hospital de Jaraguá. De acordo com o médico Jimmy Joy Campos, um paciente tem estado regular e será transferido para outra unidade de saúde. Os demais estão bem, mas precisam de mais cuidados.

“É bom o estado deles, não correm risco de vida, mas temos que medicar e deixá-los em observação”, explicou o médico.

Lâminas da máquina agrícola cortaram a lateral do ônibus em acidente na GO-080 (Foto: Corpo de Bombeiros/ Divulgação)

G1 Goiás

Motorista morre em acidente entre dois caminhões na BR-070

O outro caminhoneiro ficou ferido e foi levado a um hospital da região. Uma das carretas parou sobre a pista e bloqueou o tráfego por quase 12 horas em Cocalzinho de Goiás.

Um caminhoneiro morreu neste sábado (3) em um acidente entre dois caminhões na BR-070, em Cocalzinho de Goiás, no Entorno do Distrito Federal.

A batida ainda deixou o outro motorista ferido.

A colisão ocorreu por volta das 7h, no KM 29 da rodovia. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) disse que ainda não tem informações sobre as circunstâncias do acidente.

Carga de uma das carretas ficou espalhada no local do acidente (Foto: Corpo de Bombeiros/ Divulgação)

A carga de uma das carretas ficou espalhada pela pista. Um dos veículos também ficou parado sobre a rodovia, bloqueando os dois sentidos da via por quase 12 horas, sendo que por sete horas a interdição foi total.

O Corpo de Bombeiros levou o caminhoneiro que sobreviveu a um hospital da região. Não há informações sobre o quadro de saúde dele.

G1 Goiás

Acidente entre carro e bitrem causa a morte de três amigos e deixa dois feridos na GO-173

Automóvel bateu na lateral do caminhão e capotou. Segundo o relato de testemunhas à polícia, grupo saiu de Israelândia para uma festa na cidade.

Três amigos morreram no início da madrugada deste sábado (3) no acidente entre um carro e um caminhão bitrem na GO-173, em Jaupaci, na região central de Goiás.

Uma adolescente e um homem que também estavam no automóvel ficaram feridos na batida.

Segundo o relato de testemunhas à Polícia Civil, o grupo tinha de Israelândia e seguia para uma festa em Jaupaci, que fica a cerca de 30 km de distância.

Não há informações se o motorista do automóvel, de 52 anos, havia ingerido bebida alcoólica.

De acordo com o relato do caminhoneiro, de 41 anos, o outro condutor bateu a frente do carro, um Fiat Tempra, na lateral do caminhão.

Em seguida, o veículo saiu da rodovia e capotou várias vezes. Não há informações sobre o que levou o motorista a perder o ontrole da direção do automóvel.

Caminhoneiro contou que o carro bateu na lateral do bitrem (Foto: Goiás Já/ Arquivo pessoal)

O condutor e dois passageiros, de 37 e 47 anos, morreram no local. Os demais ocupantes do Fiat Tempra, uma adolescente de 15 anos e um homem de 41, foram socorridos e levados para hospitais da região. Não há informações sobre o quadro de saúde deles.

O caminhoneiro foi levado para prestar depoimento na delegacia de Iporá, onde há plantão da Polícia Civil. Em seguida, os policiais o liberaram.

Carro saiu da pista e capotou várias vezes em Jaupaci (Foto: Goiás Já/ Arquivo pessoal)

G1 Goiás

Empresa diz que vai indenizar parentes de mortos em acidente de ônibus no TO

Real Maia informou que acionou a seguradora para indenizar as famílias dos mortos e os passageiros que ficaram feridos. Duas pessoas continuam internadas em Palmas.

A empresa Real Maia informou que acionou a seguradora para indenizar as famílias das sete pessoas que morreram e também os passageiros que ficaram feridos e tiveram que ser levado para hospitais, após um acidente na TO-040. 

Um ônibus capotou em Novo Jardim, próximo a Dianópolis, na madrugada deste domingo (28). Dois feridos continuam internados

Nesta segunda-feira (29), o gerente da empresa Paulo Miguel falou sobre o possível excesso de velocidade que pode ter contribuído para o acidente. “Qualquer informação agora pode ser um pouco precipitada. Tem que aguardar a perícia. O ônibus tem câmera e vamos passar as imagens para as autoridades. Estamos aguardando a chegada do veículo.”

O acidente

O ônibus é da empresa Real Maia e fazia a linha Barreiras (BA)-Palmas. De acordo com a Polícia Militar, o motorista disse que os freios do veículo falharam. Ambulâncias da região fizeram o transporte dos feridos.

Entre as pessoas que morreram está a servidora Dilma Raimundo de Sousa Silva, que trabalhava no Banco do Empreendedor do Tocantins. Em nota, a instituição lamentou a perda. “Tivemos o privilégio de ter grande parte de sua vida compartilhada conosco, nestes cerca de 20 anos de convivência. Anos estes, marcados pela alegria e um sorriso sempre presente.”

Outra vítima é Nayara Gomes Santos, que tinha 33 anos e era professora de matemática da Secretaria Municipal de Educação (Semed) desde 2015. Ela trabalhava na Escola Municipal do Tucunzinho, na zona rural do município. A prefeitura também lamento a morte em nota. “Durante três anos foi uma profissional que se destacava com muita dedicação, profissionalismo e ética à rede municipal de ensino.”

Além delas, as outras pessoas que morreram foram José de Jesus Ribeiro, Francisca Maria Ferreira de Souza, Jecy Cirqueira, Angela Raquel Vanolli Mourão e Caroline Tavares Lustosa.

A empresária Edna Eliane Oliveira foi uma das sobreviventes do acidente de ônibus que matou 7 pessoas e deixou 20 feridas na TO-040, em Novo Jardim, na madrugada desse domingo (28). Em entrevista à TV Anhanguera, ela contou a imagem impactante que viu ao perceber que estava viva. “Eu olho para frente, aquele monte de gente, cadáveres. A única sobrevivente na parte de trás era eu. Aí eu fui saltando sobre as pessoas para poder sair do ônibus, não tive ajuda de ninguém.”

A empresária saiu de Luís Eduardo Magalhães (BA) com destino à Palmas. Ela viajava acompanhada de uma amiga, que estava ao lado dela. Ao perceber que estava viva, Edna chamou pela colega para sair do ônibus e então viu que a mulher havia morrido.

Feridos

Aderice Oliveira Vaz, que foi transportada de helicóptero porque estava em estado grave, passou por cirurgia e o estado de saúde é considerado estável. Racabe Luiz dos Santos Rodrigues está internado, em observação.

Esses pacientes estão entre as sete pessoas feridas que deram entrada no Hospital Regional de Dianópolis e depois foram transferidas para o HGP. Na manhã desta segunda tiveram alta: Eder Mestre Aguiar e Sandra Almeida Freitas. Ainda no domingo deixaram o hospital, Francisco Carlos Vinicius dos Santos, Bruna Tatiane de Jesus Meneses Rosangela Rodrigues Duarte tiveram alta ainda no domingo.

G1 Tocantins