O esquema criminoso envolvia organização que “negociava facilidades” dentro do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) para conseguir transferências irregulares de veículos.

A Polícia Civil, através da 3º Delegacia Regional (DRPC) de Gurupi, deflagrou na manhã desta quinta-feira, 25, nos municípios de Gurupi, Alvorada e Aliança do Tocantins, a Operação Ideal, que prendeu sete pessoas pelas práticas de corrupção passiva, organização criminosa e falsificação de documentos.

Também foram cumpridos oito mandados de busca domiciliar. Ao todo, a Operação empregou um efetivo de 27 policiais.

Conforme o delegado responsável, Alicindo Augusto Celestino de Souza, o esquema criminoso envolvia organização que “negociava facilidades” dentro do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) para conseguir transferências irregulares de veículos automotores, inclusive de alguns veículos clonados, produtos de furto/roubo.

Ainda, segundo o delegado, a organização criminosa era chefiada a partir de uma empresa de serviços de despachantes.

Após os depoimentos, as pessoas presas serão encaminhadas para a Casa de Prisão Provisória (CPP) de Gurupi e ficarão a disposição da Justiça.

Cláudia Santos/Governo do Tocantins

Foto: Divulgação Polícia Civil – Foto Ilustrativa – Autor DENNIS TAVARES

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here