A forma oficial para o usuário consultar débitos do IPVA é por meio do site do Detran ou nas agências do Vapt Vupt

Algumas pessoas estão recebendo um e-mail falso com o título “Débitos Relativos IPVA 2016”, com links que provavelmente contém vírus que poderão invadir e danificar o computador do usuário. Por esse motivo, a Secretaria da Fazenda comunica que não envia e-mail para contribuintes do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA).

Na mensagem falsa, é comunicada a existência de débitos relativos ao IPVA de 2016 e ameaça que a não quitação da dívida implicará em medidas legais como a inclusão na dívida ativa, bloqueio do CPF e Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica. Por fim, a mensagem oferece links para a consulta dos débitos. Ao clicar nesses links, além do risco de vírus, o usuário poderá instalar, sem que saiba, mecanismos que permitam que a máquina seja invadida por hackers.

O coordenador do IPVA da Secretaria da Fazenda, Nivaldo Borges Damasceno, esclarece que a propagação de vírus por e-mail é cada vez mais comum, o que exige maior atenção do usuário. Nivaldo alerta que a forma oficial para o usuário consultar débitos do IPVA é por meio do site do Detran www.detran.go.gov.br, informando dados como a placa do veículo e o número do Renavam. Outra opção para consultar a situação do veículo é dirigir-se às agências do Vapt Vupt.

As informações são do Goiás Agora/o popular

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here