Acidente deixa homem morto e duas pessoas feridas na GO-147

Segundo bombeiros, carro saiu da pista e bateu em uma árvore; condutor morreu no local. Um passageiro foi resgatado pelo Samu e outro por terceiros.

Um homem de 24 anos morreu após um acidente na madrugada desta quarta-feira (8), na GO-147, em Piracanjuba, região sul de Goiás. Ele conduzia o veículo. Segundo informações do Corpo de Bombeiros, outras duas pessoas ficaram feridas. A corporação informou que o veículo saiu da pista durante uma curva e bateu em uma árvore.

A colisão ocorreu no KM 142, sentido Piracanjuba – Bela Vista de Goiás. O condutor morreu no local. “O corpo dele foi encontrado a 5 metros do carro. Porém, não sei dizer se ele foi ejetado ou retirado por alguém antes”, disse ao G1 o tenente dos bombeiros Wender Araújo.

Outro homem, também de 24 anos, foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhado para o hospital.

Araújo informou ainda que uma terceira pessoa, ainda não identificada, foi socorrida por terceiros. Não se sabe qual estado de saúde ela apresentava.

O corpo da vítima foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital.

G1 Tocantins.

Cantores sertanejos pedem orações pela recuperação de amigo que sobreviveu a acidente de avião no Pará

Cristiano Felipe Reis e outro passageiro seguem internados em estado grave em hospital de Goiânia. Os outros três ocupantes da aeronave morreram no local.

Os cantores sertanejos Juliano, da dupla com Henrique, e Rodolffo, da dupla com Israel, pediram, nas redes sociais, orações pela recuperação do piloto Cristiano Felipe Rocha Reis, de 31 anos, que é um dos dois sobreviventes da queda de um avião no Pará. Ele segue internado em estado grave em um hospital de Goiânia.

“Um irmão que a vida me deu. Estou em oração por você meu irmão, você é forte, vai sair dessa fácil. Um dos melhores pilotos que já conheci, você me inspirou na aviação, me mostrou que eu podia ir além. Sua história não acaba aqui irmão, vamos ter muitos voos juntos ainda”, escreveu Juliano na legenda da foto, que já soma mais de 45 mil curtidas.

Antes do acidente, Cristiano anunciou nas redes sociais que deixaria o trabalho como piloto, o qual se dedicou por 13 anos. “Sensação de total dever cumprido e honrado pela credibilidade e confiança que a mim foram depositadas ao longo desses 13 anos conduzindo vidas profissionalmente. Encerro orgulhosamente minha vida como aviador. Um ciclo se fecha, e um novo cheio de projetos e sonhos se inicia!”, postou Cristiano, em maio deste ano.

Cantor Rodolffo, da dupla com Israel, também posta mensagem para Cristiano Felipe Rocha (Foto: Instagram/ Reprodução)Cantor Rodolffo, da dupla com Israel, também posta mensagem para Cristiano Felipe Rocha (Foto: Instagram/ Reprodução)

Cantor Rodolffo, da dupla com Israel, também posta mensagem para Cristiano Felipe Rocha (Foto: Instagram/ Reprodução)

O cantor Rodolffo também desejou força a Cristiano para que se recupere dos ferimentos. “Gabíra, estou orando e pedindo a Deus pra te livrar dessa logo pra ‘nois’ tomar muitos whisks aindaaaa! To mandando forças daqui, irmão! Vc vai sair dessa! (Um grande amigo e compadre que sofreu acidente de avião ontem, orem pelo Cristiano aí pessoal!’, escreveu o cantor.

Acidente

O acidente aconteceu na tarde de sexta-feira (27), próximo à comunidade de Barra Mansa, em São Felix do Xingu, sudeste do Pará. De acordo com a Polícia Civil, cinco pessoas estavam na aeronave, sendo que três morreram: Victor Gabriel Tomaz, de 10 anos, Evandro Geraldo Rocha Reis, de 73 anos, e José Gonçalves de Oliveira, de 72.

Além de Cristiano, o empresário Robson Alves Cintra sobreviveu à queda. Os dois são moradores de Goiânia e, por isto, deixaram hospitais da cidade de Tucumã e vieram para tratamento especializado no Hospital de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol), na capital goiana, onde chegaram na madrugada de sábado (28).

