Este poema ele declamou no primeiro do aniversário de Palmeirópolis no ano de 1983.

Há poucos anos atrás
Nascia Palmeirópolis
Aqui no norte de goiás
Entre as palmeiras verdejantes
Hoje esta cidade tão menina
Diante dos olhos meus
As suas belezas me fascinam.

É mais uma estrela que está brilhando
Neste céu azul cor de anil
É mais uma força
Dentro do nosso querido Brasil
Palmeirópolis faz alguns anos
De sua emancipação
Por isso eu te trago esta homenagem dedicando
A te a minha gratidão.

Palmeirópolis você é a amada do meu coração
Todas as belezas que eu vejo nesta imensidão
Palmeirópolis pode crer
Você é abençoada pelo o pai da Criação
Palmeirópolis nós te amamos pode crer eu te confesso

Todos nos unidos
Estamos trabalhando para o seu progresso
o seu primeiro prefeito
Um homem sincero
Meu companheiro
Osvaldo de Souza Lima
Forte guerreiro está a sua disposição
Mostrando a te a força desta nossa união

Palmeirópolis aceita deste simples escritor
Com muita paz e amor
Esta humilde narração
Pode crer ela saiu
Do fundo do meu coração
A todos os seus habitantes
Eu deixo o meu abraço
E o meu aperto de mão.

Meus parabéns ao meu amigo prefeito Fábio Vaz e primeira
Dama Ana Paula e toda a equipe administrativa. A jornalista Rosineide no jornal Mapa do Noticia que também faz parte
Da Historia cultural de Palmeirópolis.

Autor José Milton de Morais Pessoa

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here