Destaque

Montividiu do Norte Goiás está de luto, perdeu um grande pioneiro

Com muita dor e comoção, parentes,  amigos e  moradores de Montividiu do Norte Goiás, se despediram de um grande homem que deixou um legado na história desta pequena cidade no interior do norte goiano.  A viúva chegou emocionada e foi abraçada e amparada por amigos e pelo padre Uanderson Pereira. O padre não conseguiu dirigir a missa, chorou muito, na qual foi celebrada pelo padre Jeferson de Campinaçú Goiás.

Genivaldo da Silva faleceu ontem vítima de uma descarga elétrica, num acidente doméstico, quando tentava concertar um tanquinho em sua residência, em Montividiu do Norte Goiás. A descarga foi tão forte que ele morreu na hora. 

Genes era um homem simples e dedicado aos trabalhos da igreja católica. Mudou para Montividiu ainda na adolescência onde construiu família e fez muitos amigos. Casado com a atual vereadora Zelita Marques tinha dois filhos e uma neta, na qual dedicava  e zelava pela família sempre.

Foi técnico do time de futebol Montividiu do Norte que ganhou de Palmeirópolis em 2014. Fazia eventos de desfile na região,  festival de músicas, braço direto na igreja católica, era membro ativo do ministério de música da pastoral da família e do conselho, cantava e ajudava em tudo, defensor dos mais humildes, muito dedicado e alegre. Entre suas virtudes estava a música e o esporte na qual ele amava e defendia. Foi um grande compositor e esportista.

De acordo com alguns moradores era um homem trabalhador e de inúmeras qualidades que fica difícil citar todas por aqui.

Genes Silva foi vereador na legislatura de 97 a 2000, foi secretário de governo e atualmente era funcionário público efetivo da prefeitura desde 1993. Um grande amigo de Montividiu e cidades vizinhas,  pois onde passava deixava sua historia.

O corpo foi velado em sua residência. Às 16 horas seguiu para a Câmara onde aconteceu a sessão fúnebre, várias homenagens foram feitas pelos  vereadores e autoridades. Depois o cortejo seguiu para igreja Católica onde aconteceu a  missa de corpo presente.

O corpo foi enterrado nesta tarde de sexta feira no cemitério local.

Genivaldo era natural de Ceres –Go e tinha 50 anos.

genes
Genivaldo Joaquim da Silva
img-20161209-wa0037
Velório na Igreja Católica
img-20161209-wa0039
Saída da Câmara de Vereadores de Montividiu
img-20161209-wa0036-1
Esposa sendo amparada

Por:Rozineide Gonçalves

Fotos:Júnior Barbosa

Esta postagem foi publicada em 10 de dezembro de 2016, 00:36 e está arquivada em Destaque.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.