Cristiano Rocha e Robson Cintra sobreviveram a queda de avião no Pará (Foto: Reprodução/Facebook)Cristiano Rocha e Robson Cintra sobreviveram a queda de avião no Pará (Foto: Reprodução/Facebook)

Cristiano Rocha e Robson Cintra sobreviveram a queda de avião no Pará (Foto: Reprodução/Facebook)

Segundo o último boletim divulgado neste domingo (29), Cristiano e Robson têm quadro grave. Ambos estão internados em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), sedados e respiram com a ajuda de aparelhos.

Conforme a TV Anhanguera, o Corpo de Bombeiros afirmou que Cristiano teve 95% do corpo queimado e Robson, 40%. O Hugol não confirmou a informação.

Investigação

A Polícia Civil do Pará informou que o avião partiu do aeroporto de Ourilândia do Norte, a cerca de 900 quilômetros da capital Belém, por volta das 13h30h de sexta-feira, mas não explicou qual o destino. Em pane durante o voo, o piloto teria realizado um pouso de emergência e a aeronave pegou fogo.

Avião pega fogo após pouso forçado no sudeste do Pará (Foto: Reprodução / Polícia Civil)Avião pega fogo após pouso forçado no sudeste do Pará (Foto: Reprodução / Polícia Civil)

Avião pega fogo após pouso forçado no sudeste do Pará (Foto: Reprodução / Polícia Civil)

O Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) informou, em nota, que investigadores do Primeiro Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa I), iniciaram, no sábado, a apuração do acidente envolvendo a aeronave de matrícula PP-MMR.

De acordo com o órgão, neste momento as atividades visam coletar dados: fotografar cenas, retirar partes da aeronave para análise, reunir documentos e ouvir relatos de pessoas que possam ter observado a sequência de eventos. “A investigação realizada pelo Cenipa tem o objetivo de prevenir que novos acidentes com as mesmas características ocorram”, afirma a nota.

Avião explode e pega fogo no Pará (Foto: Reprodução / Polícia Civil)Avião explode e pega fogo no Pará (Foto: Reprodução / Polícia Civil)

Avião explode e pega fogo no Pará (Foto: Reprodução / Polícia Civil)

Informações no site da Agência Nacional Brasileira (Anac) apontam que o modelo da aeronave que caiu no Pará era 210L. O avião foi fabricado pela Cessna, em 1976, e não pertencia a nenhum dos ocupantes.

De acordo com o Registro Aeronáutico Brasileiro, a aeronave estava com o certificado de aeronavegabilidade vencido desde agosto do ano passado e, por isto, não tinha autorização para voar. Além disso, havia uma ordem judicial de sequestro do avião.

Família identifica mãe do Paraná que deu à luz e morreu depois de acidente em São Paulo

Ingrid Irene Ribeiro era de São José dos Pinhais, na Região de Curitiba, e faria 21 anos nesta segunda-feira (30). Caminhão em que ela estava tombou na quinta-feira (26), no Vale do Ribeira.

Polícia e Conselho Tutelar tentam identificar mãe de bebê que nasceu após grave acidente em SP

Gestante estava sem documentos e morreu durante o acidente. Bebê nasceu saudável e está internado em hospital em Pariquera-Açu, interior paulista.

Motorista é condenado a indenizar viúva após matar motociclista em acidente

Homem também terá que pagar pensão para a mulher da vítima. Acidente foi em 2007, na região norte de Palmas, mas foi julgado quase 11 anos após a morte.

O motorista responsável pelo acidente que causou a morte de Élcio Pereira Costa, em 2007, foi condenado pela Justiça a pagar uma pensão à esposa da vítima e uma indenização de R$ 50 mil. O caso foi julgado nesta quarta-feira (26), quase 11 anos após o acidente. Além disso, o condenado ainda pode recorrer.

Conforme a decisão, José Adair Rodrigues dirigia pela contramão e em alta velocidade, quando atingiu a motocicleta em que estava a vítima. O acidente aconteceu na avenida LO 08, próximo da Arno 32 (antiga 305 Norte). Na época, a vítima tinha 44 anos e deixou três filhos, sendo um menor de idade.

Após o acidente, ainda segundo consta na decisão, o motorista saiu do local sem prestar socorro e no carro dele a perícia encontrou bebida alcoólica.

Na sentença, o juiz José Carlos Tajra Reis Júnior determinou o pagamento de pensão mensal à viúva. “Fica arbitrada em 2/3 do salário mínimo vigente à época, iniciando-se da data do evento até seu falecimento, ou a data em que a vítima completaria 65 anos, o que ocorrer primeiro”, decidiu.

