Destaque, Palmeirópolis

Prefeitura de Palmeirópolis inaugura novo espaço de festas para idosos

Forró até de madrugada com Evones dos Teclados

Em homenagem a Pedrolina Gomes da Silva, o novo salão de festas recebeu o nome de Centro de Convivência Lina.

Mais conforto, atenção, qualidade de vida e muito forró. É o que a Prefeitura de Palmeirópolis em parceria com a Secretaria de Assistência Social passou a oferecer para os idosos ao inaugurar nesta quinta-feira, 13, o novo espaço de eventos.

Radiante, o prefeito municipal Fábio Pereira Vaz, relatou que tudo no salão de festas foi construindo com dinheiro de imposto de renda da empresa privada Engie, nada de recurso federal, estadual ou municipal.

“Apenas duas cidades do Tocantins captam estes recursos estimulados, o único município desta região que consegue buscar este tipo de recurso somos nós.  Isso me deixa feliz. A obra pública precisa ser bem-feita, ter beleza e gosto, temos procurado fazer tudo isso durante nosso governo. Eu tenho fé em Deus e a consciência que durante meu mandato deixarei meu legado em Palmeirópolis”, disse o prefeito muito emocionado, ao lado da sua esposa Ana Paula, na qual fez elogios.

 

A secretária de Assistência Social Ana Paula Vaz, revelou ter ficado surpresa não apenas com a beleza e o tamanho do novo espaço, mas com a forma como os idosos são tratados pela equipe multidisciplinar da Semas. “Aqui não é casa do idoso, é lar do idoso porque somos uma família. O que mais me impressiona é a atenção que todos têm desempenhado com nossos idosos. Emocionada agradeceu o prefeito e sua equipe de trabalho e contou como conseguiu o recurso da Engie, e correu atrás.

“Fui procurada pelo Marcelo Silva, e a partir daí fomos à luta, também temos uma piscina recurso da Energisa.  A tônica do trabalho dos profissionais do Centro de Convivência e Fortalecimento de Vínculos de Palmeirópolis é gigantesca, temos colocado o coração neste lugar. Por isso, tem dado certo”, apontou Ana Paula Vaz, que lembrou: “é orientação do prefeito Fábio e de todos nós, cuidar bem dos nossos velhinhos. Se vocês imaginassem o carinho que temos por esses idosos…”. Finaliza chorando

Marcelo Oliveira da Silva – Gerente de Usina na ENGIE Brasil, relatou que quatro (4) anos atrás conversou com a primeira dama para que organizasse a documentação afim de receber verbas dos recursos estimulados (imposto de renda da empresa), ela sem medir esforços correu atrás.

“A ENGIE é a maior geradora de energia do Brasil e também presta serviço social a comunidade. Não é fácil conseguir um recurso e levantar uma obra deste tamanho, parabéns ao prefeito, a primeira dama, e os vereadores pelo brilhante trabalho”, destacou.

 

Segundo a Coordenadora Iraildes Gomes, Palmeirópolis tem agora o maior espaço para os idosos da região sul do Tocantins.

“Uma iniciativa como esta é única, não apenas aqui, mas em todo o estado”, disse ela comovida, demonstrando o diferencial da prefeitura no trato com as políticas sociais, que geralmente ficam nos últimos planos de investimento dos governos. “Um sonho realizado, agradecemos ao Marcelo, por ajudar proporcionar tudo isso, os idosos são especiais em minha vida. Tudo isso é para vocês, e foi feito com alegria, em homenagem a tia Lina, umas das pioneiras deste Centro. No primeiro dia em 2002 quando foi inaugurado pelo ex-prefeito Jonas Macedo, tia Lina estava aqui”, ressaltou.

O ex-prefeito de Palmeirópolis Jonas Macedo, disse que comprou o terreno de 330 metros quadrados pensando na Melhor Idade e foi inaugurado em 2002, levando o nome da sua mãe Almerinda Rosa Macedo. Ela e dona Lina eram vizinhas e amigas.

Também presentes na inauguração os vereadores, na oportunidade o vice-presidente da Câmara Nilson Rodrigues frisou que o ser humano é a maior prioridade da prefeitura e Câmara.

“A maior obra que podemos deixar é o olhar social. olhar pessoas, por isso agradecemos ao Marcelo, através da empresa Engie disponibilizou recursos para esta obra”, disse o parlamentar, que se colocou à disposição na Câmara Municipal para debater e aprovar projetos para o bem-estar dos idosos de Palmeirópolis.

 

“Esse é um lugar maravilhoso. Isso aqui é um paraíso”, expressou sorridente Francisco Reges, que não perde um só encontro.

E com razão. O novo salão é espaçoso, banheiro adaptados, além de uma extensa área com piscina onde eles podem se movimentar.

Luciene Oliveira representando a família da dona Lina agradeceu o prefeito, primeira dama, vereadores e equipe, “de tantas pessoas que passaram por aqui, e vocês lembraram da mãe Lina. Falar dela é fácil, uma mulher que mesmo com lagrimas nos olhos dava aquele sorriso”, mencionou.

O esposo da dona Lina, Vitorino Batista e sua família disseram estar grato pela homenagem. 

Depois do louvor da cantora Pérsida junto com a REDE do BEM, um delicioso jantar foi servido, em seguida, todos cairam na dança até de madrugada com a banda Dudu do forró e Devones dos Teclados.

  

VEJA MAIS FOTOS

Atualmente, 200 idosos – homens e mulheres – são atendidos na instituição, recebendo os cuidados da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas)
Lembranças da saudosa dona Lina se descontraindo com o prefeito
Em 2002 inauguração do Centro dos Idosos por Jonas Macedo, na qual levou o nome da sua mãe, Almerinda Rosa Macedo
Vice-Prefeita de Palmeirópolis Josemir Batos

Marcelo Silva, recebendo a placa das mãos da vereadora Hildene Toquio, pelo reconhecimento e parceria com a prefeitura
Adriano Diniz, recebendo a placa das mãos do vereador Divino Isidoro, pelo reconhecimento.
Prefeito de Palmeirópolis Fábio Vaz e Ana Paula Vaz
Adelaide Correia-Presidente do Conselho Municipal do Idoso de Palmeirópolis
Miriam Lopes-Coordenadora do CRAS

Da redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.