O governador e pré-candidato à reeleição, garantiu que o Estado não está parado.
 
“Não vou em intimidar”, afirmou o governador Marcelo Miranda (MDB), sobre as agressões que vem sofrendo de parlamentares e outros pré-candidatos ao governo do Estado. “Não estou me fazendo de vítima. As agressões que sofro todo dia, que Deus os perdoe”, disse na manhã desta quinta-feira, 08, na inauguração da reforma de dois blocos do DETRAN e lançamento da CNH digital, em Palmas.
 
O governador e pré-candidato à reeleição, garantiu que o Estado não está parado. “Muitos dizem por aí que o Estado está parado. Pelo amor de Deus, pergunte aos prefeitos. Veja o que fizemos até agora”, destacou.
 
“O Estado tem falhas sim, mas ninguém está de braços cruzados, todos estão trabalhando, todos têm meta”, afirmou o emedebista sobre as críticas ao governo.
 
“Dizer que a Educação está falida, Saúde está falida, a Segurança. Eu não aceito”, ponderou.
 
Miranda destacou os concursos da Polícia Militar e da Procuradoria Geral do Estado. Segundo ele, o primeiro já possui mais de 120 mil inscritos, e o da Procuradoria, mais de quatro mil. “ Se o Estado estivesse tão ruim assim, não teríamos esse número de inscrições”, afirmou.
 
“Vamos refletir. É muito fácil pegar um microfone e falar, criticar. Vou sair em defesa do sistema do governo sim”, confirma Miranda.
 
“Estão dizendo por aí que ando com 200 homens na minha segurança. Eu sou guardado sim, mas por Deus e pelo povo tocantinense”, afirmou o emedebista.
 
O governador ainda parabenizou a deputada federal Josi Nunes (MDB), que segundo uma pesquisa, é apontada como a parlamentar mais exemplar do Estado na Câmara dos Deputados. “Parabéns a deputada. E olhem quem são os últimos colocados. Com todo o meu respeito. Todos têm uma história. Todos precisam ser respeitados”, constatou.
Especial Gazeta do Cerrado
Jornalista Brener Nunes

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here