A exemplo da votação do impeachment que foi votada num domingo, em meio a um espetáculo midiático, como fez com Dilma Rousseff

Deputados rivais ao presidente afastado da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), querem que a votação da sua cassação seja num domingo, da mesma forma que o peemedebista fez com Dilma.

De acordo com a coluna painel da Folha de S. Paulo, a deputada Jandira Feghali (PC do B-RJ), uma das vozes mais ativas da oposição, sugere até telões na Esplanada. Os opositores tem desdenhado do relatório aprensentado por Ronaldo Fonseca (Pros-DF), que pede a anulação da votação do Conselho de Ética para o impedimento de Cunha. “Ele não fez assim com Dilma? Agora, aguenta”, afirmou um dos parlamentares.(fonte:notícias ao minuto)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here