Os números levantados pela 10ª edição do Anuário Brasileiro de Segurança Pública, organizado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, mostram que as escolas estaduais em Goiás sofrem diretamente com a insegurança e da criminalidade que corre solta no Estado.

De acordo com a pesquisa, 45,5% dos alunos do 9º ano do Ensino Fundamental de Goiás (que é responsabilidade constitucional do Estado) estavam, em 2015, matriculados em unidades escolares localizadas em área de alto risco por motivo de violência.

Os casos mais comuns de violência perto das escolas estaduais são de tráfico de drogas, assaltos, gangues, arrombamentos, invasões, furtos e professores ameaçados.

Até agora o governador Marconi Perillo (PSDB) e o secretário José Eliton (PSDB) nada falaram do assunto. Quanto a notícia é positiva, ainda que tímida e maquiada, eles são sempre os primeiros a falar. (fonte:goiás real)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here