Além da pensão, o motorista terá que pagar uma indenização de R$ 50 mil corrigida à época do acidente. “Deve ser sopesado o fato de que o requerido, além de trafegar na contramão, possuía bebida alcoólica no interior do veículo, com enormes indícios de sua ingestão, agravando bastante sua culpabilidade no evento”, afirmou o juiz.

O réu não tem advogado neste caso e não se manifestou no processo. O G1 não conseguiu contato com José Adair Rodrigues.

G1 Tocantins.

Carro invade casa e derruba parede após acidente em cruzamento de Araguatins

Testemunhas informaram que o carro e uma motocicleta bateram no cruzamento, mas não souberam informar quem causou o acidente. Condutores tiveram ferimentos leves, não havia moradores na casa.

Parte de uma casa ficou destruída em Araguatins, no norte do Tocantins, após ser atingida por um carro. Testemunhas informaram que o veículo invadiu o imóvel porque perdeu o contrele ao sofrer um acidente no cruzamento das ruas 13 de outubro e Marechal Deodoro da Fonseca. Ninguém soube dizer quem causou a batida. O caso foi na tarde desta quinta-feira (19).

O motociclista e o condutor do carro tiveram ferimento leves. A casa estava vazia no momento em que foi atingida. A Polícia Civil foi ao local para fazer a perícia. O imóvel é histórico e fica na região central da cidade, próximo a praça Rui Barbosa.

G1 Tocantins.

Passageiro morre e motorista sai ileso de acidente na TO-355

Segundo o Corpo de Bombeiros, carro saiu da pista e capotou próximo a cidade de Palmeirante. Vítima foi identificada como José Alves da Silva.

 

Mãe e bebê de 8 meses mortos em acidente são velados em Porto Nacional

Amigos dizem que marido de mulher seguia de motocicleta na mesma rodovia e presenciou o acidente. Caso aconteceu na BR-262, entre Silvanópolis e Pindorama.

Os corpos de Poliana Neres Correia, de 32 anos, e do filho Arthur Gonçalves, de 8 meses, estão sendo velados no salão de uma funerária em Porto Nacional, na manhã desta terça-feira (17). Eles morreram em um acidente na BR-262, entre Silvanópolis e Pindorama. O carro em que eles estavam capotou na noite desta segunda-feira (16).

O enterro está marcado para às 16h. Segundo amigos, a mãe, o filho e a sogra tinham saído de Pindorama com destino a Porto Nacional. O marido de Poliana seguia atrás em uma motocicleta e viu quando aconteceu o acidente, conforme as informações.

A sogra de Poliana ficou ferida e chegou a ser levada para o Hospital Regional de Porto Nacional, mas já foi liberada.

As causas do acidente ainda não foram informadas. As informaçõe são que o carro teria saído da pista e capotado. Mãe e filho morreram no local.

Acidente mata mãe e bebê de oito meses na TO-262 entre Silvanópolis e Pindorama

Poliana Neres Correia, de 32 anos e o filho dela, Arthur Neres Gonçalves, morreram no local. A avó paterna da criança foi socorrida e levada para o Hospital Regional de Porto Nacional.

Um acidente na TO-262, entre Silvanópolis e Pindorama, matou Poliana Neres Correia, de 32 anos e o filho dela, Arthur Neres Gonçalves, de apenas 8 meses. O caso foi na tarde desta segunda-feira (16), o carro teria saído da pista e capotado. Os dois morreram no local, a avó paterno do menino, que também estava no carro, ficou ferida.

O Instituto Médico Legal de Porto Nacional disse que os corpos chegaram ao local no começo da noite e já foram liberados para a família. A avó foi levada para o Hospital Regional de Porto Nacional, ainda não há informações sobre o estado de saúde dela.

G1tocantins

Acidente grave mata mãe e bebê no Tocantins

Pelas primeiras informações, a criança teria oito meses e morreu no local. Outra mulher adulta foi socorrida e levada para o Hospital Regional de Porto Nacional.

Um acidente na TO-262, entre Silvanópolis e Pindorama, matou uma mulher e o filho dela. Pelas primeiras informações, a criança teria apenas oito meses, os nomes ainda não foram divulgados.

O caso foi na tarde desta segunda-feira (16). A Polícia Militar informou que a ocorrência ainda está em andamento e não há informações sobre as causas do acidente.

O Instituto Médico Legal de Porto Nacional disse que os corpos chegaram ao local no começo da noite. A família está providenciado a documentação para a liberação.

Pelas primeiras informações, há também uma mulher adulta que ficou ferida e foi levada para o Hospital Regional de Porto Nacional.

Seguimos acompanhando o caso.

G1tocantins