Marido da pastora Bianca Toledo, ele foi acusado de abusar sexualmente do enteado de 5 anos

O pedido de habeas corpus, impetrado no último dia 5, solicitando a liberdade do pastor Felipe Garcia Heiderich foi negado pela desembargadora Maria Sandra Kayatd, da 1ª Câmara Criminal do Rio de Janeiro, segundo informa o Extra.

Marido da pastora Bianca Toledo, ele foi acusado de abusar sexualmente do enteado de 5 anos.

O pastor está preso e isolado em uma cela, desde a terça (5), da Cadeia Pública José Frederico Marques, no Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, na Zona Oeste do Rio.

Heiderich teve a prisão temporária, de 30 dias, decretada pela 17ª Vara Criminal do Rio. De acordo com a Polícia Civil, a mãe da criança procurou a Delegacia do Adolescente e da Criança Vítima (DCAV) no último dia 22 de junho. À época, a pastora denunciou o marido como o autor do crime, que teria sido praticado numa residência do Recreio dos Bandeirantes, também na Zona Oeste.

Nesta quarta-feira (6), em um pronunciamento do também pastor e senadorMagno Malta (PR-ES), o político classificou Felipe como “falso pastor” e que foi pressionado por lideranças religiosas a denunciar o caso.(fonte:notícias ao minuto)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here