Justiça autorizou a continuação do certame que tinha sido suspenso após a cassação de Marcelo Miranda (MDB). Resultado da primeira fase sai em 13 de novembro.

O novo cronograma do concurso da Procuradora Geral do Tocantins foi divulgado pela Fundação Carlos Chagas, contratada para aplicar as provas.

O certame tinha sido suspenso em março, após a cassação de Marcelo Miranda (MDB). A Justiça autorizou a continuação em setembro, após Mauro Carlesse (PHS) ser escolhido governador na Eleição Suplementar, mas as novas datas ainda não tinham sido divulgadas.

Segundo a fundação, o resultado da primeira fase será divulgado em 13 de novembro. A aplicação das provas da segunda fase será nos dias 8 e 9 de dezembro, com o resultado saíndo no dia 15 de fevereiro de 2019.

Após isso, será feita a avaliação de títulos e o resultado final deve sair no dia 16 de maio.

O concurso oferece 20 vagas para provimento imediato na carreira de Procurador do Estado, nível I e outras 20 para preenchimento de cadastro de reserva. O salário previsto no edital é de R$ 26.125,17.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here