Vereadores precisaram recorrer à Justiça, após presidente se recusar deixar cargo. Polêmica começou ainda em dezembro na Câmara de Pau D’Arco, norte do Tocantins.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here