Quatro homens foram presos com armas e carnes furtadas de propriedades no Tocantins. Eles esquartejavam os animais nos pastos e deixavam as carcaças para trás.

 Quatro homens foram presos nesta sexta-feira (14) suspeitos de fazer parte de uma quadrilha que invadia fazendas, matava o gado e furtava a carne no sul do Tocantins. De acordo com a Polícia Civil, o grupo agia desde novembro e já tinha cometido o crime em ao menos 12 fazendas. A carne furtava era revendida clandestinamente. Os suspeitos têm idades entre 20 e 28 anos.

As prisões foram na cidade de Formoso do Araguaia, na região sul do estado. Junto com o grupo, foram encontradas armas e pedaços de carne do último furto. A polícia informou que os homens conheciam a região e levavam o gado para partes mais afastadas das pastagens onde matavam e esquartejavam os animais. O grupo levava apenas as partes mais macias e deixava as carcaças para trás

Os quatro foram levados para a cadeia pública de Formoso do Araguaia. De acordo com a Polícia Civil, eles confessaram participação em ao menos dois casos.

G1/To

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here